Notícias

SME realizou II Congresso Municipal de Educação para as Relações Étnico-Raciais

Cerca de 500 congressistas participaram das atividades desenvolvidas nos últimos dias 23 e 24 de junho.

Publicado em: 28/06/2016 9h51 | Atualizado em: 30/11/2020
II_cong_etnico_740_x_430.jpg

A Secretaria Municipal de Educação (SME) realizou nos dias 23 e 24 de junho o II Congresso Municipal de Educação para as Relações Étnico-Raciais, evento que discutiu a necessidade de promover ações de combate ao preconceito, discriminação e racismo e de promoção da igualdade étnico-racial.

Saudando a todos a Vice-prefeita e Secretária Municipal de Educação, Nádia Campeão, discorreu sobre o cumprimento da meta 58 do plano de governo do prefeito Fernando Haddad que era viabilizar a implementação das leis federais que incluem no currículo oficial o ensino da temática da história e cultura ato-brasileira e indígena. “Nós superamos esta meta. Capacitamos um total de 33.052 professores e mais 5.190 em outras formações nesta mesma temática”, afirmou a vice-prefeita durante a abertura do evento.

Durante os dois dias, cerca de 500 pessoas entre Educadores, Professores, Gestores e integrantes do Quadro de Apoio da Rede Municipal de Educação (RME), envolvidos com trabalhos nas Unidades Educacionais com a temática da Educação para as Relações Étnico-raciais, puderam discutir e refletir sobre a construção de identidades das populações negra, branca e indígena, bem como, aquelas relacionadas a diversas origens nacionais.

Professores da Rede Municipal e arte-educadores ministraram oficinas de Hip Hop, grafite, artesanato afro-brasileiro, além de contação de histórias e jogos de tabuleiros como o Mancala Awelé e o Jogo da Onça, que fazem parte do Programa Jogos de Tabuleiro na Rede Municipal de Ensino e além de realizar intervenções de capoeira e roda de danças afro-brasileiras.

Houve momentos para compartilhar relatos das práticas educacionais que estão em curso nas escolas da Rede. Os trabalhos selecionados para apresentação no Congresso versaram sobre as três áreas de atuação do Núcleo de Educação Étnico-racial: História e Cultura Africana e Afro-brasileira, História e Cultura Indígena e Educação para Imigrantes.

Bas’Ilele Malomalo, professor Doutor em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquista (UNESP), proferiu uma aula magna cujo temo foi “A Educação para as relações étnico-raciais e a descolonização do currículo”. A mesa de debate “Educação para as relações Étnico-Raciais nas perspectivas africana, afro-brasileira, indígena e imigrante contou coma participação do Prof. Dr. Daniel Munduruku – Instituto UK’A – Casa dos Saberes Ancestrais, da Prof.ª Dra. Deisy Ventura – Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo e da Prof. Ma. Jaqueline Lima Santos.

“Estamos muito felizes com os resultados do Congresso. Nestes dois dias tiramos a importância da rede se constituir com grandes parceiros para a construção dessas temáticas. Portanto, história e cultura afro-brasileira e africanas, história e cultura indígena e educação para imigrantes, devem ser construída de forma a possibilitar a troca entre os profissionais da Rede”, afirmou Rafael Silva, coordenador no Núcleo de Educação Étnico-Racial da SME, destacando o lançamento da plataforma digital “Espaço ERER”.

Espaço ERER – Durante a realização do Congresso o professor Rafael Silva, do Coordenador do Núcleo de Educação Étnico Racial (NEER) da SME, lançou a plataforma digital “Espaço ERER”, ambiente que facilitará a troca de experiências e referências pedagógicas, por meio das ferramentas de redes sociais (fórum, biblioteca de vídeos/fotos/materiais pedagógicos, troca de mensagens, publicação de experiências/relatos), e propiciar à SME/COPED/NTC/NEER o acompanhamento/monitoramento das ações e projetos da RME, colaborando para a implementação das leis 10.639/03 e 11.645/08 e para a política educacional da SME.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Visita ao Departamento de Alimentação Escolar e escola pública na cidade de Montevidéu no Uruguai
Secretaria Municipal de Educação e APAE criam novos núcleos de atendimento em Educação Especial na cidade

Secretaria Municipal de Educação e APAE criam novos núcleos de atendimento em Educação Especial na cidade

Publicado em: 22/10/2015 9h48 - em Diretoria Regional de Educação Campo Limpo

Consulta Pública: Plano de Ação para a regulamentação da Alimentação Orgânica na Rede Municipal de Ensino
CEU Uirapuru recebe bate-papo com Marcos Pezão

CEU Uirapuru recebe bate-papo com Marcos Pezão

Publicado em: 21/10/2015 5h00 - em CEU e COCEU

Grupo Bicho de Pé faz show no CEU Butantã

Grupo Bicho de Pé faz show no CEU Butantã

Publicado em: 21/10/2015 4h25 - em CEU e COCEU

1 1.260 1.261 1.262 1.263 1.264 1.284