Notícias

Secretaria Municipal de Educação recebe visita de integrantes da Equipe Pedagógica de Vila Velha

Visitantes vieram conhecer o projeto de Robótica implementado nas unidades da Rede Municipal de Ensino

Publicado em: 03/06/2019 17h09 | Atualizado em: 30/11/2020

visitaroboticaprincipal_740x430.jpg

Na manhã desta segunda-feira (03), o Núcleo Técnico de Currículo – Tecnologias para Aprendizagem da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME) recebeu dois integrantes da Secretaria Municipal de Educação da cidade de Vila Velha, no Espírito Santo.

A Coordenadora Pedagógica do Núcleo de Ensino de Robótica (NERO), Cida Faria e o Coordenador do Projeto de Robótica nas Escolas, Jadson Fafalsky, vieram conhecer o projeto de Robótica implementado pela SME. Eles foram recepcionados pela integrante do Núcleo de Tecnologias para Aprendizagem, Regina Gavassa, que explicou que, em 2019, todas as 567 escolas de Ensino Fundamental da cidade já possuem quatro kits para desenvolverem seus projetos. “Em 2017, a Secretaria publicou o Currículo da Cidade – Tecnologias para Aprendizagem, no qual a robótica consta como premissa no material pedagógico”, disse Regina.

Após reunião inicial que aconteceu na sede da SME, os visitantes foram conhecer o projeto realizado pela Professora Orientadora de Informática Educativa (POIE) Sandra Severo, na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Águas de Março, DRE Itaquera, região leste da capital.

visitarobotica_740x430.jpg

“Conhecer o Projeto de Robótica foi um momento de intercâmbio de ideias que surpreendeu pela inventividade e pelo trabalho de criação envolvente”, afirmou Fafalsky, destacando que o trabalho com recicláveis realizado pela POIE Sandra e seu impacto positivo na vida dos alunos. “É um trabalho inovador na escola pública com uma qualidade de referência no Brasil”, concluiu.

Para a Coordenadora Pedagógica, Cida Faria, a proposta de Robótica Educacional da Secretaria oferece grande oportunidade para o desenvolvimento dos estudantes. “A visão maker – cultura que tem em sua base a ideia de que pessoas comuns podem construir, consertar, modificar e fabricar os mais diversos tipos de objetos e projetos com suas próprias mãos – permite que estudantes tenham acesso as ferramentas da tecnologia para a educação que facilitam sua participação no seu processo educacional garantindo a autonomia, criatividade, participação, colaboração e integração com a sua equipe. Neste sentido o estudante das escolas municipais estão se preparando para a sua inserção no mundo cada vez mais tecnológico, desde inicio de sua escolarização”, finalizou.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotofrafia de uma pessoa com jaleco branco segurando uma escova de dentes gigantes e conversando com uma criança e duas pessoas adultas ao lado dela. Todos estão sorrindo e sentados à mesa que também possui uma dentadura gigante sobre ela.

Secretarias da Saúde e da Educação oficializam Programa Saúde na Escola

Publicado em: 01/12/2022 1h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma mão fazendo o sinal de libras seguida da palavra LIBRAS

SME abre credenciamento para instrutores, intérpretes e guias-intérpretes de Libras/Língua Portuguesa

Publicado em: 30/11/2022 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

SAEL 50 Anos

SME celebra os 50 anos das Salas de Leitura nas escolas municipais

Publicado em: 29/11/2022 6h44 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes surdos fazem filmagens utilizando câmera filmadora - Cinema

Alunos surdos da EMEF Candida Dora Pino Pretini produzem curta-metragem

Publicado em: 29/11/2022 4h41 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner do Festival De Mancala

SME promove festival de jogo de origem africana que reúne mais de mil estudantes e educadores

Publicado em: 29/11/2022 3h00 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.302