Notícias

DRE Capela do Socorro realiza Reunião de Organização das Unidades Educacionais

Encontros discutiram o planejamento e as expectativas para o ano de 2016

Publicado em: 17/03/2016 17h55 | Atualizado em: 30/11/2020
Reuniao de Organizacao_740x430.JPG

Os Centros Educacionais Unificados (CEUs) Vila Rubi e Cidade Dutra receberam, nos dias 28 e 29 de janeiro, a Reunião de Organização das Unidades Educacionais. Estiveram presentes no evento a Diretoria Regional de Educação (DRE) Capela do Socorro e as equipes gestoras dos Centros de Educação Infantil (CEIs), Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) e Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs) da região. O encontro tem o objetivo de discutir o planejamento e as expectativas para o ano de 2016.

O primeiro dia da reunião aconteceu no CEU Vila Rubi e contou com a apresentação do cantor e auxiliar técnico de educação da EMEF Doutor Manoel de Abreu Davi e de seu filho Danilo. Os músicos ajudaram a abrir e animar o encontro interpretando músicas brasileiras conhecidas e uma autoral. Após a apresentação musical, a reunião teve como destaques o discurso do Professor Paulo Deloroso, Diretor Regional da DRE Capela, e uma Mesa Temática com convidados.

Em sua fala, o Prof. Paulo chamou a atenção para a importância e papel dos gestores das unidades e da DRE Capela do Socorro no processo educacional e na vida de crianças, jovens e adultos. “Não tem ninguém que entenda, toque os projetos e conheça melhor as escolas do que vocês. E nós da DRE estaremos sempre à disposição para o que vocês, professores e estudantes precisam para que as coisas funcionem bem na sala de aula”, completou.

Em seguida, o diretor regional apresentou gráficos que demonstravam a melhora dos índices educacionais da região e apontavam para o crescimento do número de crianças nas escolas nos últimos dois anos. “Esse é um balanço importante. Temos que dividir e comemorar. Nós, juntos, estamos construindo uma cidade melhor e isso deve nos motivar a trabalhar e evoluir cada vez mais”, completou Paulo.

O Professor também defendeu em sua fala que as unidades educacionais incentivem cada vez mais o processo autoral de professores e alunos. “Não há qualidade na educação sem esse protagonismo. Fazer educação é sonhar junto com as crianças. Quando encontramos as crianças é um momento de, junto com elas, alcançar satisfação, imaginação e realização”, finalizou.

A Mesa Temática “Capela em Diálogo” deu continuidade à programação do primeiro dia de reunião organizacional e foi composta pela estudante Emily Faria e os professores Diego Navarro, Mônica Navarrete, Paula Mangolin, Claudia Santos e Edvaldo Nascimento. Todos falaram sobre o tema “Qualidade Social da Educação” e procuraram abordar suas experiências e opiniões sobre o assunto.

A Professora Paula Mangolin, diretora da EMEF Pedro Geraldo Shunck, reforçou o discurso de que é necessário ouvir as crianças e a comunidade. “O processo pedagógico não acontece só na sala de aula. É possível passar o conteúdo através de projetos e nós precisamos trazer de volta os ensinamentos que vão além da matéria propriamente dita”, completou. Já a estudante Emily emocionou a todos com seu depoimento: ela falou sobre a experiência de participar de um Sarau no CEU Cidade Dutra e, por meio dele, aprender sobre poetisas negras. “Antes desse projeto, eu não tinha referências e nem conhecia poemas feitos por mulheres negras. Foi a partir dele que fui apresentada a elas e pude compartilhar com outros esse conhecimento”, ressaltou a jovem.

Segundo dia da reunião

O segundo dia da Reunião de Organização das Unidades Educacionais aconteceu no CEU Cidade Dutra. Desta vez, a apresentação cultural de abertura ficou a cargo do poeta e pesquisador Carlos Galdino. O artista apresentou a todos, a cultura das emboladas, causos e cordéis, em uma participação cheia de rimas e risos.

Após uma breve fala do diretor regional Paulo Delosoro, foram apresentadas aos gestores as orientações gerais para o desenvolvimento do trabalho da unidade e o documento “Revisitar, Ressignificar, Avaliar e Replanejar – com a Escola”, que tem o objetivo de dar continuidade ao diálogo entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e as educadoras e os educadores e refletir sobre a prática pedagógica desenvolvida cotidianamente nos espaços educativos.

Em seguida, os gestores puderam ter uma conversa mais próxima com a gestão DRE Capela do Socorro para apresentar sugestões e indicar prioridades e para o ano de 2016. “Ter esse momento mais próximo para que vocês possam trazer sugestões é um momento muito valioso para nós. Porém, esse não é o único momento para isso. Saibam que as portas da DRE Capela estão abertas para quem precisar falar conosco”, finalizou o diretor regional.

Saiba mais sobre o documento “Revisitar, Ressignificar, Avaliar e Replanejar – com a Escola”

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 4 1.284