Notícias

CEUs comemoram o aniversário da cidade de São Paulo

Celebração acontece nos 46 Centros Educacionais Unificados da capital paulista com música, teatro e circo

Publicado em: 22/01/2018 17h49 | Atualizado em: 30/11/2020

CEUs_comemoram_aniversario_SP_740_x_430.jpg

Na quinta, 25 de janeiro, os 46 Centros Educacionais Unificados (CEUs) da cidade de São Paulo recebem uma programação especial para a comemoração dos 464 anos da capital paulista.

A festa contará com espetáculos musicais, teatrais e circenses. Eles serão realizados às 15h, com exceção das unidades que possuem sessões de cinema do SPCine agendadas para esse horário. Nestas, as atrações ocorrem às 11h.

Clique aqui e veja a programação.

Sinopses dos espetáculos:

CEU Água Azul – Av. dos Metalúrgicos, 1.262, Cidade Tiradentes – 15h

Zabumbando – O Grupo Zabumbando é formado por três músicos – dois percussionistas e um sopro – que executam músicas do repertório popular brasileiro. O trio é acompanhado por bichos alegóricos como boizinho e cobra-grande, que são animados pelo público, que brinca e forma o cortejo.

CEU Alto Alegre – Rua Bento Guelfi, 1802, Jardim Laranjeira, Iguatemi – 15h

Acampatório – A peça completa a “trilogia” SONHATÓRIO – CONSTRUTÓRIO – ACAMPATÓRIO, em mais uma incursão da Cia Truks no universo do Teatro de Objetos, em que coisas de uso diário são transformadas em personagens da trama. Desta vez, os três divertidos e criativos amigos partem para uma empolgante aventura: vão acampar em terras desconhecidas! Entram em cena com as suas mochilas superequipadas e abrem as portas para a imaginação. Passarão o dia vivendo as mais malucas situações, tais como uma frustrada pescaria e um engraçado piquenique, com direito a uma empolgante luta contra um exército de formigas, arrepiantes histórias “de terror” em volta da fogueira, entre outras passagens repletas de diversão, bom humor e até mesmo ilusionismo.

CEU Alvarenga – Estr. do Alvarenga, 3752, Balneário São Francisco – 11h

Alegria Não Para – Com percussão musical com instrumentos alternativos, malabarismos, bicicleta que desmonta, equilibrismo, evoluções com bolhas de sabão e musicas originais criadas especialmente para o espetáculo.

CECI Jaraguá – Rua Comendador José de Matos, 386 – V. Clarice – Jaraguá – 15h

Coral Indígena Guarani Ara Ovy – O projeto de Circulação do Coral Indígena Guarani Ara Ovy de música tradicional Guarani com o Coral ARA OVY tem como objetivo principal a preservação e divulgação da Cultura Guarani. O Coral é formado por jovens da Aldeia Indígena Guarani Tenondé Porã, localizada em Parelheiros, extremo Sul da cidade de São Paulo.

CEU Aricanduva – Rua Olga Fadel Abarca, s/n. – 11h

Mágico por Acaso – O Grande Patrick – típico ilusionista de cartola e black-tie, com sua famosa varinha mágica – além de surpreender com os clássicos números de mágica, é o apresentador de uma fascinante trupe de artistas: o Professor Boff, cientista que domina a gravidade, a eletricidade e as forças da natureza; o misterioso mágico chinês Chung Ling Yu, que encanta com aparecimentos, desaparecimentos e belos jogos de lenços e flores; Tony, o “escapista” e a incrível saída de uma caixa de aço; e a exótica Isis, vinda do distante Egito com os misteriosos truques que surpreenderam gerações ao longo do tempo.

CEU Azul da Cor do Mar – Av. Ernesto Souza Cruz, 2171, Cidade Antonio Estevão de Carvalho – 15h

A Casa de Farinha do Gonzagão – Teatro-baile baseado na obra de Luiz Gonzaga, dividida em três partes, sem intervalo. Os personagens das músicas de Luiz Gonzaga são transportados para uma casa de farinha, a cozinha do sertão. Lá, em sua intimidade criativa, têm a chance de contarem seus “causos” com direito a muito arrasta-pé.

CEU Butantã – Av. Eng. Heitor Antônio Eiras García, 1870, Jardim Esmeralda – 15h

Tião Carvalho apresenta “Meus 40 anos de Brasilidades” – Completando 40 anos de carreira, o músico, compositor, cantor, dançarino, ator, brincante, educador e líder comunitário do Morro do Querosene no Butantã (SP), Tião Carvalho, representante das tradições culturais do Maranhão, traz um show dançante que resgata as canções que fazem parte de sua caminhada artística por meio da expressão e da mistura de ritmos populares como o frevo, o carimbó, o baralho, o samba-enredo, o maracatu, as toadas de bumba-meu- boi impressos nos arranjos musicais.

CEU Caminho do Mar – Av. Eng. Armando de Arruda Pereira, 5241, Vila do Encontro – 11h

A Trupe Animal e seus Ditos Contados – Inspirada na obra “Os músicos de Bremen”, dos irmãos Grimm, uma trupe mambembe interpreta a jornada de quatro animais em busca de um novo lar, após serem deixados por seus donos. Por meio de lendas e contos, a Mula, o Cachorro, o Gato e a Galinha levam o público a refletir sobre a velhice e o abandono.

CEU Campo Limpo – Av. Carlos Lacerda, 704, Pirajussara – 15h

A Alegria do Forró – A apresentação realizada pelo grupo Os Alegres do Nordeste enfatiza a alegria do baile de forró.

CEU Cantos do Amanhecer – Av. Cantos do Amanhecer, s/n, Jardim Eledy – 15h

Flamingos Trio – Flamingos Trio é um conjunto cômico-músico-tropical formado por três músicos que apresentam clássicos do Bolero, da Cumbia e do Chachacha em versões cômicas.

CEU Capão Redondo – Rua Daniel Gran s/n, Jd. Modelo –
15h

O Catador de Lixo – Enquanto trabalha nas suas funções diárias, limpando os locais e organizando tudo que encontra, Pasqualino passa por diversas situações complicadas e inusitadas, sem ter noção de quem as provoca. Ele não sabe que está enfrentando um inimigo quase invisível.

CEU Casa Blanca – R. João Damasceno, 85, Casa Blanca – 15h

Adriana Moreira – O repertório do show de Adriana Moreira contempla a apresentação do seu álbum “Cordão”, além de um vasto trabalho de pesquisa sobre a ancestralidade africana e afro-brasileira que abrange os sambas de roda da Bahia, ijexás, capoeiras, cânticos de escravos, entre outros.

CEU Cidade Dutra – Av. Interlagos, 7350, Cidade Dutra – 15h

Femininas Almas Cantantes do Brasil – O show inclui músicas de compositoras brasileiras, como Chiquinha Gonzaga, Carolina Maria de Jesus, Carmen Miranda, D. Ivone Lara e Anastácia.

CEU Feitiço da Vila – R. Feitiço da Vila, 399, Chácara Santa Maria – 11h

Chiquinha Gonzaga, a menina faceira – O espetáculo de teatro de bonecos para crianças conta, de forma lúdica, algumas facetas de Chiquinha Gonzaga a partir de suas músicas. A história é conduzida por três vendedores de rua da primeira metade do Século XX: o aguadeiro, a lamparineira e o quitandeiro, que contam, cantam e encenam com bonecos situações pitorescas e inusitadas do universo da compositora, mostrando algumas peripécias de sua infância, situações lúdicas de suas criações e devaneios sobre sua vida.

CEU Formosa – R. Srg. Claudiner Evaristo Dias, 10, Parque Santo Antonio – 15h

João Triska – Após um longo período de pesquisas sobre a profunda musicalidade existente nas regiões austrais do Brasil e da América do Sul, o violeiro paranaense João Triska apresenta o álbum Nos Braços dos Pinheirais, trabalho inspirado na obra e no legado deixado por Nhô Belarmino.

CEU Guarapiranga – Estrada da Baronesa, 1.120, M’Boi Mirim – 15h

Gonzagão x Jackson – Neste show, o Trio Amizade relembra dois dos mais conhecidos forrozeiros: Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro.

CEU Heliópolis – Estrada das Lágrimas, 2385 – 15h

A Festa – A fábula acontece num reino não muito distante daqui, numa época de valores não muito díspares aos nossos. Estamos num dia especial: é o aniversário da princesa Maria Joaquina. Todos à sua volta, da Rainha aos trabalhadores, não medem esforços para que esse dia seja uma data inesquecível – para ela. Difícil de agradar, a mimada e solitária princesa ordena ao conselheiro real que este lhe traga um presente de aniversário impossível e insuperável. Saindo em busca de algo extraordinário, ele descobre no meio do povo um menino esperto, que joga bolinhas pelas ruas.

CEU Inácio Monteiro – R. Barão Barroso do Amazonas, S/N, Cohab Inacio Monteiro – 15h

Folias e Congos – O artista Inimar dos Reis apresenta o espetáculo musical interativo “Folias e Congos” com a proposta de difundir a cultura afro-brasileira a partir de sua pesquisa pessoal, de vivências e experiências diretas com as manifestações populares e seus mestres.

CEU Jaçanã – R. Francisca Espósito Tonetti, 105, Jardim Guapira – 11h

A Arca de Noé – Espetáculo inspirado na obra infantil do poeta Vinicius de Moraes e na adaptacão da narrativa “Arca de Noé” publicada por Ruth Rocha.

CEU Jaguaré – Av. Kenkiti Simomoto, 80, Jaguaré – 14h40

Cronistas da Cidade – O projeto busca realizar um encontro original entre Paulo Vanzolini e Adoniran Barbosa por meio de poesia, prosa e música.

CEU Jambeiro – Av. José Pinheiro Borges, 60, Guaianases – 11h

Bichos do Brasil – O espetáculo busca mostrar a riqueza da fauna brasileira através de recursos plásticos. Pautado nos bonecos, na música e na coreografia, procura criar o ambiente da mata sem exigir um comportamento humano de seus personagens.

CEU Jardim Paulistano – R. Aparecida do Taboado, s/n – Jardim Paulistano – 15h

Se Chove não Molha – Uma família de palhaços, o pai e seus dois filhos, chegam para apresentar um espetáculo, mas se atrapalham ao fazer os números, que acabam sempre da forma errada.

CEU Lajeado – R. Manuel da Mota Coutinho, 293, Lajeado – 15h

Sementes da África – Um marujo e um capitão, viajando juntos pelo continente africano, vão passando por vários países, conhecendo o povo e suas histórias, as paisagens, os bichos e a tradição dos gritos.

CEU Meninos – R. Barbinos, 111 – São João Clímaco – 11h

Travessuras de Palhaço – Uma trupe de palhaços disputa um espaço para se apresentar no circo. Suas travessuras levam para o caminho onde predomina a amizade. O espetáculo é inspirado nas esquetes de palhaços, musica de charanga e na magia do malabarismo.

CEU Navegantes – R. Maria Moassab Barbour, s/n, Parque Res. Cocaia – 15h

Mulheres que interpretam o Brasil cantando – Projeto idealizado com o intuito de mostrar, ao público, cantoras brasileiras que interpretam o Brasil, passando por ritmos como Samba, MPB e Soul Music e abordando cantoras como Clara Nunes, Elis Regina, Elza Soares, Lady Zu e Sandra de Sá.

CEU Paraisópolis – Rua Dr. José Augusto de Souza e Silva, s/n, Paraisópolis – 15h

3 no som apresenta: Europa, África e suas principais contribuições para os ritmos brasileiros – O espetáculo propõe a discussão sobre como o continente europeu e africano contribuíram para o desenvolvimento de gêneros musicais brasileiros como o frevo, maracatu, ijexá, choro, samba e forró.

CEU Parelheiros – Rua José Pedro de Borba, 20 – Parelheiros – 15h

Alegria Não Para – Com percussão musical com instrumentos alternativos, malabarismos, bicicleta que desmonta, equilibrismo, evoluções com bolhas de sabão e musicas originais criadas especialmente para o espetáculo.

CEU Parque Anhanguera – Rua Pedro José de Lima, 1020 – Morro Doce – 15h

A Terra dos Meninos Pelados – Baseado no conto de Graciliano Ramos, o espetáculo conta a história de Raimundo, um menino diferente de todos os outros por ter um olho preto, o outro azul e a cabeça pelada. Cansado de não ter com quem conversar, Raimundo parte para uma viagem a Tatipirun, uma terra onde todos os meninos são como ele. Lá encontra personagens como a Aranha, a Laranjeira e a Caralâmpia, uma menina que virou princesa. Raimundo realiza essa jornada, que de certa maneira representa seu crescimento e amadurecimento, e retorna a seu lugar de origem compreendendo melhor a importância de valores como a tolerância e a amizade.

CEU Parque Bristol – R. Prof. Artur Primavesi, s/n, Jardim Imperador – 15h

Palhaços, História para Contar e Sonhar – Capilé, um palhaço do circo de lona, encontra com Zeca Paranhos, um vendedor de produtos de beleza. O encontro destes dois personagens promete muita palhaçada, ensinamentos e risos, onde Capilé, com sua simples maneira de ver o mundo, ensina a Zeca o valor e a magia de usar a imaginação.

CEU Parque São Carlos – Rua Clarear, 643, Vila Jacuí – 15h

Aguenta a mão, João! – Espetáculo musical e performático baseado na vida e obra do poeta, músico, compositor e ator, Adoniran Barbosa.

CEU Parque Veredas – Rua Daniel Muller, 347, Itaim Paulista – 11h

Alegria, Cômicos e Piruetas – Espetáculo cômico circense retrata as quatro principais figuras cômicas dos circos de tradição: clown, excêntrico, palhaço e Tony de Soireé

CEU Paz – Rua Daniel Cerri, 1549 – Jardim Paraná – 11h

Era só o que faltava – Espetáculo circense baseado nos antigos shows de variedades com números de palhaço, malabares, acrobacia, mágica de mesa, pirâmide acrobática, música e alegria.

CEU Pêra Marmelo – Rua Pêra-Marmelo, 226, Jardim Santa Lucrecia, 15h

Estúdio A convida Samuel de Abreu – Participante da web-série Estúdio A Convida, Samuel de Abreu apresenta seu trabalho autoral.

CEU Perus – R. Bernardo José de Lorena, S/N, Perus – 11h

Torturas de um coração ou Em boca fechada não entra mosquito – Torturas de um coração ou em Boca fechada não entra mosquito é a história de Benedito, rapaz da cidade de Taperoá, no interior de Pernambuco, cheio de artimanhas para trapacear quem quer que seja. Sendo assim, ele vai aproveitar para enganar os dois maiores poderosos da cidade: Vicentão e Cabo Setenta.

CEU Quinta do Sol – Av. Luiz Imparato, 564, Parque Císper – 11h

A Folia no Terreiro de Seu Mané Pacaru – A Folia no Terreiro de seu Mané Pacaru é conta com passagens onde figuras como o valentão, a mocinha, o policial, o coronel e tantos outros clássicos da cultura popular, parentes próximos dos tipos da Comédia Dell`Arte, pincelam com suas loas e brincadeiras uma grande festa no terreiro.

CEU Rosa da China – R. Clara Petrela, 113, Jardim São Roberto – 15h

Sylvia Maltese – os pioneiros e o choro – A pianista Sylvia Maltese realiza uma homenagem aos “chorões”, intérpretes do chorinho, gênero da música popular brasileira.

CEU São Mateus – R. Curumatim, 201, Parque Boa Esperança – 15h

Tributo a Marinês – Bernardete França apresenta o show Tributo a Marinês, a rainha do xaxado.

CEU São Rafael – R. Cinira Polônio, 100, Conj. Promorar Rio Claro – 11h

A Caixa Encantada – Todos os dias, para ir à escola, a menina Aline reclama. Até que um dia sua professora lhe revela um canto esquecido na escola, onde se encontram todos os livros que não cabem na sala de leitura. Ali ela irá se deparar com uma pequena parte do tesouro da humanidade e descobrirá o poder de sua imaginação a partir dos livros. Como que por acidente, como que por encanto, Aline encontra personagens saídos de lendas, histórias e contos de fadas, como João e Maria e Papagueno. Nesses encontros ela conhece novos mundos, novas fronteiras e a si mesma.

CEU Sapopemba – Rua Manuel Quirino de Mattos, s/n, Jardim Sapopemba – 15h

Pinóquio Etc e Tal – A aventura do boneco de madeira que queria ser gente é contada, de forma original, nesta adaptação da Cia Teatro Por Um Triz. O espetáculo acontece dentro do ambiente de uma marcenaria. Quatro marceneiros, preocupados com a falta de trabalho e passando por dificuldades financeiras, recebem uma encomenda inusitada: construir um boneco de madeira. Enquanto constroem o boneco lembram da história de Pinóquio, o boneco feito por Gepeto, e resolvem contá-la ao público.

CEU Tiquatira – Av. Condessa Elizabeth de Robiano, 270, Penha de França – 15h

Para ver a banda passar cantando coisas de amor – Os seresteiros Trovadores Urbanos realizam um show onde cantam músicas de afeto, alegres, românticas de amizade, canções que o povo gosta de cantar.

CEU Três Lagos – Av. Carlos Barbosa Santos, s/n, Jardim Três Corações – 15h

Repentistas Amigos de São Paulo – Duplas de repentistas se revezam no palco criando poesias improvisadas ao som de violas com base em motes sugeridos pela plateia ou em temáticas pré-definidas.

CEU Três Pontes – Rua Capachós, 400, Jardim Celia – 15h

Cadê meu Nariz? – Após vários atrasos, um palhaço é demitido do circo e se vê obrigado a dormir em um banco de praça. Na manhã seguinte, ele percebe que algo está faltando: o seu nariz vermelho. Uma menina aparece e diz ter visto quem roubou: um cachorro. Os dois decidem sair na busca pelo cão. E em seu caminho aparecerão personagens como um equilibrista, um policial e um adestrador de pulgas e, com eles, a dupla reviverá quadros clássicos de circo.

CEU Uirapuru – R. Nazir Miguel, 849, Jardim Paulo VI – 15h

Baião de 4, Maria da Paz – Nesse projeto, a cantora, compositora e instrumentista Maria Da Paz escolhe um formato acústico de quarteto e propõe um passeio nos interiores de quatro regiões brasileiras. Daí surge o “Baião de 4”.

CEU Vila Atlântica – R. Cel. José Venâncio Dias, 840, Vila Jaraguá – 11h

A Academia de Palhaços se apresenta – Baseado em esquetes da tradição circense brasileira, “A Academia de Palhaços se Apresenta” tem a estrutura de um show de variedades. Os números são calcados na clássica relação da dupla de palhaços: o bobo e o mandão. Veloso Veloz e Maria Eugênia são palhaços elegantes, altivos, orgulhosos, eles mandam e desmandam nos bobos da companhia: Chucrute e Maritaca. Estes últimos são atrapalhados, ingênuos e absurdos, e costumam colocar a perder todos os planos de seus colegas, para o deleite da plateia.

CEU Vila Curuçá – Avenida Marechal Tito, 3452, Jardim Miragaia – 15h

Fernandinho do Acordeon – Lançando seu primeiro cd da carreira, Fernandinho e seu acordeon fazem a alegria do baile.

CEU Vila do Sol – Av. dos Funcionários Públicos, 369, Vila do Sol – 11h

As Aventuras de Simão e Marieta por uma vida melhor – Simão e Marieta, um belo casal que fazia parte de uma comunidade negra em Pernambuco, deixa sua terra para tentar trabalhar, estudar e conseguir melhores condições de vida. Eles tentam conseguir emprego e escola, mas se deparam com o problema do preconceito, sofrendo discriminação em todas as tentativas. O mamulengo apresenta tudo com muita graça, alegria e descontração, com música ao vivo, e, principalmente, a participação efetiva da plateia.

CEU Vila Rubi – Rua Domingos Tarroso, 101 – Grajaú – 15h

Gara-Pé – uma homenagem aos trabalhadores do cultivo da cana de açúcar, que trabalhavam arduamente para extrair a Garapa e que, nas suas horas de folga, juntavam-se para o arrasta- pé no forró… Abrasileirando tudo isso surgiu o Gara-pé, quarteto composto por Cicinho (1ª Sanfona) Fernando (2ª Sanfona) Willian (Zabumba) e Ivaneide (Triângulo e Voz).

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra um celular sendo segurado por uma pessoa e outra mostrando um cubo ao fundo. Abaixo, um fundo verde e bege com o texto

SME realiza 2ª Semana de Tecnologias com palestras e oficinas

Publicado em: 29/11/2021 4h44 - em SME/NTC/NEER

Banner Dezembro Migrante

Dezembro Migrante contará com lives formativas para educadores

Publicado em: 29/11/2021 2h43 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia da cantora Monica Salmaso usando chapéu de caipira

Estudantes e educadores são convidados a participar de workshop online com a cantora Mônica Salmaso

Publicado em: 29/11/2021 11h59 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra três meninos brincando em um brinquedo inflável e sendo molhados por um jato de água.
Estudante é vacinada em escola municipal

Saúde inicia vacinação de adolescentes em escolas da rede pública de SP

Publicado em: 25/11/2021 5h23 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.210