Notícias

Projeto Memórias em Pauta publica revista e livro escritos por estudantes do CIEJA Perus

Matéria produzida pela equipe Imprensa Jovem + CIEJA Perus

Publicado em: 18/12/2018 12h49 | Atualizado em: 30/11/2020

memorias_ciejaperus_740x430.jpg
Professores Adriana das Graças, Ceciana de Melo e Rossini Castro entregam o certificado e a revista Memórias em Pauta à aluna repórter Eliane Maria da Silva.

Matéria produzida pela equipe Imprensa Jovem + CIEJA Perus.

No dia 6 de dezembro, no Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos Perus I, foi feito o lançamento da primeira edição da Revista Memórias em Pauta, com entrega de Certificados aos estudantes que participaram da Oficina de Radiojornalismo. A Oficina, iniciada em 2016, este ano ganhou novas contribuições de estudantes e professores com o projeto da revista Memórias em Pauta, visando um trabalho colaborativo e significativo.

O projeto da revista, composta por 19 textos escritos pelos estudantes da Oficina, parte do resgate das histórias de vida, identidade e memória para, a partir daí, a realização de propostas de reportagens no território de Perus. A primeira parte do projeto envolveu a escuta atenta dos estudantes, pesquisa de fotos e histórias de vida, registradas em revista e livro, do tempo de infância de nossos estudantes, das dificuldades na terra natal, da migração, da luta por moradia, saúde e educação, entre outras histórias.

Esta Oficina de Radiojornalismo já passou por diferentes etapas desde sua criação em 2016. Inicialmente criou-se a Rádio Whatsapp, alimentando o site Imprensa Jovem Mais. Em 2017, os estudantes realizaram reportagens internas, principalmente com o objetivo de fazer os programas de rádio com informações sobre os eventos do CIEJA Perus I. Em 2018, a Oficina ganhou novas contribuições e formatos, inclusive com a introdução do telejornalismo, que estimulou o projeto da revista Memórias em Pauta.

Clique aqui e conheça a revista Memórias em Pauta. 

memorias_ciejaperus_2_740x330.jpg
Aluna repórter Michele Ferreira Rangel recebe certificado e a revista Memórias em Pauta.

“Os estudantes se envolveram profundamente com a escrita de suas histórias, superando as expectativas iniciais de textos curtos, e passaram a escrever relatos mais longos e completos”, explica o Professor Rossini Castro e, como exemplo, cita os registros da aluna repórter Gicélia Pires da Silva, que resultaram no lançamento de um livro intitulado “Viver e Resistir”.

memorias_ciejaperus_3_740x430.jpg
Lançamento do Livro “Viver e Resistir” da aluna repórter Gicélia Pires da Silva no CIEJA PERUS I.

Para a aluna repórter Gicélia Pires da Silva, escrever a sua história foi como viajar no tempo e poder compartilhá-la com outras pessoas a deixou muito feliz. “Fiquei muito emocionada em deixar uma mensagem carinhosa em cada livro. Espero inspirar outros alunos a escrever sua própria história”, conta Gicélia. Ela exorta os alunos que têm uma história parecida com a sua a não desistir, perseverar no sonho de aprender a ler e escrever e conclui que “a escola é transformadora, tem a capacidade de nos encorajar, de nos dar autoestima e nos faz acreditar que o vencedor é aquele que persevera na luta. Quando entrei no CIEJA Perus I mal conseguia me expressar e hoje saio formada e com um livro publicado”.

memorias_ciejaperus_4_740x430.jpg
Aluna repórter Gicélia Pires da Silva autografado seu livro

“Não é tarefa fácil revisitar o próprio passado e se dispor a recontá-lo, compartilhando experiências. O processo de criação se mostrou rico, uma vez que os estudantes se sentiram valorizados e estimulados a pesquisar, redigir, digitar e editar seus próprios textos. Por termos como ponto de partida as histórias vividas pelos próprios estudantes, os desafios propostos foram significativos, com as diversas vozes em ação”, afirma a professora Ceciana de Melo. “Cada história de vida tem sua originalidade, com experiências únicas, mas também se descobrem pontos em comum, histórias que se intercruzam”, conclui.

Clique aqui e acesse o livro Viver e Resistir. 

Professores responsáveis:

Adriana das Graças, Ceciana de Melo e Rossini Castro.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças aprendendo polo aquático na piscina

CEU Jaguaré oferece aulas de polo aquático para comunidade 

Publicado em: 22/11/2021 5h24 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudante faz avaliação utilizando um tablet

Provinha e Prova São Paulo são aplicadas pela primeira vez no formato 100% digital

Publicado em: 22/11/2021 10h32 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de leitura antirracista

Educação antirracista e inclusiva são premissas do Currículo da Cidade

Publicado em: 20/11/2021 8h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudante de camiseta azul, máscara preta, está escrevendo com um lápis em um caderno.

Inscrições para vagas no Ensino Médio das Escolas Municipais estão abertas

Publicado em: 19/11/2021 6h17 - em Secretaria Municipal de Educação

Notícia (11)

MIS abre inscrições para cursos de telenovela e comunicação

Publicado em: 19/11/2021 4h54 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 6 1.211