Notícias

CIEJA Perus combate fake news e desinformação por meio de ações educomunicativas

Divulgação de conhecimento científico incentiva boas práticas durante a pandemia de Covid-19

Publicado em: 14/09/2021 14h11 | Atualizado em: 14/09/2021

Mulher mostra sua carteirinha de vacinaçãoNo Centro de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA Perus), educadores e estudantes estão empenhados em combater as notícias falsas sobre a pandemia de Covid-19 que circulam pela internet. Por meio de ações organizadas por um Grupo de Trabalho (GT) de Educomunicação, estão divulgando conhecimento científico e práticas seguras de convivência por meio das redes sociais.

A Unidade Educacional (UE) está localizada no bairro de Perus e atua na educação de Jovens e Adultos, com mais de 15 anos, que não cursaram ou não concluíram o Ensino Fundamental na idade convencional. Atualmente, estão matriculados na escola 1.376 estudantes. Segundo apontamentos da equipe gestora, cerca de 60% deles são migrantes provenientes do Haiti.

Durante o período de distanciamento social decorrente da pandemia de Covid-19, surgiu a necessidade dos profissionais da escola intensificarem o trabalho de comunicação com a comunidade escolar por meio do Whatsapp, Facebook e Instagram. O fato da escola possuir muitos estudantes migrantes e com certa dificuldade de comunicação em Língua Portuguesa, também foi um ponto que influenciou no trabalho educomunicativo.

O objetivo foi manter contato com os jovens e adultos que estavam em ensino remoto e também orientar sobre as mentiras que circulam pela internet em torno das medidas de proteção que diminuem a circulação do vírus na sociedade, como uso de máscara, higienização constante e vacinação. 

As pautas são pensadas por nove professores que fazem parte do GT de Educomunicação – Ana Paula Batista, Alecssandra Marcondes, Bianca Duarte, Carolina Franco, Cristiane Coutinho, Marcela Fontão, Cláudio Silva, Rossini Castro e Vera Diniz. Periodicamente, eles elaboram conteúdos digitais para circulação nas redes sociais que informam, de maneira objetiva e ilustrada, sobre descobertas da ciência, combate às fake news e desinformação, além de compartilharem imagens de estudantes e educadores tomando vacina e usando máscara, como forma de incentivo..

“A ideia é que a gente chegue mais perto da comunidade e, assim, ocorra maior conscientização e participação nas ações. Atualmente tem acontecido dos estudantes pedirem para serem fotografados ou enviarem fotos com o cartão de vacinação ou com máscaras para aparecer em nossas redes sociais”, conta alegre a professora Ana Paula Batista, que atua na alfabetização no CIEJA desde 2018.

Confira o Instagram do CIEJA Perus

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia com o fundo de terra, no centro a muda de uma planta com duas folhas verdes e, ao seu redor, as mão de três pessoas formando um círculo ao seu redor, sobre um pequeno monte de terra.
Fotografia de duas crianças pequenas se alimentando em um ambiente escolar

Práticas da Educação Municipal são apresentadas na Semana da Primeira Infância

Publicado em: 05/08/2022 6h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Ptrf

Confira aqui os valores do PTRF recebidos pelas escolas municipais em 2021

Publicado em: 05/08/2022 5h37 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de estudantes participande de competição de xadrez

Conheça as escolas vencedoras da Final Municipal de Xadrez por Equipes

Publicado em: 04/08/2022 6h35 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de quatro estudantes em volta da mesa desmontando um computador portátil. Eles usam colete amarelo e estudam na Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) Anne Sullivan .
1 2 3 4 1.260