Notícias

Escolas da DRE Capela participam do projeto “Jovens Plantando o Futuro”

Alunos das EMEFs Heitor de Andrade e Plácido de Castro plantaram mudas de diferentes hortaliças nas unidades.

Publicado em: 24/06/2016 11h23 | Atualizado em: 30/11/2020

Hortas verticais_DRE Capela_740x430.jpg

Alunos das Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) Heitor de Andrade e Plácido de Castro foram escolhidos para participar, no mês de junho, do projeto “Jovens Plantando o Futuro”, promovido pelas empresas GED – Inovação e Bayer em parceria com a Diretoria Regional de Educação (DRE) Capela do Socorro.

Com o intuito de celebrar a Semana Nacional do Meio Ambiente, que ocorre entre os dias 1º e 5 de junho, a iniciativa socioambiental tem como objetivo criar, com a participação dos alunos, hortas verticais nas escolas municipais com materiais recicláveis, além de disseminar conceitos de reciclagem e promover a educação ambiental e alimentar das crianças.

Na EMEF Heitor de Andrade, a atividade ocorreu no dia 2 de junho e contou com a participação de 67 alunos do 7º ano. Foram plantadas 45 mudas de diversas espécies de hortaliças. Já na EMEF Plácido de Castro, foram 40 mudas plantadas por 64 alunos do 5º ano da unidade, no dia 3 de junho. Entre as espécies plantadas nas escolas estavam: alface crespa, alface lisa, alecrim, agrião, cebolinha, couve manteiga, erva-cidreira, hortelã, manjericão, manjericão roxo, morango, orégano e salsinha.

O projeto “Jovens Plantando o Futuro” nas EMEFs da DRE Capela do Socorro foi realizado em quatro etapas. Na primeira, foram escolhidos os muros que receberiam a horta e eles foram pintados com tinta ecológica. Feito isso, foi promovida uma pequena palestra com as crianças nos locais onde seriam construídas as hortas. Durante a palestra foram abordados temas como reciclagem, preservação do meio ambiente, água e florestas, além de alimentação saudável.

O plantio das hortaliças compõe a terceira etapa do projeto e foi realizado com a participação dos alunos. Cada um deles passou por todos os processos de plantio, que consiste em: adição de terra, mudas das hortaliças, adubo orgânico e água nas garrafas pet, que foram previamente preparadas. Para finalizar, cada criança pendurou sua garrafa no muro com a ajuda de monitores e formando, por fim, a horta vertical, que futuramente poderá ser colhida e utilizada na merenda da escola.

Confira a galeria de fotos da iniciativa realizada nas EMEFs.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.200