Notícias

Festival do Jogo da Onça reuniu mais de 2 mil crianças nas 13 DREs

Evento promoveu a cultura dos povos originários e ressaltou o caráter cooperativo dos participantes

Publicado em: 25/08/2023 16h00 | Atualizado em: 25/08/2023
Duas crianças com uniformes da prefeitura jogam um jogo de tabuleiro com peças de animais

A Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio da Coordenadoria dos CEUs (COCEU), promoveu o Festival do Jogo da Onça e outras brincadeiras indígenas nesta sexta-feira (25) para mais de 2 mil crianças em unidades das 13 Diretorias Regionais de Educação (DREs). 

Além do jogo do tabuleiro, o festival contou com uma série de atividades características dos povos indígenas, entre elas Arranca Mandioca, Guaraná, Corrida com Toras, Peteca e Cabo de Guerra. O objetivo foi o de integrar e disseminar as práticas culturais dos povos indígenas. Todos os participantes receberam medalhas, e não houve qualquer tipo de classificação ou pontuação. 

O evento faz parte do Programa Jogos de Tabuleiro que funciona dentro da Coordenadoria dos CEUs, e define as ações pedagógicas referentes aos jogos de tabuleiro com mais influência nos continentes. Os jogos são Mancala Awelé (África), Go (Ásia), Xadrez (Europa) e Jogo da Onça (América).

O Coordenador do Programa Jogos de Tabuleiro na SME, Marcus Borghi, destacou o caráter cooperativo das brincadeiras. “O nosso foco é incentivar a cooperação e valorizar a diversidade cultural e etnico racial de uma forma onde a competição fica em segundo plano”, apontou. 

A organização aconteceu de forma regional, com cada Diretoria Regional, por meio das Divisões dos CEUs (DICEU) organizando o espaço e o cronograma das brincadeiras. No CEU São Miguel, por exemplo, as crianças tiveram a oportunidade de assistir uma apresentação cultural dos povos das terras indígenas do Jaraguá e depois passaram por um circuito de brincadeiras nos equipamentos da unidade.

Jogo da Onça 

O Jogo da Onça surgiu com os povos originários do Brasil e é jogado por duas pessoas em um tabuleiro, um lado representando a onça e outro representando os cachorros. O objetivo da onça é capturar os cachorros e o objetivo dos cachorros é cercar a onça, a deixando sem possibilidades de se movimentar no tabuleiro. 

No Mato Grosso, é jogado pelos Bororos, no Acre, pelos Manchineris e Kaxinawá, e em São Paulo pelos Guaranis.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Processo seletivo para Professores da Rede Municipal de Ensino interessados em trabalhar nos CIEJAs

Processo seletivo para Professores da Rede Municipal de Ensino interessados em trabalhar nos CIEJAs

Publicado em: 15/11/2015 8h35 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Homenagem ao Jazz com tributo a Herbie Hancock

Homenagem ao Jazz com tributo a Herbie Hancock

Publicado em: 13/11/2015 3h25 - em CEU e COCEU

Rap

Rap, Hip-Hop e Black Music agitam o CEU Parque São Carlos

Publicado em: 13/11/2015 3h21 - em CEU e COCEU

CEU Alvarenga completa 12 anos

CEU Alvarenga completa 12 anos

Publicado em: 13/11/2015 3h20 - em CEU e COCEU

Seminário Políticas Afirmativas na Cidade de São Paulo – Experiências e Desafios
1 1.383 1.384 1.385 1.386 1.387 1.428