Notícias

Projeto resgata a memória do esporte na Rede Municipal de Ensino

Projeto tem como objetivo resgatar e registrar a memória do esporte por meio das narrativas biográficas de professores e alunos

Publicado em: 26/08/2019 14h20 | Atualizado em: 30/11/2020
projetomemoriasdoesportenarede_740x430.jpg

A Secretaria Municipal de Educação (SME), por meio da Divisão de Esportes, Corpo e Movimento da Coordenadoria dos CEUs e Educação Integral (COCEU), realizará o Projeto “Memórias do Esporte na Rede – O Esporte da rede na rede”, que tem o objetivo de promover a narrativa sistematizada do Esporte nas unidades educacionais da cidade de São Paulo.

Maria Alice Zimmermann, Diretora da Divisão de Esportes da SME, explica que a Secretaria implementa, promove e acompanha o esporte em suas diferentes manifestações ao longo da sua história como um dos principais elementos de desenvolvimento educacional e também responsável pela iniciação esportiva dos estudantes na cidade. “A prática esportiva orientada para a educação acaba também por revelar não apenas estudantes habilidosos para o esporte de alto rendimento, como também a possibilidade de ampliar horizontes na vida dos alunos, porém, poucos são os registros deixados pelos professores, bem como dos estudantes, sobre esse processo tão importante para a vida das gerações atuais como das futuras.”

Tão importante quanto fazer a pesquisa e encontrar os elementos que unem o presente ao passado é realizar o registro do processo dessa construção e de seus desdobramentos.

Para Zimmermann a realização do projeto reconhece a importância do registro das experiências vividas por professores, estudantes e equipe de profissionais envolvida com a realização dos primeiros jogos escolares e mais recentemente com as Olimpíadas Estudantis e InterCEUs.

A previsão é que o projeto dure um ano e contará com a assessoria da Profa. Dra Katia Rubio, Professora e Coordenadora do Grupo de Estudos Olímpicos da USP, responsável pela Pesquisa “Memórias Olímpicas por Atletas Olímpicos Brasileiros, onde registra a participação de todos os atletas brasileiros que participaram de uma edição Olímpica. O projeto é composto por 3 fases:

1) Sensibilização para a metodologia e sistematização dos registros, que contará com calendário disponibilizado para que as Diretorias Regionais de Educação (DRE) façam seus agendamentos, de acordo com o quadro

2) Pesquisa de Campo, com reuniões com as equipes das DRES (professores Analistas e funcionários indicados), acompanhando e auxiliando o desenvolvimento do trabalho de pesquisa “in loco”, de construção da memória pela pesquisa e resgate de documentos e narrativas;

3) Escrita e preparação de documentos que registrem o processo desenvolvido e seus resultados, garantindo a preservação dessa memória que será registrada em formato de livro, pela escrita dos seus principais atores.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Mulheres na sala de aula de Confeitaria. Elas estão de frente para mesa coletiva e manuseiam uma massa em forminhas. Também usam máscara de proteção individual, avental e touca.

Inscrições abertas para as turmas de 2023 dos cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs

Publicado em: 28/11/2022 11h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Cowparede - fotografia de esculturas de vacas pintadas por artistas

CEU Paraisópolis recebe exposição CowParade

Publicado em: 25/11/2022 1h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de estudante tocando instrumentos de percussão

EMEF Imperatriz Leopoldina forma ritmistas com ‘batucada’

Publicado em: 25/11/2022 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Capa do Álbum de Mancala Awelé feito por um estudantes.

Confira o resultado do concurso “Meu Álbum de Mancala Awelé”

Publicado em: 24/11/2022 11h37 - em Secretaria Municipal de Educação

Viii Jornada Pedagógica
1 2 3 1.299