Notícias

SME oferece versões adaptadas da Prova São Paulo para estudantes com deficiência

São oferecidas provas em Braille, ampliadas e em Libras para 1.713 crianças e jovens

Publicado em: 16/11/2017 14h36 | Atualizado em: 30/11/2020

provasp_surdo_740_x_430.jpg

A Secretaria Municipal de Educação (SME) oferece versões adaptadas da Prova São Paulo para estudantes surdos, cegos e com baixa visão. Nesta edição, 1.713 crianças e jovens realizam avaliações diferenciadas. São 13 provas produzidas em braile, 318 com caracteres ampliados e 1382 interpretadas em Libras.

“Tendo em vista a implementação da Política Paulistana de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva, elaboramos provas que viabilizam o processo de inclusão dos alunos com deficiências matriculados na Rede Municipal de Ensino. Para os cegos que sabem Braille, oferecemos as provas elaboradas com o sistema de escrita tátil; para os alunos com baixa visão, as provas são ampliadas e permitem acessibilidade e compreensão das questões; para os surdos, foram oferecidos vídeos com as questões traduzidas para Libras e prova impressa para acompanhamento, além de tempo ampliado para a sua realização”, explica Claudio Maroja, Diretor do Núcleo Técnico de Avaliação da SME.

prova_visao_740_x_430.jpg

Prova São Paulo – Depois de quatro anos, a Prova São Paulo volta a ser realizada na capital. A mais importante avaliação do sistema de ensino paulistano será aplicada entre os dias 18 a 20 de outubro para cerca de 230 mil alunos do 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental nas escolas da rede municipal. Saiba mais.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 4 5 1.441