Notícias

Encerramento do Projeto Scholas Cidadania

Evento promove a participação e o compromisso cidadão a favor do bem comum

Publicado em: 31/10/2016 15h12 | Atualizado em: 30/11/2020
encerramento_do_projeto_scholas_cidadania_740_x_430.jpg

Na manhã da última sexta, 28, o Centro Educacional Unificado (CEU) Cidade Dutra, localizado na região de Interlagos, recebeu o evento de encerramento do Projeto Scholas Cidadania. Coordenado pelo Instituto Olga Kos, o projeto tem como objetivos impulsionar a cultura do encontro entre estudantes provindos de diferentes contextos, promover a participação e o compromisso cidadão a favor do bem comum, além de favorecer o pluralismo social, cultural e religioso, engajando os jovens em uma construção social.

Durante a semana de imersão, que aconteceu entre os dias 24 e 28 de outubro, os jovens participaram de uma série de atividades para identificar os problemas, eleger o que eles consideram prioritários e juntos buscarem as melhores soluções.

No último dia, representantes dos cerca de duzentos jovens participantes apresentaram um resumo das propostas que tiveram como eixos temáticos a Educação – Sistema Educacional e seus desafios na cidade de São Paulo e a Intolerância – racial, gênero, religião e social para a Vice-Prefeita e Secretária Municipal de Educação, Nádia Campeão, a Primeira-Dama e Coordenadora da São Paulo Carinhosa, Ana Estela Haddad, a Secretária Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Marianne Pinotti, e o Presidente do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, Wolf Kos.

Projeto Scholas Cidadania Brasil – Scholas Cidadania é um programa educativo para a formação de estudantes do nível médio, cursando o penúltimo ano, que pretende aproximá-los da sua realidade mais próxima através de um esquema que resgate a importância da participação e do compromisso social, cívico e político. Esse programa busca gerar um âmbito de aproximação às problemáticas cotidianas da comunidade de cada estudante, partindo de uma perspectiva construtiva, na qual o jovem participe mediante uma investigação e posterior apresentação de propostas e de soluções.

O Brasil é o 16º país a receber o programa, que já passou por Argentina, Haiti, Paraguai, Emirados Árabes Unidos, Espanha, Itália, Estados Unidos, Cuba, Índia, Filipinas, França, Egito, Austrália, Moçambique e Nigéria e já teve debatidos assuntos como deficiências no sistema educacional e de saúde, insegurança, gravidez precoce, bullying, discriminação, suicídio entre jovens, vício em drogas, homofobia e corrupção.

Sobre o Instituto Olga Kos – Fundado em 2007, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK) desenvolve projetos artísticos e esportivos para crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual e pessoas sem deficiência, que se encontram em situação de vulnerabilidade social e residem em regiões próximas aos locais onde as oficinas são realizadas.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso
Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra parte do corpo de duas pessoas. Uma está de camiseta cinza e segura em sua mão um termômetro apontado para o pulso da outra.

Programa “POT Volta às Aulas” da SME ganha prêmio do Tribunal de Contas de SP

Publicado em: 02/12/2021 4h55 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com mapa da cidade e meninas e meninos segurando equipamentos de comunicação como câmeras fotográficas, celulares e microfones.

Evento celebra 20 anos de Educomunicação na Rede Municipal de São Paulo

Publicado em: 02/12/2021 4h08 - em Secretaria Municipal de Educação

banner da Virada Esportiva 2021 - Movimente a vida

CEUs terão programação gratuita na Virada Esportiva

Publicado em: 01/12/2021 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212