Notícias

Premiação Contemplou o CEI João Bento de Carvalho

Em jantar especial no Tordesilhas, merendeira e educadores se deleitam com pratos degustação

Publicado em: 04/07/2016 13h00 | Atualizado em: 30/11/2020

Premiação CEI JB Carvalho

A gastronomia é uma expressão natural de tradições, costumes, geografia, e história dos povos em todo o mundo. A maneira de preparar um prato, um determinado ingrediente ou tempero são também signos que evocam no indivíduo o sentimento de pertencer a uma cultura particular.

Esta foi uma oportunidade ímpar para a merendeira da DRE Itaquera Ladir Elizabete Gerônimo Rodrigues (“A Dama de Vermelho” como ficou conhecida por sua elegância), que acompanhou o percurso dos alimentos desde sua recepção à finalização de pratos brasileiros no Restaurante Tordesilhas, durante a vivência que aconteceu nos dias 24 e 25 de fevereiro. “Nossa, aprendi até que primeiro agente doura o arroz no óleo e só depois coloca o alho e a cebola, anteriormente batidos no liquidificador. São segredinhos simples que fazem toda a diferença”, relatou a representante selecionada por meio do prêmio Educação Além do Prato.

As merendeiras do CEI João Bento de Carvalho votaram para decidir quem iria receber o prêmio, e a Ladir foi a escolhida pelo grupo, em comum acordo. Essa experiência rendeu emoções: “Quando eu vi aquele motorista vindo na minha direção com um guarda chuva colorido para me receber, eu me senti assim…, tão especial. Parecia coisa de cinema”, exclamava Ladir sobre um dos momentos da vivência no restaurante.

Acolhida pela chef Mara Salles e sua equipe, Dona Ladir viu de perto como é o preparo do acaçá de arroz com o Gerson, marinada de legumes com o Gabriel, batata do Cícero, entradinhas com o Mauro e a paçoquinha especial com o Ednaldo. E saiu igualmente encantada com o bolinho de mandioca.

Assim como a cultura brasileira, que é composta por migrantes e imigrantes de inúmeras origens, Ladir pode visualizar, sentir e compreender como a nossa culinária tem influências variadas e como isso tanto favorece o preparo quanto enriquece o paladar.

A noite do jantar

A diretora do CEI João Bento de Carvalho, Márcia Almeida dos Santos Guarda Fulan, a agente escolar Paloma Iemanjá Cintra Pinto e a professora Nathalia Domenica Stigliani Silva e a merendeira Ladir Elizabete Gerônimo Rodrigues (acompanhada da sua filha) desfrutaram de um jantar sofisticado, quase um festival de degustações que rememorou sabores ancestrais.

Wilton, o preto, chegava anunciando e descrevendo cuidadosamente o estilo de cada prato: pastel de camarão, queijo de coalho fresco com mel de rapadura, casquinha de siri, salada mista, salada de folhas miúdas, laranja Bahia e pupunha ao molho delicado de taperebá, bobozinho de camarão, barreado, cocada de tabuleiro com sorvete de tapioca e calda de tamarindo. “Esta foi uma noite maravilhosa”, comemorava a Ladir.

“Como houve um envolvimento intenso de todas as equipes da escola, optamos por sortear para escolhermos quem participaria deste jantar de premiação”, explicava a diretora Márcia Almeida dos Santos Guarda Fulan.

A agente escolar Paloma Iemanjá Cintra Pinto e a professora Nathalia Domenica Stigliani Silva, relataram, radiantes, que houve uma fase na escola em que ninguém queria mais ouvir falar em abóbora por conseqüência dos tantos experimentos que envolveram pais, alunos, professores e comunidade. E se alguém chegava à porta da cozinha, a Ladir já ia logo dizendo: Já sei, é para preparar algum prato de abóbora, né?!

É que no terreno do CEI, existe a plantação de vários alimentos onde todos contribuem com o processo de plantio e cultivo, tais como: abacate, acerola, banana e abóbora. “Alunos que já nem frequentam mais esta unidade voltam só para ajudar a cuidar dessas plantações, eles ficam muito comprometidos”, diz a diretora Márcia.

Sobre o Prêmio Educação Além do Prato

O Cural do Bentinho, receita preparada com abóbora pelo CEI João Bento de Carvalho DRE Itaquera, participou do prêmio na categoria pratos frios, e foi um dos vencedores. 

O Prêmio “Educação Além do Prato” teve como objetivo incentivar ações de mobilização das escolas que promovessem a melhoria de hábitos alimentares dos alunos das escolas municipais de São Paulo, a partir de 3 eixos: a valorização das merendeiras, a promoção da discussão sobre alimentação na comunidade educativa (alunos e suas famílias e educadores) e o engajamento de parceiros e concorrentes da alimentação no âmbito territorial da escola. 


Prêmio Educação Além do Prato: goo.gl/ptwJVb

Comissão do Prêmio no CEI João Bento de Carvalho – DRE Itaquera

Diretora: Marcia Almeida dos Santos Guarda Fulan
Assistente de Direção: Eliane da Silva Nascimento Veloso
Coordenadora Pedagógica: Adriana Aparecida dos Santos
Agente Escolar: Paloma Iemanjá Cintra Pinto
Merendeira: Ladir Elizabete Gerônimo Rodrigues
Aluno(a): Valentina Gabriela
Mãe: Izabela Cristina Aguiar Prata

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de professor escrevendo em lousa escolar

Prefeitura de SP abre cadastro para professores de Educação Infantil, Fundamental e Médio

Publicado em: 29/11/2021 5h38 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra um celular sendo segurado por uma pessoa e outra mostrando um cubo ao fundo. Abaixo, um fundo verde e bege com o texto

SME realiza 2ª Semana de Tecnologias com palestras e oficinas

Publicado em: 29/11/2021 4h44 - em SME/NTC/NEER

Banner Dezembro Migrante

Dezembro Migrante contará com lives formativas para educadores

Publicado em: 29/11/2021 2h43 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia da cantora Monica Salmaso usando chapéu de caipira

Estudantes e educadores são convidados a participar de workshop online com a cantora Mônica Salmaso

Publicado em: 29/11/2021 11h59 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra três meninos brincando em um brinquedo inflável e sendo molhados por um jato de água.
1 2 3 1.210