Notícias

Secretaria Municipal de Educação cria índice para avaliar Ensino Fundamental

Rede Paulistana irá utilizar aspectos pedagógicos e sociais para orientar índice e traçar metas para a rede

Publicado em: 06/08/2019 12h41 | Atualizado em: 04/05/2021

idep_740x430.jpg

A Secretaria Municipal de Educação (SME) está implantando uma nova ferramenta para avaliar o desempenho de Escolas de Ensino Fundamental e estudantes da rede municipal de ensino. O Índice de Desenvolvimento da Educação Paulistana (IDEP), de maneira inédita, irá considerar a proficiência dos estudantes a partir da Prova São Paulo e também os dados dos territórios, como nível socioeconômico e a complexidade de gestão de cada unidade.

Atualmente, a SME considera como indicador o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que é formado a partir dos resultados do Saeb e da taxa de aprovação dos estudantes. O IDEB é um indicador que serviu para nortear diversas ações das redes de ensino no Brasil, porém, ele será substituído a partir de 2021.

Em razão disso, o IDEP refletirá melhor o desempenho dos estudantes para o estabelecimento de metas para cada escola.

O novo indicador para a rede pública paulistana será composto por: proficiência apurada dos estudantes do 3º ao 9º anos na Prova São Paulo, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ciências da Natureza; nível Socioeconômico (Inse) da escola disponibilizados pelo INEP a partir dos questionários do Saeb e Indicador de Complexidade da Gestão (ICG) fornecidos pelo INEP, que calcula o quão complexa é a administração de cada escola.

Para estabelecer as metas das escolas foram agrupadas primeiramente o seu nível socioeconômico e divididas dentro destes em níveis de acordo com o seu ICG, posteriormente foram considerados os resultados das Provas São Paulo 2017 e 2018 para o estabelecimento das metas. Os objetivos de cada Escola serão revisados a cada 5 anos.

Para a coordenadora pedagógica Minéa Fratelli o IDEP mostrará de forma mais realista o desempenho pedagógico da rede municipal. “O IDEB é um índice importante, mas que foi criado há mais de 10 anos e não consideras as diferenças do território em uma cidade tão grande quanto São Paulo. A expectativa é que possamos apoiar as escolas e respeitar sua individualidade”, destacou.

Prêmio de Desempenho Educacional (PDE)

Em 2019, a Secretaria Municipal de Educação e os Sindicatos da categoria retomaram os encontros das Mesas Setoriais e passaram a discutir o pagamento do Prêmio por Desempenho Educacional, nascendo assim um novo Projeto de Lei que será a base de cálculo para o pagamento do bônus que não terá natureza salarial ou remuneratória.

O Novo PDE terá o valor individual calculado sobre o valor integral, observadas as jornadas de trabalho e considerando o desempenho das unidades da Secretaria Municipal de Educação no IDEP.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem com fundo de lego com o texto

1º Prêmio Braille Bricks Brasil da Fundação Dorina Nowill recebe inscrições de educadores 

Publicado em: 30/05/2023 5h34 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Fotografia de três mães amamentando seus bebês. Elas estão sentadas no chão com as pernas cruzadas e tomando sol com eles.

CODAE lança formulário para conceder o Selo CEI Amigo do Peito 2023

Publicado em: 29/05/2023 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de estudantes sentados em suas carteiras fazendo prova.

Rede UniCEU abre processo seletivo para coordenador de polo

Publicado em: 26/05/2023 6h10 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de fundo cinza com a marca dágua do brasão da Cidade de São Paulo - Educação em branco

Nota à Folha de S.Paulo

Publicado em: 26/05/2023 6h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto do corredor da EMEF Laerte Ramos de Carvalho, com exposição de trabalhos sobre causas sociais

EMEF Laerte Ramos de Carvalho promove exposição de trabalhos sobre causas sociais

Publicado em: 26/05/2023 4h00 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

1 2 3 4 5 1.349