Notícias

Plateia SME – edição de 23 de março

Contemplados

Publicado em: 28/03/2016 11h14 | Atualizado em: 04/12/2020

plateia grande.jpg

Confira lista dos contemplados.

O SEMEADOR

Este texto traz, de maneira intensa, uma alegoria da realidade vivida por cada um de nós. Na busca por um tema verossímil, que levasse o público a uma reflexão do atual momento em que vive a humanidade no que diz respeito à educação, valores sociais, choque de gerações, abandono e dissolução familiar, Gabriel Chalita apresenta a peça O Semeador, que traz as visões de dois professores de gerações diferentes sobre como encarar a vida e suas dificuldades.

Chalita afirma ser grato por ter abraçado o ofício de professor. “Esta peça nasceu do desejo de partilhar o que aprendi com os meus professores e com a minha profissão nas salas de aula em que tenho a oportunidade de estar. Uma homenagem aos professores. Uma homenagem à prosa dos que se permitem prosear, ao enlaçar das mãos, ao caminhar juntos”, conclui o autor.

Com esta peça, o diretor Hudson Glauber tem a intenção de resgatar valores do ser-humano, que se perderam ou estão se perdendo ao longo do tempo por conta do mundo em que vivemos. “A peça aborda a solidão e como ela pode ser superada, trazendo um sopro de esperança jornada adentro.” Com os atores Flavio Galvão e Antonio Motta.

Classificação: 12 anos
Gênero: Drama
Duração: 70 min.

Data: 25 de março, sexta às 21h30 
Data: 26 de março, sexta às 21h30 
Data: 27 de março, domingo às 18h00 

Local: Teatro MuBE Nova Cultural
Endereço: Rua Alemanha, 221 – Jardim Europa
Empresa Parceira: Desembuxa Entretenimento
Obs.: 02 ingressos por inscrito

TUDO NO SEU TEMPO

A trama se passa em um futuro próximo, mais precisamente em 2036, quando uma jovem – garota de programa – tenta salvar sua vida, fugindo de um psicopata pela porta de uma dispensa que, surpreendentemente, a leva ao mesmo local, porém 20 anos no passado, em 2016. Perseguida no passado e no presente, ela tem a chance de salvar sua vida, bem como a de duas outras mulheres envolvidas na história. Inédito no Brasil, o texto, inspirado em filmes como De Volta Para o Futuro (de Robert Zemeckis) e Psicose (de Alfred Hitchcock), é um dos maiores sucessos de Ayckbourn, premiado em diversas partes do mundo.

Elenco: Cynthia Falabella, Joca Andreazza, Fernanda Couto, Gustavo Trestini, Bete Correia e Edu Guimarães.

Classificação: 14 ANOS
Gênero: thriller policial

Data: 25 de março, sexta-feira, às 21h30 
Data: 26 de março, sábado, às 21h00 
Data: 27 de março, domingo, às 19h00 

Duração: 105 min.
Local: TEATRO JARAGUÁ – Novotel Jaraguá
Endereço: Rua Martins Fontes, 71 –Bela Vista – São Paulo
Produção: Geradora Teatral
Empresa Parceira: Mamberti Produções
Obs: 02 ingressos por inscrito

EU TENHO TUDO

Um homem ensandecido, ferido de ódio mortal, tem um suposto encontro com um outro numa estação de trem. Contra esse outro – que é suposto por jamais se revelar ao público como uma identidade ou como um rosto – o protagonista dispara imprecações e xingamentos, numa espécie de histeria incessante, como a mais pura expressão de uma pulsão de morte. A montagem traz, pela primeira vez ao Brasil, uma obra do argelino Thierry Illouz.

Classificação: 16 ANOS
Gênero: Monólogo

Data: 25 de março, sexta-feira, às 21h00 
Data: 26 de março, sábado, às 21h00 
Data: 27 de março, domingo, às 19h00  

Duração: 75 min.
Local: Espaço VIGA CÊNICO
Endereço: Rua Capote Valente, 1323 – Sumaré (ao lado do Metrô Sumaré) – São Paulo
Obs: 02 ingressos por inscrito

GALILEU GALILEI

Na trama, o cientista Galileu (interpretado por Denise Fraga) passa a defender e propagar a ideia de que o Sol é o centro do Universo e a Terra se move e gira em torno dele, enfrentando o posicionamento contrário da Igreja. Na Itália do século XVII, o apaixonado estudioso torna-se uma ameaça a quem não aceita os fatos e, logo, cai nas garras da Santa Inquisição. Em tempos de radicalismos, ânimos exaltados e conservadorismo em alta, Brecht mais uma vez deverá deixar uma saudável pulga atrás da orelha dos espectadores.

Duração: 150 MINUTOS
Classificação: 12 ANOS
Gênero: Comédia

Data: 25 de março, sexta, às 21h00 
Data: 27 de março, domingo, às 19h00

Local: TEATRO TUCA
Endereço: Rua Monte Alegre, 1024
Empresa Parceira: Nia Produções
Obs.: 02 ingressos por inscrito


CINDERELLA – O MUSICAL

Quem nunca sonhou com um príncipe encantado? Esse é um desejo universal e deu origem a uma série de contos de fadas que se perpetuam de geração em geração. Nenhum deles, contudo, é mais famoso do que Cinderella, a gata borralheira que se transforma em princesa por um dia e encontra seu grande amor graças ao sapatinho de cristal perdido. E assim são felizes para sempre! Essa célebre história de amor ganhou uma versão musical para a TV, em 1957, com canções de Richard Rodgers e Oscar Hammerstein e chegou à Broadway em 2013. Um musical clássico, mas com características particulares. Charles Möeller chama a atenção, por exemplo, para a forte presença de Shakespeare no espetáculo: “O Príncipe, logo em sua primeira canção, coloca em dúvida se tem ou não vocação para ser rei. Uma forte presença do ‘ser ou não ser’ do Hamlet”. Para o diretor, “há também um olhar diferente para a mulher – nos anos 50, era ela a própria dona do seu lar, seu único espaço de ação. Em ‘Cinderella’, a protagonista entende as ideias de igualdade entre os cidadãos e as repassa para o Príncipe, enquanto dança com ele durante o baile”.

Para o papel-título, a escolhida foi Bianca Tadini, selecionada entre mais de 500 candidatas. Totia Meirelles como a madrasta e Sabrina Korgut interpretando a fada madrinha, a montagem ficará em cartaz no Teatro Alfa.

Classificação: Livre
Gênero: MUSICAL

Data: 25 de março, sexta-feira, às 21h00 

Duração: 150 min.
Local: TEATRO ALFA.
Endereço: R. Bento Branco de Andrade Filho, 722 – Santo Amaro
Empresa Parceira: Teatro Alfa
Obs: 02 Ingressos por inscrito

ESTÚPIDO CUPIDO

Exibida há quatro décadas, a novela “Estúpido Cupido” surfava em um saudosismo de memória recente. Escrita por Mario Prata, a trama enfocava a juventude transviada do início dos anos 60 em uma cidade do interior de São Paulo. A barra da ditadura ainda não pesava, então o que importava era curtir um leve rock’n’roll, batalhar para derrubar alguns tabus e sonhar, por exemplo, em vencer o concurso de Miss Brasil. Essa era ambição da jovem Maria Tereza, a Tetê, personagem que popularizou a atriz Françoise Forton e é lembrado até hoje por muitos telespectadores.

O texto de Flavio Marinho ganhou direção de Gilberto Gawronski, Em meio a vinte músicas, como “Banho de Lua”, “Lacinhos Cor de Rosa”, “Juntinhos” e “Broto Legal”, a história gira em torno de Tetê (papel de Françoise), que, no passado, venceu um concurso de beleza, virou atriz famosa e, hoje, apresenta o programa “Sossega”. Convencida por uma amiga (vivida por Clarisse Derzié Luz), ela vai a um reencontro da turma de colégio, uma festa com músicas e figurinos dos anos 60 e 70, e lá tem a chance de encarar com maturidade a perda da inocência juvenil. A Tetê da novela não é a mesma representada no musical, mas o espetáculo propõe uma brincadeira com o tempo e projeta como poderia ter sido o futuro da moça. Além da peça, Françoise também abre a exposição “A Incansável Guerreira da Arte”, que repassa imagens dos principais momentos de sua trajetória na televisão, teatro e cinema. Este musical é em comemoração aos cinquenta anos de carreira da atriz Françoise Forton e a montagem ainda traz no elenco Luciano Szafir, Clarisse Derzié Luz, Renato Rabelo, Sheila Matos, Carla Diaz e Luísa Viotti, entre outros.

Classificação: 12 ANOS
Gênero: Romance

Data: 25 de março, sexta-feira, às 19h00 
Data: 26 de março, sábado, às 21h00
Data: 27 de março, domingo, às 18h30 

Duração: 90 minutos
Local: TEATRO GAZETA
Endereço: Av. Paulista, 900 – Bela Vista
Empresa Parceira: Criola Produções
Obs.: 02 ingressos por inscrito

COM AMOR, BRIGITTE

A atriz francesa Brigitte Bardot veio ao Brasil nos anos 60 e sua visita à Búzios ficou internacionalmente conhecida. O que pouca gente sabe é que antes de chegar ao balneário, a atriz teve de ficar quatro dias reclusa em um apartamento no Rio de Janeiro para fugir do intenso assédio da imprensa e dos fãs, que a aguardavam já na pista do aeroporto do Galeão. Nos anos 60, Brigitte Bardot era considerada um ícone da beleza, da sensualidade e da moda. Ditava, junto com outros artistas, o comportamento daquela época. No entanto, ela não conseguiu carregar o peso dessa alcunha e se retirou do show business, muito em função da obsessiva ação da mídia que devassava sua vida pessoal.

No texto de Franz Keppler, encomendado por Bruna e Fabio, o episódio foi transportado para o apartamento de um camareiro de hotel para onde ela foge depois de uma conturbada passagem pelo Copacabana Palace. O encontro inusitado entre dois mundos completamente diferentes – e ao mesmo tempo tão iguais – é o mote da narrativa. O personagem masculino da peça também tem como função questionar Brigitte sobre o endeusamento de artistas e celebridades, criando assim um panorama para que pensemos: “Por que você é mais do que eu?” Como valorar uma pessoa e considerá-la mais importante do que outras?

Recomendação: 16 anos
Gênero: comédia dramática

Data: 26 de março, sábado, às 21h00 
Data: 27 de março, domingo, às 19h00 

Local: Teatro do MASP – Pequeno Auditório
Endereço: Avenida Paulista, 1578
Realização: Morente Forte
Obs: 02 ingressos por inscrito

E PARA AS CRIANÇAS…

PLATEINHA

CHAPEUZINHO VERMELHO

A peça conta as aventuras de Chapeuzinho Vermelho, uma menina ingênua e curiosa que é enganada por um lobo encantador, interessado em fazer dela seu jantar. André Abujamra perfuma a peça, com trilha sonora especialmente composta para a montagem. Nessa versão de “Chapeuzinho Vermelho”, a música funciona como uma ambientação e conta a história como um texto implícito, criando climas de leveza ou de tensão, por exemplo. Já a interpretação dos atores é concebida de maneira inovadora, com riqueza de gestos e ausência de falas. “Percebo a necessidade de comunicar de maneira mais sintética. As crianças falam muitas coisas com menos palavras e têm uma reação muito rápida à música. Por isso nessa peça a fala não é necessária. A criança entende a história com os climas que a música gera” explica o diretor Eduardo Leão.

Classificação: 3 anos
Gênero: Infantil

Data: 26 de março, sábado, às 16h00 
Data: 27 de março, domingo, às 16h00 

Duração: 40 min.
Local: TEATRO FOLHA – Shopping Higienópolis
Endereço: Av. Higienópolis, 618 – Terraço – Tel. 3823-2323
Produção: Conteúdo Teatral
Empresa Parceira: CONTEÚDO TEATRAL
Obs: 03 ingressos por inscrito

SIMBAD, O NAVEGANTE – A PARTIR DAS “MIL E UMA NOITES”

‘Simbad, o Navegante” é o quarto espetáculo para crianças do Circo Mínimo. Eleito pelo Jornal o Estado de São Paulo como o Melhor Espetáculo Infantil de 2015 e pelo Jornal Folha de São Paulo como o segundo melhor espetáculo infantil do ano. “Simbad, o Navegante” também ganhou o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (antigo FEMSA) em 4 categorias: Melhor Espetáculo Infantil, Melhor Ator, para Ronaldo Aguiar, Melhor Iluminação, para Wagner Freire e Melhor Direção, para Carla Candiotto.

“Simbad, o Navegante”, é uma adaptação da história clássica das Mil e uma noites. Imagens poéticas e engraçadas são a base da história das sete viagens de Simbad. Contada com um cenário todo formado por bambus. Dois atores criam mundos, ilhas, barcos, baleias, pássaros gigantescos, tempestades e perigos, manipulando estruturas de bambus que dão suporte para as acrobacias.

Duração: 60 minutos
Classificação: livre
Gênero: infantil

Data: 26 de março, sábado, às 16h00 
Data: 27 de março, domingo, às 16h00 

Local: Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318. Barra Funda
Empresa Parceira: Manhas e Manias
Obs: 03 ingressos por inscrito

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 4 5 1.211