Notícias

Coleção Priorização Curricular é disponibilizada aos educadores

Materiais subsidiam os docentes para garantir aprendizagens essenciais aos estudantes que cursam o Ensino Fundamental nas escolas municipais de São Paulo

Publicado em: 08/02/2021 17h55 | Atualizado em: 04/05/2021
detalhe de mão infantil escrevendo com lápis sobre uma mesa

Em função do atual contexto mundial, decorrente da Pandemia da COVID–19, a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, por meio de sua Coordenadoria Pedagógica, elaborou um material para subsidiar os educadores na retomada às aulas. O Priorização Curricular é uma coleção com 12 volumes que compõem parte do plano de retorno às aulas com o intuito de garantir aprendizagens essenciais aos estudantes que cursam o Ensino Fundamental nas escolas municipais de São Paulo.

O documento Priorização Curricular indica alguns objetos do conhecimento e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento (OAD) que precisam ser mais atentamente observados no planejamento/replanejamento docente, principalmente considerando este período de distanciamento e seus possíveis prejuízos para aprendizagem dos estudantes.

É importante ressaltar que não se trata de um novo Currículo da Cidade, e nem se norteia pela ideia de um currículo mínimo, mas a partir da necessidade de ressignificação do Currículo da Cidade, numa estratégia de implementação curricular em tempos difíceis.

Construído a partir de uma consulta à rede, trata-se de uma ação conjunta com vários setores de representação que compuseram os Grupos de Trabalho (GT) e envolveram os profissionais da educação (professores e supervisores escolares) das 13 regiões da cidade. Os profissionais propuseram-se a pensar, discutir e problematizar acerca dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento do Currículo da Cidade de cada componente, os quais foram tomados como imprescindíveis no processo de ensino e aprendizagem.

A Priorização Curricular tem a intenção de contribuir no trabalho pedagógico dos professores a fim de que possam adequar o Currículo da Cidade aos diversos contextos de atuação e dos estudantes, tendo como base os princípios do Currículo da Cidade (Equidade, Educação Inclusiva e Educação Integral), a organização da rede em Ciclos de Aprendizagem, a interdisciplinaridade e intradisciplinaridade, além de relevância, pertinência, integração e viabilidade dos objetos de conhecimento.

A coleção é formada por 12 volumes – Língua Portuguesa, Língua Portuguesa para Surdos, Língua Inglesa, Educação Física, Matemática, História, Geografia, Ciências Naturais, Arte, Libras, além do destinado à Educação de Jovens e Adultos e, também, mais especificamente, para os Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA).

Acesse todos os documentos que compõem o Currículo da Cidade.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

825x470 (1)

Centenário de Paulo Freire: relembre a história e trajetória do educador na SME

Publicado em: 19/09/2021 10h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de um notebook sobre uma mesa com a mão de uma pessoa que veste camiseta preta. Ao seu lado aparece a mão de outra pessoa.

Seminários do ciclo de escuta ativa das DREs São Mateus e Santo Amaro ocorrem nesta segunda-feira

Publicado em: 17/09/2021 6h27 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner 8ª edição do Premio Educação em Direitos Humanos 2021
Banner do Educador em Destaque
Imagem com mosaico de sete fotografias de pessoas em uma reunião on-line.

SME tem semana de reuniões bilaterais com as entidades sindicais

Publicado em: 16/09/2021 8h49 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.189