Notícias

Estudantes da EMEF Padre Aldo da Tofori escrevem livro infanto-juvenil que tangencia pautas sociais

Obra denominada “A caminho da felicidade” aborda como a amizade, o respeito e a empatia podem ser o diferencial na construção das pessoas

Publicado em: 25/08/2023 13h33 | Atualizado em: 25/08/2023

Imagine ter entre 13 e 14 anos e ter que pensar no seu Trabalho Colaborativo de Autoria (TCA), um projeto para finalizar o Ciclo Autoral e prosseguir no Ensino Médio. Agora, imagine decidir que tal projeto será a produção de um livro completamente original, com ilustrações características do enredo, e, depois de pronto, saber que ele será tombado pela escola e exposto na Sala de Leitura. Um verdadeiro sonho, não é mesmo?

Imagem 1 Certa

Capa do livro escrito pelas estudantes da EMEF Padre Aldo da Tofori

Pois esse sonho se tornou realidade para Beatriz Nascimento, Estephany Sales, Marina Guimarães e Millena Lisboa.  Apelidadas carinhosamente de “As meninas do livro”, as estudantes da EMEF Padre Aldo da Tofori são as autoras desta surpreendente obra de 140 páginas, que aborda pautas sociais extremamente relevantes. Racismo, violência doméstica, transtornos alimentares, bullying, homofobia, machismo e saúde mental são apenas algumas das questões tangenciadas.

Orientadas pelo professor Danilo Oliveira, “As meninas do livro” contaram com o frequente incentivo e apoio do docente. Querendo valorizar e potencializar o talento delas, o professor enalteceu a dedicação do grupo:

“Eu conheço as meninas há anos e sempre soube que tinham grande potencial. Quando me mostraram o rascunho do livro, eu fiquei encantado com a autonomia, o esforço e o tempo dedicado por elas”.

“Estou extremamente orgulhoso das meninas. Que o trabalho delas sirva de inspiração para outros estudantes que têm essa vontade. Com a ajuda da Coordenação e da Direção, como nós tivemos, trabalhos assim são possíveis”, completou Danilo.

Imagem 2 Certa

Estudantes autoras do livro “A caminho da felicidade” com o professor Danilo Oliveira. Na ordem da esquerda para a direita: Prof. Danilo Oliveira, Estephany Sales, Millena Lisboa, Beatriz Nascimento e Marina Guimarães

A obra foi produzida em 2022 e demorou cerca de 9 meses para ficar pronta, sendo apresentada no “Concurso literário” da unidade educacional. Considerando o contexto pós-pandêmico em que foi escrita, as meninas perceberam como a saúde mental das pessoas havia sido prejudicada, entendimento decorrente do aumento de casos de ansiedade, depressão e violência doméstica durante o período da pandemia.

“Nós percebemos a importância da saúde mental na vida das pessoas e decidimos criar esse livro para tratar sobre esses assuntos, que precisam ser discutidos sempre, especialmente a ansiedade e depressão”, afirmou Estephany.

Imagem 3 Certa

Guarda do livro com assinaturas das autoras, marca-páginas original, ilustração própria e marca do livro tombado pela escola

O enredo possui 4 personagens, em que um pouco da personalidade de cada uma das 4 autoras formou o todo desses protagonistas. Eles representam situações reais e expõem algumas das percepções delas sobre a sociedade.

A história se consiste em uma viagem para um acampamento e trata do aprofundamento da amizade de duas duplas de amigos durante o trajeto: Lídia com Kaleb e Noah com Sabrine.

Enquanto Lídia é modelo e popular, mas tem que lidar constantemente com a demanda pela perfeição por sua mãe – o que desgastou sua saúde mental e a fez ter bulimia -, seu melhor amigo Kaleb é um atleta popular que cresceu em um ambiente de violência doméstica e frequentemente normalizava situações de machismo e opressão.

Já com relação à outra dupla de amigos, Noah é um personagem sarcástico, pertencente ao grupo LGBTQIA+ e que encontrou no grupo um “porto seguro” para comentar sobre a homofobia que sofria de sua mãe em casa. Sua melhor amiga Sabrine, por outro lado, é mexicana e sofre com insegurança por ser uma pessoa com obesidade e, segundo Beatriz, “é bem-humorada para esconder a tristeza que sente, porque não quer que os outros sintam a dor dela”.

Imagem 4 Certa

Exemplo de páginas do livro “A caminho da felicidade” com ilustrações originais dos personagens. Da esquerda para a direita: Lídia, Kaleb, Noah e Sabrine

Mesmo pertencendo ao gênero literário infanto-juvenil, o livro possui temas extremamente densos e infere como a amizade, o respeito e a empatia pelo próximo podem ser pontos-chaves para uma construção mais plural das pessoas e no jeito delas de enxergarem o mundo. As meninas terminaram dizendo o que aprenderam no processo de escrita da obra e o que ela significou na vida delas:

“É gratificante ver que fizemos algo tão grande e tão denso com tão pouca idade. Vou levar esse livro para a vida inteira”, disse a estudante Marina.

“Se nós, com 14 anos, fomos capaz de escrever um livro, o que mais ainda seremos capazes de fazer?”, observou Millena.

“Esse livro trouxe uma responsabilidade enorme para nós. Com ele, percebemos o nosso potencial e vimos onde podemos chegar quando temos força de vontade para alcançar nossos sonhos”, finalizou Estephany.

Imagem 5 Certa

Estudantes autoras do livro “A caminho da felicidade” na ordem da esquerda para a direita: Estephany Sales, Millena Lisboa, Beatriz Nascimento e Marina Guimarães.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia mostra estudantes vestidos de preto com os rostos pintados com diferentes máscaras africana. Eles estão em um cenário com folhas secas ao chão e árvores pretas ao fundo. Há um menino com um instrumento de percussão.

Escola municipal apresenta peça de teatro sobre cultura africana

Publicado em: 29/11/2023 1h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Composição com duas imagens: a primeira, da esquerda para direita, mostra uma minhoca feita de cartolina e, ao fundo, um saco preto; a segunda imagem mostra um pessoa manuseando terra de uma composteira.

Projeto da EMEF Profª Thereza Maciel de Paula ganha o Prêmio Ciência para Todos

Publicado em: 29/11/2023 12h35 - em Secretaria Municipal de Educação

foto de uma mão procurando um nome numa lista
Xadrez

2 mil estudantes da Rede Municipal disputam a final do 27º Campeonato de Xadrez

Publicado em: 28/11/2023 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Estante de livros.

Seminário reúne ações de impacto sociocultural na área de Literatura

Publicado em: 27/11/2023 4h53 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.406