Notícias

Estudantes da Rede Municipal de São Paulo se destacam nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP)

As escolas desenvolvem projetos com modalidades esportivas e estimulam o potencial das crianças e adolescentes

Publicado em: 03/06/2024 16h58 | Atualizado em: 03/06/2024
Estudante negro sorrindo, segurando sua medalha de ouro. Ele usa camiseta roxa e boné.

As escolas da Rede Municipal de Ensino da capital paulista estão participando dos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP) em diversas modalidades como atletismo e voleibol. As unidades desenvolvem projetos com esporte e estimulam o potencial dos estudantes. A iniciativa está alinhada à educação integral estimulando a prática de atividades físicas, além da oportunidade de desenvolver valores como trabalho em equipe, fair play, diálogo e muito mais. 

Os Jogos Escolares do Estado de São Paulo, organizados pela Secretaria de Esportes do Estado, têm como objetivo promover por meio da prática esportiva, a integração e o intercâmbio entre os estudantes das Unidades Escolares de Ensino Fundamental e Médio das Redes Estadual, Municipal e Particular, além das Escolas Técnicas Estaduais e Federais em todo Estado, favorecendo a descoberta de novos talentos esportivos, além de contribuir para a educação integral e o desenvolvimento de competências e habilidades.

São diversas modalidades coletivas e individuais femininas e masculinas, incluindo paralímpicas, entre elas: Basquetebol, Futsal, Handebol, Voleibol, Atletismo, Ciclismo, Badminton, Judô, Karatê, Natação, Ginástica Artística, Taekwondo, Triatlo e muito mais. As categorias são Sub 12 (Pré-mirim), 14 (Mirim), 17 (Infantil) e 18 (Juvenil). As competições são divididas em fases que incluem seletivas, final e finalíssima. Cada modalidade tem um cronograma e regulamento específicos. 

Voleibol

A EMEF Theo Dutra conseguiu se classificar para a final estadual que está prevista para acontecer em Águas de Lindóia, interior de São Paulo, no mês de agosto. O time masculino de Sub 14 conquistou o 1º lugar e o Sub 17 alcançou o 3º lugar na fase seletiva que aconteceu na capital paulista. A unidade disputou com outras escolas municipais, de ensino técnico e particulares do município. Na unidade, a prática esportiva já é uma tradição que atravessa gerações. Os professores de Ed. Física, Felipe Venâncio e Lucas Vargas, realizam projetos com esporte há mais de 15 anos.

Através de uma metodologia que estimula a autonomia, foco e trabalho em equipe, eles promovem treinos no contraturno escolar. O professor Felipe destaca também que nos horários de treinamento os estudantes também ficam longe do uso recreativo de tela e  conseguem focar na prática esportiva. “A gente vai separando eles nos níveis de aprendizagem motora. Desse modo eles vão se desenvolvendo e migrando entre os grupos. E também fizemos algumas atividades com eles todos juntos. A ideia é que eles se mantenham ativos. Aqui eles se divertem fazendo atividade física”, enfatizou. 

Atletismo

Na seletiva de atletismo que aconteceu em Campinas os estudantes da EMEF Theo Dutra e EMEF Dr. Hellio Tavares se destacaram e conseguiram se classificar para a próxima etapa. Na EMEF Theo Dutra competiram cerca de 40 estudantes nas provas de corrida, arremesso de peso, salto em altura e em distância. O estudante Nicolas Jerry da Conceição, que também é o capitão da equipe de vôlei, conquistou o 4º lugar no arremesso de peso sub 14.  Camilly Victoria Calheiros também conquistou a classificação na prova dos 800 metros rasos na categoria sub 17. 

A estudante Ellys Regina da Silva Dario, de 12 anos, participa do projeto de atletismo desde de 2022 na unidade. Com o apoio dos professores também se tornou atleta do Centro Olímpico. A jovem competiu no salto em altura e em distância. Ela relata que gosta muito da modalidade e que traz muitos benefícios para a sua vida, além de novas oportunidades para o futuro. “Eu me sinto bem e no momento fica só eu e eu. Então eu consigo focar bastante”, declarou. 

Já na EMEF Dr. Hellio Tavares dois estudantes representaram a unidade na modalidade de atletismo. A professora Leila Minson desenvolve projeto de modalidades esportivas no contraturno através do Programa Mais Educação. O aluno Davi de 14 anos competiu no salto em distância. A estudante Ana Cristina disputou a prova de arremesso de peso sub 17 e conquistou a classificação com o 4º. Desde o primeiro da jovem na unidade ela já demonstra habilidade e talento no esporte e com o apoio da prof. conseguiu ingressar no Clube Esperia onde também treina com a estudante Camilly da EMEF Theo Dutra.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.460