Notícias

Prefeitura começa distribuição de 400 mil cestas básicas para atender famílias de estudantes em situação de vulnerabilidade nas férias

Cada kit pesa 12 kg e conta com itens como arroz, feijão, leite em pó, óleo de soja, sal, macarrão, extrato de tomate e sardinha em óleo; investimento é de R$ 46,3 milhões

Publicado em: 27/11/2023 15h53 | Atualizado em: 29/11/2023
Fotografia de familiar de criança recebendo Cestas Básicas

A Prefeitura de São Paulo iniciou nesta segunda-feira (27) a distribuição das 400 mil cestas básicas que serão fornecidas às famílias de estudantes inscritos no CadÚnico, em situação de maior vulnerabilidade, durante as férias. O investimento é de R$ 46,3 milhões. 

“O objetivo é que as crianças que fazem as suas refeições nas escolas possam ter a sua alimentação durante as férias”, explicou o prefeito Ricardo Nunes ao iniciar a distribuição na manhã desta segunda na EMEI Vila Ema. “Além dessas cestas, teremos também durante o período de férias núcleos escolares abertos com o fornecimento de alimentação, além de atividades esportivas e culturais.”

“São mais de 400 mil cestas básicas para nossos estudantes de pobreza e extrema pobreza, que estão no CAD Único, que durante as férias recebem essa cesta básica para garantir a segurança alimentar e nutricional em janeiro e julho”, destacou o secretário municipal de Educação, Fernando Padula. 

A medida tem o objetivo de garantir a segurança alimentar dos estudantes no período de recesso escolar, que se inicia em 22 de dezembro. Também está em consonância com a lei municipal 17.819/2022, que define o Programa de Segurança Alimentar e Nutricional no Município de São Paulo. 

Cada cesta básica pesa, aproximadamente, 12 quilos. Há itens como arroz, feijão, leite em pó, farinha de milho flocada, óleo de soja, sal, macarrão, extrato de tomate e sardinha em óleo. 

Para quem recebe o benefício nas férias, é um alívio. “Já recebi a cesta várias vezes e faz muita diferente, ajuda bastante, porque tem dia que a gente só tem o básico. E de repente a escola liga para avisar que tem a cesta e a gente fica todo feliz”, disse Edilandia Maria da Silveira, mãe de aluno da EMEI Vila Ema.   

Por dia, a Secretaria Municipal de Educação, distribui 2,3 milhões de refeições na merenda escolar para mais de 1 milhão de estudantes. De forma ininterrupta, alunos da rede municipal de ensino recebem de segunda a sexta a merenda que já chegou a ser premiada por conta de seu valor nutricional.   

Atenta às necessidades nutricionais dos alunos, a Prefeitura conta com equipes de nutricionistas, logística, qualidade e gestão. O cardápio é variado, nutritivo e saboroso, formulado prioritariamente com itens orgânicos, da agricultura familiar. A banana, o arroz, o suco de uva integral e as hortaliças são comprados de produtores locais da capital. Os demais ingredientes são fornecidos por empresas que atendem toda a rede escolar.  

O cardápio prioriza a oferta de alimentos in natura e minimamente processados, de acordo com as diretrizes nutricionais estabelecidas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).  

Leia também: CEI Ismael Ivo é a 13ª unidade escolar das 45 que serão entregues pela Prefeitura até 2024

Recreio nas Férias 
Estão abertas as inscrições para o Recreio nas Férias que acontece de 8 a 26 de janeiro, período de recesso escolar, e atende bebês e crianças de 0 a 14 anos com atividades de esporte, cultura, lazer, recreação, passeios e muito mais. Serão 64 polos participantes, sendo 56 CEUs, 3 EMEFs e 3 CECIs (Centros de Educação e Cultura Indígena). Os bebês até 3 anos serão atendidos nos CEIs localizados dentro e fora dos espaços dos CEUs.  

A programação acontece das 9h às 16h para as crianças a partir de 4 anos e serão oferecidas três refeições diárias: café da manhã, almoço e lanche da tarde. Já nas creches polos o atendimento permanecerá em seu período integral, das 7h às 17h, e serão cinco refeições. A expectativa é atender aproximadamente 18 mil bebês, crianças e adolescentes. 

A inscrição pode ser feita em qualquer unidade educacional da rede municipal. Basta levar comprovante de residência e RG ou certidão de nascimento da criança e do responsável. Podem se inscrever também crianças a partir de 4 anos que não estão matriculadas na rede. 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Lançamento do NAAPA da DRE São Miguel

Lançamento do NAAPA da DRE São Miguel

Publicado em: 09/10/2015 4h13 - em Diretoria Regional de Educação São Miguel

Lançamento do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem da DRE Campo Limpo

Lançamento do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem da DRE Campo Limpo

Publicado em: 09/10/2015 4h12 - em Diretoria Regional de Educação Campo Limpo

SME lança os Núcleos de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPAs)

SME lança os Núcleos de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPAs)

Publicado em: 09/10/2015 4h12 - em Secretaria Municipal de Educação

SME lança os Núcleos de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPAs)

NAAPAs são implantados na Rede Municipal de Ensino

Publicado em: 09/10/2015 4h12 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Curso Aprendizagem da leitura e escrita: além do diagnóstico de dislexia

Curso Aprendizagem da leitura e escrita: além do diagnóstico de dislexia

Publicado em: 09/10/2015 4h02 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

1 1.425 1.426 1.427 1.428 1.429 1.438