Notícias

Coleção Priorização Curricular é disponibilizada aos educadores

Materiais subsidiam os docentes para garantir aprendizagens essenciais aos estudantes que cursam o Ensino Fundamental nas escolas municipais de São Paulo

Publicado em: 08/02/2021 17h55 | Atualizado em: 04/05/2021
detalhe de mão infantil escrevendo com lápis sobre uma mesa

Em função do atual contexto mundial, decorrente da Pandemia da COVID–19, a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, por meio de sua Coordenadoria Pedagógica, elaborou um material para subsidiar os educadores na retomada às aulas. O Priorização Curricular é uma coleção com 12 volumes que compõem parte do plano de retorno às aulas com o intuito de garantir aprendizagens essenciais aos estudantes que cursam o Ensino Fundamental nas escolas municipais de São Paulo.

O documento Priorização Curricular indica alguns objetos do conhecimento e objetivos de aprendizagem e desenvolvimento (OAD) que precisam ser mais atentamente observados no planejamento/replanejamento docente, principalmente considerando este período de distanciamento e seus possíveis prejuízos para aprendizagem dos estudantes.

É importante ressaltar que não se trata de um novo Currículo da Cidade, e nem se norteia pela ideia de um currículo mínimo, mas a partir da necessidade de ressignificação do Currículo da Cidade, numa estratégia de implementação curricular em tempos difíceis.

Construído a partir de uma consulta à rede, trata-se de uma ação conjunta com vários setores de representação que compuseram os Grupos de Trabalho (GT) e envolveram os profissionais da educação (professores e supervisores escolares) das 13 regiões da cidade. Os profissionais propuseram-se a pensar, discutir e problematizar acerca dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento do Currículo da Cidade de cada componente, os quais foram tomados como imprescindíveis no processo de ensino e aprendizagem.

A Priorização Curricular tem a intenção de contribuir no trabalho pedagógico dos professores a fim de que possam adequar o Currículo da Cidade aos diversos contextos de atuação e dos estudantes, tendo como base os princípios do Currículo da Cidade (Equidade, Educação Inclusiva e Educação Integral), a organização da rede em Ciclos de Aprendizagem, a interdisciplinaridade e intradisciplinaridade, além de relevância, pertinência, integração e viabilidade dos objetos de conhecimento.

A coleção é formada por 12 volumes – Língua Portuguesa, Língua Portuguesa para Surdos, Língua Inglesa, Educação Física, Matemática, História, Geografia, Ciências Naturais, Arte, Libras, além do destinado à Educação de Jovens e Adultos e, também, mais especificamente, para os Centros Integrados de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA).

Acesse todos os documentos que compõem o Currículo da Cidade.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de uma mão fazendo o sinal de libras seguida da palavra LIBRAS

SME abre credenciamento para instrutores, intérpretes e guias-intérpretes de Libras/Língua Portuguesa

Publicado em: 30/11/2022 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

SAEL 50 Anos

SME celebra os 50 anos das Salas de Leitura nas escolas municipais

Publicado em: 29/11/2022 6h44 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes surdos fazem filmagens utilizando câmera filmadora - Cinema

Alunos surdos da EMEF Candida Dora Pino Pretini produzem curta-metragem

Publicado em: 29/11/2022 4h41 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner do Festival De Mancala

SME promove festival de jogo de origem africana que reúne mais de mil estudantes e educadores

Publicado em: 29/11/2022 3h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Mulheres na sala de aula de Confeitaria. Elas estão de frente para mesa coletiva e manuseiam uma massa em forminhas. Também usam máscara de proteção individual, avental e touca.

Inscrições abertas para as turmas de 2023 dos cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs

Publicado em: 28/11/2022 11h50 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.299