Notícias

EMEFs recebem estagiários de nutrição para projetos de alimentação

André Vessoni, Bruna Cabral, Jessica Levy e Sofia Oliveira passaram dois meses interagindo e contribuindo com as unidades

Publicado em: 28/07/2017 16h04 | Atualizado em: 30/11/2020

Quatro alunos do 5º ano do curso de graduação em nutrição da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo acompanharam, em duplas, a execução do Programa de Alimentação na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Nelson Pimentel Queiroz, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Santo Amaro e na EMEF Prof. Antonio Carlos Rocha, da DRE Penha. O objetivo da ação foi promover a familiarização dos graduandos com a dinâmica escolar e propor formas de aperfeiçoar o atendimento do Programa.

Essa dinâmica faz parte do Programa de Estágio Curricular Integrado, uma das ações que compõem o Termo de Cooperação Técnica firmado entre a Faculdade de Saúde Pública e a Secretaria Municipal de Educação (SME) desde 2014. Os alunos selecionados vivenciam, por cerca de quatro meses, o cotidiano da gestão do Programa de Alimentação Escolar, desde os bastidores até a execução na escola e têm oportunidade de protagonizar, ao lado da gestão escolar, ideias inovadoras frente aos desafios identificados.



Após um diagnóstico na unidade educacional, os estagiários propuseram atividades envolvendo merendeiras, educadores, educandos e familiares com foco na temática da alimentação. Buscaram apoio externo a fim de estabelecer parcerias na condução de projetos especializados como, por exemplo, a implantação de horta escolar.

Atividades de socialização foram promovidas entre os funcionários e reforço das boas práticas de manipulação de alimentos e momentos de escuta foram realizados com as merendeiras. Os pais foram envolvidos e estimulados a dar continuidade às práticas saudáveis de alimentação em casa. Todas as atividades foram registradas para que os educadores pudessem se inspirar e aplicá-las em turmas futuras.

“O estágio possibilitou um grande crescimento tanto pessoal quanto profissional. O contato com as escolas possibilita momentos de reflexão sobre nossa atuação e visão do mundo”, avalia Sofia.



“Ao compartilhar as experiências e sugestões de atividades e revelar pontos críticos no funcionamento do Programa Alimentar Escolar, a contribuição desses jovens se estende a toda rede municipal de educação”, Agnes Hanashiro, Nutricionista da CODAE.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Criança incluindo terra em uma muda de árvore que está sendo plantada

Crianças de escolas municipais plantam árvores no Parque Augusta

Publicado em: 16/09/2022 12h02 - em Secretaria Municipal de Educação

quando com as cores amarela e roxo com o texto Circuito De Cultura Nos Ceus

CEUs recebem programação do Circuito Municipal de Cultura

Publicado em: 16/09/2022 11h21 - em Secretaria Municipal de Educação

Uniceu (3)

SME abre processo seletivo para coordenador de polo de apoio presencial da Rede Uniceu/UAB

Publicado em: 15/09/2022 2h54 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de quatro jogadores de futebol americano conversando com um grupo de estudantes e educadores na quadra coberta da escola.

Estudantes do ensino fundamental e médio jogam futebol americano com atletas do Corinthians

Publicado em: 15/09/2022 11h22 - em Secretaria Municipal de Educação

A foto mostra o pátio de uma escola em que acontece a apresentação teatral da Companhia Sopa de Comédia, com quatro personagens: o louva deus, a joaninha, a centopeia e o besouro. Dezenas de crianças sentadas assistem à peça, entretidas.

Escolas de cinco CEUs recebem peça de teatro em comemoração à Semana Nacional do Trânsito 

Publicado em: 14/09/2022 4h46 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.283