Notícias

Prefeitura inaugura na Zona Norte creche em homenagem a Emanoel Araújo, fundador do Museu Afro Brasil

Unidade tem capacidade para atender até 200 crianças, de 0 a 3 anos de idade em período integral

Publicado em: 23/01/2024 17h06 | Atualizado em: 23/01/2024
Cei Emanoel Araújo

A Prefeitura de São Paulo inaugurou nesta terça-feira (23) o Centro de Educação Infantil (CEI) Emanoel Alves de Araújo, na Zona Norte. Totalmente equipada para funcionar em período integral, a creche tem capacidade para atender até 200 crianças de 0 a 3 anos de idade. A unidade é a 17ª entregue pela gestão, das 45 previstas até o final deste ano. Com investimento de R$ 4,4 milhões, as obras foram gerenciadas pela Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras.

“Por trás de toda beleza e infraestrutura tem toda a questão da sustentabilidade. Temos feito muito isso, trabalhar as questões do meio ambiente, de sustentabilidade, combate ao racismo. A gente traz a essa inauguração todos os aspectos, a homenagem ao Emanoel, uma referência não só na nossa cidade, mas no mundo inteiro, além de entregar um equipamento tão importante para o desenvolvimento das nossas crianças”, disse o prefeito Ricardo Nunes.

Com 965,65m² de área construída, a creche tem berçários, salas de minigrupos, refeitório, cozinha, copa para bebês, lactário (espaço para higienização de mamadeiras e outros alimentos), almoxarifado, sala para os professores e banheiros com banho e troca e solário, local reservado para as crianças realizarem atividades ao ar livre.

“Essa é a 17ª unidade que entregamos e precisamos lembrar que pelo quarto ano consecutivo não temos crianças esperando por vagas em creches, tudo isso pelo trabalho incansável da nossa secretaria, dos nossos professores e educadores que têm a educação como prioridade”, secretário de Educação em exercício, Bruno Lopes.

Seguindo as diretrizes adotadas em todas as obras executadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (SIURB), bem como as normas de acessibilidade vigentes, a escola está equipada com elevador, rampas de acesso, corrimãos, sinalização em braile, playground e sanitários acessíveis, além de contar com equipamentos sustentáveis, como água de reuso e placas solares para aquecimento da água utilizada nos banheiros.

“É um prazer estar aqui e poder entregar esse equipamento com quase 1000m² para a cidade, que ficou muito bonito, mas principalmente, que contém alguns itens de sustentabilidade e de acessibilidade, como células fotovoltaicas que fazem aquecimento de água, reutilização de água nas bacias sanitárias, parquinho para que as crianças com dificuldade de mobilidade também possam utilizar, enfim, são itens que buscam juntar todos, professores e alunos, para que a gente possa dar uma educação melhor para nossas crianças”, destacou o secretário municipal de Infraestrutura e Obras, Marcos Monteiro.

Desde o ano passado foram inauguradas outras 16 unidades de Educação Infantil, sendo 13 Centros de Educação Infantil (CEIs) e 3 Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs), localizadas nas regiões de Butantã, Campo Limpo, Capela do Socorro, Guaianases, São Mateus, Jaçanã/Tremembé, Ipiranga e Pirituba.

Emanoel Araújo
A nova creche homenageia o artista plástico e museólogo, Emanoel Araújo, falecido em 2022. Emanoel foi fundador do Museu AfroBrasil e um importante nome cuja arte explorava a herança africana na cultura brasileira.

“A cidade de São Paulo tem um currículo antirracista desde a educação infantil, porque é só trabalhando com o antirracismo que teremos uma sociedade melhor. Não dá apenas para dizer que somos contra o racismo e o nosso querido Emanuel Alves de Araújo desde sempre lutou para que a gente pudesse entender o que a África representa no Brasil, como um grande artista visionário, uma pessoa que deixou um legado com tantos ensinamentos, que é o Museu Afro Brasil”, lembrou Bruno Lopes.

Nascido na cidade de Santo Amaro da Purificação (BA), Emanoel também foi escultor, desenhista, ilustrador, figurinista, gravador, cenógrafo, pintor, curador e museólogo.

“Emanuel Alves de Araújo é um herói de todos nós. Um herói que acreditou na possibilidade de realização pessoal pelo conhecimento. Um herói que acreditou na sua potência e na sua capacidade, mesmo com todas as adversidades, inclusive a de raça, passou a diante, não ficou pelo caminho e transformou seu sonho em uma grande realidade. Convido todos que vão usar esse equipamento tenham essa capacidade imaginativa, também tenha essa disposição de construir, realizar e superar”, destacou o reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente.

 

Notícias Mais Recentes

1 2 3 4 5 1.440