Notícias

Jogos Estudantis de Xadrez por equipe na DRE Capela do Socorro

Cerca de 800 estudantes de 23 Unidades Educacionais participaram dos jogos

Publicado em: 31/08/2017 14h08 | Atualizado em: 30/11/2020

xadrez_dre_capela_740_X_430.jpg

Ocorreu nos dias 24 e 25 de agosto a etapa da Diretoria Regional de Educação (DRE) Capela do Socorro dos Jogos Estudantis de Xadrez por Equipes. Com a presença de cerca de 800 estudantes de 23 Unidades Educacionais, o evento tomou conta do Ginásio do SESC Interlagos.

A competição foi dividida em 10 categorias, de acordo com a idade e gênero. Havia, também, categorias feminina e absoluto. “Isso demonstra que o xadrez não se trata de jogo de menina ou menino, mas sim de um jogo de pessoas dispostas a um duelo de raciocínio”, declarou a professora Márcia, da EMEF Geny Maria.

Cada jogador deveria realizar sua partida dentro de um tempo pré-determinado, no caso, 15 minutos. Para isso, não poderiam demorar muito em cada lance. “Isso me dá muito medo, porque posso ser melhor que meu adversário, mas se meu tempo acabar, perco a partida”, explica o estudante Lucas Santana, da EMEF Aldina Anália.

A concentração e o raciocínio eram elevados a níveis extremos. O alívio com a vitória era demonstrado com suspiros longos e suaves, enquanto a decepção com a derrota deveria ser rapidamente contornada, pois outra rodada viria em breve. O sistema de disputa, chamado de suíço, permite com que cada equipe participe do mesmo número de rodadas das demais, diferente de alguns torneios onde quem perde é eliminado.

Cada equipe era formada por quatro jogadores, que enfrentavam outros quatro da escola adversária. Quem vencesse mais tabuleiros, saia com a vitória. Por exemplo, se a equipe A vencesse três partidas e perdesse uma, o placar final seria 3 a 1 para a equipe A. “Isso faz com que um jogador precise do outro. Na escola, eles se ajudam e estudam juntos, pois é para o bem de toda a equipe”, declarou Marcos Renato Cezar, professor da EMEF Aldina Anália e representante da DICEU da DRE Capela do Socorro.

A arbitragem foi comandada pelo Árbitro Internacional Estevão Tavares Neto, que contou com o auxílio de outros sete árbitros em cada dia. “O evento correu da maneira mais tranquila possível, sem interferências mais graves e sem a necessidade de intervenções de minha parte”, elogiou Estevão.

Ao final, os resultados foram divulgados, e a festa ficou para a EMEF Aldina Anália, que, com 155 pontos, tornou-se bicampeã do evento, vencendo as categorias sub 8 feminino, sub 10 feminino e absoluto, sub 12 feminino e sub 14 feminino, e ficando em 2º lugar em outras 3 categorias: sub 12 absoluto, sub 16 absoluto e feminino. A segunda colocada foi a EMEF Geny Pussinelli, que venceu as categorias sub 12 e 14 absoluto. O troféu de bronze foi para a EMEF Carlos Francisco, seguido em pela EMEF Vargem Grande, em 4º lugar, e a EMEF Teodomiro Piza, em 5º.

O evento contou com a presença do Dirigente Regional de Educação da DRE Capela do Socorro, Marivaldo dos Santos Souza, além dos supervisores de ensino César Augusto do Nascimento e Silvia Aparecida Reinke.

As escolas agora se preparam para a Final Municipal de Xadrez por Equipes, que reunirão, em setembro, as equipes campeãs e vice-campeãs de cada categoria das 13 DREs do município de São Paulo.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212