Educação Especial em tempos de isolamento social

Dando continuidade às orientações da SME voltadas à atuação dos profissionais da Educação nesse momento de isolamento social, a Divisão de Educação Especial – DIEE organizou diferentes modos de assegurar a atuação  das equipes de Educação Especial nos territórios.

Desde a disponibilização do material Trilhas de Aprendizagem, para além das dicas de acessibilidade aos familiares, com sugestões de sites e ferramentas complementares que a introdução deste material apresenta, as DREs/DIPEDs/CEFAIS estão recebendo orientações para que seus Professores de Apoio e Acompanhamento à Inclusão – PAAIs  atuem junto às unidades educacionais, na perspectiva do desenvolvimento de um trabalho colaborativo, identificando as necessidades de eliminação de barreiras para tornar esse material acessível a todos os estudantes.

De modo similar, os Professores de Atendimento Educacional Especializado – PAEEs foram orientados, na perspectiva da eliminação de barreiras, a contribuir com os demais professores da unidade educacional, apresentando os recursos necessários de acessibilidade que favoreçam a realização das tarefas, pelo estudante público da Educação Especial. Em conformidade com o Plano de Atendimento Educacional Especializado elaborado, o PAEE verificará, neste momento, quais ações/recursos podem contribuir com o professor da sala regular, possibilitando o acesso do aluno ao material disponibilizado. No caso do estudante necessitar de materiais/recursos específicos adicionais, o PAEE se reportará ao CEFAI que, validando tal necessidade, adotará as providências necessárias para disponibilizar o recurso,  por diferentes formas. 

Quanto à necessidade de orientação específica às famílias, os PAEEs foram orientados também a  estabelecer diferentes  canais de comunicação (telefone, whatsapp, e-mail, Google Classroom, etc.) numa atuação articulada e colaborativa, na unidade educacional. Todas as atividades deverão estar ancoradas no Currículo da Cidade, comum a todos os estudantes, seguindo os princípios norteadores da Educação Inclusiva, Equidade e Educação Integral. 

Valorizando justamente a importância do trabalho do PAEE e do envolvimento da família especialmente nesse momento de isolamento social, a DIEE elaborou dois materiais para subsidiar as ações nos territórios neste período de pandemia.

O primeiro deles trata das especificidades do trabalho do Professor de Atendimento Educacional Especializado, neste cenário de isolamento social, visando a eliminação de barreiras para a aprendizagem. O segundo traz orientações e dicas às famílias dos estudantes público da Educação Especial. Para acessá-los, clique nas imagens correspondentes.

 

Orientações ao PAEE para a realização do Atendimento Educacional Especializado em tempos de isolamento social.

 

Orientações e dicas às famílias dos estudantes público da Educação Especial.

 

Monitoramento e avaliação da realização do AEE nesse período

Para este momento, foram construídos também – de forma coletiva e por meio de reuniões remotas e sistemáticas – dois instrumentos de avaliação e monitoramento do Atendimento Educacional Especializado: o primeiro destinado aos PAAIs e o segundo aos PAEEs. 

Tais instrumentos dão subsídios para que a DIEE e os CEFAIs trabalhem em conjunto visando a continuidade da oferta do Atendimento Educacional Especializado nesse período de isolamento social.