Notícias

Estudantes da zona Sul da capital espalham poesias pelos corredores da escola

Entre as ações da unidade, houve a visita do poeta Sérgio Vaz, que ampliou o repertório literário e estimulou a produção de poesias autorais

Publicado em: 18/11/2021 10h20 | Atualizado em: 18/11/2021
foto de cartaz com poesia sendo colado na parede por duas pessoas

Desde o início do ano, nas aulas presenciais e online da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Adhemar de Barros, no Jardim Catanduva, na zona sul da capital, a poesia tem um lugar especial. Os educadores escolhem para apresentar aos estudantes desde textos de escritores canônicos até os contemporâneos e contemporâneos periféricos, com a intenção de aumentar o repertório, estimular o gosto e a produção de textos literários.

As ações de estímulo literário estão intensificadas com as turmas dos 6ºs ao 9º anos nas aulas de Língua Portuguesa do professor Fábio Barreto e nas de Sala de Leitura, da professora Nildete Andrade da Silva. O planejamento das atividades é feito de forma coletiva com a intenção de ampliar as possibilidades de aprendizagens. Durante este período, Sérgio Vaz é um dos escritores mais citados e apresentados nestas aulas.

Intervenções na escola

Para intensificar o contato com as poesias, o professor de Língua Portuguesa conseguiu com Sérgio Vaz alguns cartões e cartazes com textos do poeta. Os cartões foram distribuídos para todos os alunos da unidade e os cartazes foram colados em diferentes locais da escola para incentivar o contato e a leitura literária. Poesias de outros escritores também foram reproduzidas em cartazes para serem afixados nas paredes da escola. As atividades têm o apoio de toda a equipe gestora e de apoio. 

Visita do poeta Sérgio Vaz

No dia 8 de novembro, a poesia periférica de Sérgio Vaz envolveu estudantes e educadores da EMEF. Na ocasião, o poeta visitou a escola e ofereceu a oficina literária: “Poesia Contra a Violência”, falou sobre sua experiência como escritor e estimulou o contato e a leitura de poesias.

O poeta, além de se dedicar à poesia periférica, é cronista e produtor cultural. Ficou amplamente conhecido por ser o criador do Sarau da Cooperifa, atividade literária e cultural que desde 2001 ocorre no extremo sul da capital. A atividade ocorre na região de Campo Limpo, há cerca de cinco quilômetros da EMEF e leva semanalmente centenas de pessoas de diversas partes da cidade para apreciar e proclamar poesias autorais.

A EMEF Adhemar de Barros foi a primeira escola municipal que Vaz visitou após o início da pandemia. Nela o poeta da periferia falou sobre a sua trajetória e carreira literária. A atividade foi voltada para os garotos e garotas do sexto ao nono ano e durante as duas horas em que esteve na unidade, recitou poesias, falou sobre como se descobriu como escritor e deu oportunidade para que os estudantes fizessem perguntas sobre o seu processo criativo e atuação na literatura. 

Entre um poema e outro, Sérgio ressaltou a importância da escola e da literatura para a transformação pessoal e social da sociedade. Para ele, “Vida Loka é quem estuda”.

A repercussão de sua oficina entre os estudantes foi bastante positiva. Alguns se dispuseram a também recitar poemas de Vaz e outros autores durante o evento. O professor Fábio conta que a princípio alguns alunos não estavam interessados em participar e, após a ação, confessaram terem ficado empolgados com a atividade.

Próximas ações

A Sala de Leitura da EMEF tem sido revitalizada para proporcionar um espaço mais acolhedor e amigável para os estudantes. O trabalho com produção de poesia também será intensificado para a organização do primeiro sarau da EMEF, que deve ocorrer no dia 19 de novembro. A organização prevê a participação de 40 a 50 estudantes recitando suas poesias. No dia 20, durante o evento da Família na Escola, os estudantes farão um novo sarau para a comunidade.

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

“Sábado no Parque” celebra 80 anos da Educação Infantil Paulistana

“Sábado no Parque” celebra 80 anos da Educação Infantil Paulistana

Publicado em: 14/10/2015 3h47 - em Secretaria Municipal de Educação

Quando os livros vão além dos muros da escola

Quando os livros vão além dos muros da escola

Publicado em: 14/10/2015 2h58 - em Secretaria Municipal de Educação

Curso “Produção de Jogos nos Ciclos Interdisciplinar e Autoral”

Curso “Produção de Jogos nos Ciclos Interdisciplinar e Autoral”

Publicado em: 14/10/2015 10h51 - em Diretoria Regional de Educação Campo Limpo

DAE participa de evento internacional para discutir a qualidade da alimentação escolar
Formação de Orientadores Musicais

Formação de Orientadores Musicais

Publicado em: 13/10/2015 3h52 - em Secretaria Municipal de Educação

1 1.246 1.247 1.248 1.249 1.250 1.262