Notícias

Prefeitura de SP fará consulta com professores da rede municipal sobre uso de tecnologia digitais

Informações serão usadas para construir metodologia e embasar programa de formação em fluência digital para educadores

Publicado em: 31/05/2021 6h00 | Atualizado em: 31/05/2021
foto de pessoa usando um computador

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME), fará a partir desta segunda-feira (31) até o dia 9 de junho, uma consulta com os 70 mil professores da rede municipal que atuam na sala de aula sobre sua experiência nas atividades remotas e uso de ferramentas tecnológicas.

O trabalho de sondagem é resultado de uma cooperação técnica entre a SME e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). O formulário com as questões ficará disponível no portal da SME (https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br). Para acessar a consulta, é necessário estar logado com o e-mail institucional  @edu.sme.prefeitura.sp.gov.br.

Acesse o formulário da sondagem diagnóstica. 

A pesquisa será feita pela Foreducation Edtech, empresa responsável pela implantação da plataforma Google for Education na rede municipal de São Paulo. A sondagem diagnóstica tem o objetivo de compreender a autopercepção dos professores sobre sua experiência nas aulas remotas e o uso de tecnologias digitais no ano passado.

As informações coletadas serão usadas para a construção de uma metodologia que leve em conta a realidade e as necessidades mais urgentes dos profissionais da educação, em um programa de formação em fluência digital dos educadores da rede pública paulistana. Também ajudarão a Secretaria a traçar as próximas fases do processo educacional no município.

“Com a perspectiva de que o uso das tecnologias veio para ficar, mesmo após a pandemia, a Prefeitura de São Paulo e a Secretaria de Educação querem apoiar os professores para que possam ter os melhores resultados no processo educacional e garantir aos alunos o melhor desenvolvimento possível dentro dos novos parâmetros que se apresentam”, diz o secretário municipal de Educação, Fernando Padula.

Eduardo Gomide, Diretor Executivo da Foreducation EdTech, afirma que “é um enorme orgulho poder contribuir com os estudos para criação de uma metodologia que leve em consideração as percepções dos educadores.” “Isso é inédito, e será um grande diferencial”, diz Gomide.

Tablets e material impresso

Com a suspensão das aulas presenciais em razão da pandemia do coronavírus, a SME disponibilizou formas alternativas de estudo para os alunos da rede pública, entre elas o Programa Trilhas para a Aprendizagem e a utilização de ferramentas digitais como o Google Sala de Aula.

Neste momento, os números de utilização das alternativas propostas são bastante robustos. O “Trilhas”, material impresso disponibilizado para 100% dos alunos da rede, já está em sua segunda edição. Além disso, já foram distribuídos 100 mil tablets para os alunos da rede municipal.

Éktor Passini, diretor responsável pelo projeto Google for Education na rede paulistana, salienta que os números de utilização das ferramentas digitais também são significativos. “Em 13 meses de utilização, já são mais de 100 milhões de arquivos totalizando mais de 700TB armazenados nos “drives” do projeto, com 99,8% dos professores com suas contas institucionais ativas, que fazem aproximadamente 129 mil postagens diárias em mais de 132 mil turmas ativas do Google Classroom.”

Para a coordenadora do setor de Educação da Unesco no Brasil, Rebeca Otero, a iniciativa da Prefeitura de São Paulo é muito importante. “Escutar os profissionais de educação é fundamental para a concepção de uma metodologia contextualizada com as suas necessidades pedagógicas neste momento de pandemia e também para o planejamento do pós-pandemia”.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Estudante faz avaliação utilizando um tablet

Provinha e Prova São Paulo são aplicadas pela primeira vez no formato 100% digital

Publicado em: 22/11/2021 10h32 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de leitura antirracista

Educação antirracista e inclusiva são premissas do Currículo da Cidade

Publicado em: 20/11/2021 8h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudante de camiseta azul, máscara preta, está escrevendo com um lápis em um caderno.

Inscrições para vagas no Ensino Médio das Escolas Municipais estão abertas

Publicado em: 19/11/2021 6h17 - em Secretaria Municipal de Educação

Notícia (11)

MIS abre inscrições para cursos de telenovela e comunicação

Publicado em: 19/11/2021 4h54 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de professora atendendo um garoto em sua mesa. Todos usam máscara facial.

Educação tem autorização para abrir novo concurso público

Publicado em: 19/11/2021 2h31 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 6 1.211