Notícias

III Seminário do Programa Na Mesma Mesa

Ação proporcionou o envolvimento entre nutricionistas, Supervisores Escolares e equipes das DREs.

Publicado em: 11/03/2016 15h03 | Atualizado em: 04/05/2021

mesma_mesa_740_x_430.jpg

Ocorreu na última quinta-feira, 10 de março, no Campus Vergueiro da Universidade Nove de Julho, o III Seminário do Programa Na Mesma Mesa. A ação reuniu cerca de 300 pessoas e teve como foco o envolvimento dos nutricionistas da Coordenadoria de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação com Supervisores Escolares e equipes das Diretorias Regionais de Educação (DRE) no desenvolvimento do programa.

O Programa Na Mesma Mesa foi iniciado em 2015 e envolveu cerca de dois mil educadores, das Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI) e Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF). O programa prevê ações de fortalecimento de vínculos entre alunos e educadores e a construção de hábitos saudáveis de alimentação.

A mesa de abertura do evento contou com a participação da Profa. Emília Cipriano, Secretária Municipal de Educação de São Paulo Adjunta, Claudia Lopes Macedo, Coordenadora da Coordenadoria de Alimentação Escolar da SME, Fátima Antônio, Diretora da Coordenadoria Pedagógica (COPED) da SME e Erica Fischer, representando a Coordenadora do Programa São Paulo Carinhosa, Ana Estela Haddad.

“Há muito tempo nós gostaríamos de ter a possibilidade de ter um diálogo conjunto com as equipes de supervisão escolar. Nós entendemos a alimentação como um campo muito amplo de atuação e desde sempre nós a imaginamos como um novo espaço de aprendizado para os alunos”, disse a Claudia Macedo.

Para a diretora da COPED, o programa tem relevância nas unidades escolares devido ao fato dele ter nascido a partir da escuta com a da própria RME, nos Diálogos com a Rede, que aconteceram em todas as DREs, durante o ano passado. “A partir daí nos costuramos e trabalhamos numa perspectiva que ele fosse exatamente assim, um programa curricular também”, completou Fátima.

Para a Secretária Adjunta, o trabalho dos supervisores com as unidades escolares é de extrema importância para o sucesso do programa, pois envolve uma nova organização da escola do currículo. “Hoje discutimos um novo paradigma de alimentação. Na cultura atual ela tem sido discutida por diferentes campos do conhecimento – sociologia, filosofia, antropologia e em especial pela neurociência. A neurociência faz estudos profundos do impacto que a alimentação tem na construção da cognição”, ressaltou a Secretária.

Além da fala dos presentes à mesa inicial, o evento contou com a fala do representante do Grupo de Trabalho do programa, Emerson Lemos, que explanou sobre o histórico do programa na RME. Em seguida, a Nutricionista da Coordenadoria de Alimentação Escolar, Fernanda Menezes, falou sobre obesidade infantil e a importância da escola estimular hábitos alimentares saudáveis. Ela ressaltou que o não oferecimento das refeições em horários regrados pode causar impactos negativos na saúde das crianças.

Ao final, ocorreu a apresentação do Guia Alimentar Brasileiro, feita pela pesquisadora Maria Laura da Costa Louzada.

Confira a galeria de imagens.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra três meninos brincando em um brinquedo inflável e sendo molhados por um jato de água.
Estudante é vacinada em escola municipal

Saúde inicia vacinação de adolescentes em escolas da rede pública de SP

Publicado em: 25/11/2021 5h23 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes e professores em atividade na EMEF Amorim Lima

Estudantes da EMEF Amorim Lima realizam exposição sobre poluição luminosa

Publicado em: 24/11/2021 4h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Professora de ensino fundamental em sala de aula

SME vai contratar 6.889 professores para diversas funções

Publicado em: 24/11/2021 2h15 - em Secretaria Municipal de Educação

banner de divulgação da VI Jornada Pedagógica

Profissionais da Educação Infantil participam da VI Jornada Pedagógica

Publicado em: 24/11/2021 11h39 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.210