Notícias

Participantes de Academias Estudantis de Letras se encontram com Walcyr Carrasco

Aproximadamente 350 alunos, de oito Academias Estudantis de Letras, tiveram a oportunidade de conhecer o escritor

Publicado em: 16/11/2017 15h49 | Atualizado em: 30/11/2020
Participantes_Academias_Estudantis_Letras_encontram_Walcyr_Carrasco_740_x_430.jpg

Na fria tarde da última quinta, 28 de setembro, cerca de 350 estudantes que integram as Academias Estudantis de Letras (AEL) de oito unidades da Rede Municipal de Ensino (RME) tiveram a oportunidade de conhecer o escritor Walcyr Carrasco, numa cerimônia denominada “Hoje é dia de Walcyr”.

“Anualmente, a AEL presta homenagem a um escritor contemporâneo, que seja uma referência na literatura brasileira, para ser explorado nos cursos e eventos do ano, dentro da dinâmica das ações planejadas no projeto”, explica Sueli Gonçalves, precursora da AEL na Rede. “Neste ano, o tema escolhido foi ‘Literatura Dramática’”, concluiu.

Durante os cursos de formação e acompanhamento, as equipes da AEL e da Secretaria Municipal de Educação (SME) chegaram à escolha do nome de Walcyr Carrasco, patrono de duas Academias já instituídas na Rede, para receber a homenagem durante o evento, que está em sua segunda edição. Em 2016, a homenageada foi a escritora Lygia Fagundes Telles.

“Pra gente é uma felicidade muito grande saber que vocês podem estar aqui celebrando um dos nossos maiores escritores”, disse o presidente da Academia Paulista de Letras, Gabriel Chalita, durante a abertura do evento. “Walcyr Carrasco é um dos maiores homens da história da televisão brasileira, atuando hoje em minisséries, novelas, mas ele é um homem da literatura infantil, da literatura infanto-juvenil”, completou.

Na sequência, aconteceram as apresentações das AELs presentes. Destaque para a participação da AEL Walcyr Carrasco, da EMEF Danylo José Fernandes, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Itaquera, que abriu as apresentações com a encenação “Entre os sussurros e a palavra não dita”, com base em obras de Walcyr, e a da EMEF Prof. Antônio Davilla, da DRE Guaianases, que encerrou as apresentações com a livre adaptação da novela “O Cravo e a Rosa”, também de autoria do escritor.

Visivelmente emocionado, Carrasco agradeceu a homenagem, enfatizando a pesquisa prévia, feita pelos estudantes, que abarcou parte de sua obra. “Isso, para um escritor, é muito significativo, porque nos toca profundamente. Eu passei minha vida escrevendo para vocês. Agradeço profundamente, de coração, essa homenagem” disse Walcyr.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

SME promove o curso “Cuidar e Educar”

SME promove o curso “Cuidar e Educar”

Publicado em: 01/04/2016 3h51 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

III Seminário Leituraço na RME

III Seminário Leituraço na RME

Publicado em: 01/04/2016 3h50 - em Educação Infantil

Literatura e Educação para as relações étnico-raciais

Literatura e Educação para as relações étnico-raciais

Publicado em: 01/04/2016 2h15 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Interfaces da vida escolar com a saúde mental

Interfaces da vida escolar com a saúde mental

Publicado em: 01/04/2016 12h44 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Plateia SME - edição de 20 de abril

Plateia SME – edição de 30 de março

Publicado em: 01/04/2016 12h03 - em CEU e COCEU

1 1.295 1.296 1.297 1.298 1.299 1.459