Notícias

EMEF em Itaquera utiliza Parque do Carmo como cenário pedagógico

Estudantes têm aulas no parque, possibilitando uma educação ambiental e valorização do território

Publicado em: 05/10/2022 14h40 | Atualizado em: 05/10/2022
Estudantes estão sentados em degraus no Parque do Carmo, eles estão atentos, olhando para frente, onde há uma mulher de pé que está explicando para eles.

Uma vez por mês a EMEF Sebastião Francisco O Negro, da DRE Itaquera, leva os estudantes dos 6°s anos para terem aula no Parque do Carmo. Esse projeto é uma das práticas de educação ambiental da escola, que promove também a valorização e senso de pertencimento dos estudantes com o local onde vivem.

O projeto foi idealizado pela professora de ciências Janaina Silva Coelho e é realizado em parceria com o coordenador pedagógico (CP) Junivan Rodrigues. Para essas saídas, os estudantes vão até a escola, tomam o café da manhã, depois caminham até o parque com a professora e o CP. Lá, fazem a aula e retornam para a escola, onde almoçam e são liberados no horário habitual.

Quando chegam no parque as turmas ficam livres e caminham por um espaço delimitado, podendo explorar o parque. O coordenador leva materiais de educação física para eles brincarem. Depois, no horário previamente combinado, todos se reúnem e a aula é iniciada. 

“Na EMEF acreditamos numa educação para além dos muros da escola e buscamos promover práticas de exploração do território”, mencionou Janaina Silva Coelho, professora idealizadora do projeto. Ela ainda disse que muitos desses alunos nunca tinham ido ao parque, apesar de morarem próximo dele. 

Entre os objetivos do projeto estão promover a educação ambiental e práticas esportivas no Parque do Carmo; valorizar atitudes que contribuam para a preservação do meio ambiente; reduzir conflitos e melhorar a convivência, entre outros. 

Na primeira aula do projeto, os estudantes fizeram entrevistas com frequentadores. Na próxima aprenderam sobre a história do parque com uma professora convidada; aula de práticas esportivas, com o CP, que também é educador físico; e aprenderam sobre Plantas Alimentícias Não convencionais (PANC’S) com um educador do SESC. 

“As crianças podem vivenciar na prática alguns conhecimentos que têm na sala de aula. O Parque do Carmo tem vários elementos da flora e fauna, o que faz com que o contato com o meio ambiente seja favorecido”, disse Junivan Rodrigues, o coordenador pedagógico da EMEF.

 

Abelhas, gincanas e cidadania

Estudantes estão em gramado no Parque do Carmo. No centro da foto, há dois meninos correndo e nas laterais estão outros estudantes sentados na grama.

Ao total são 60 estudantes participantes, dos dois 6°s anos da EMEF. Dentre as atividades previstas para os próximos meses estão uma aula sobre abelhas, gincanas no parque, aula de cidadania com a GCM. A próxima, que será agora em outubro, ocorre em parceria com um educador ambiental. As atividades para 2023 serão planejadas com os estudantes.

Essas aulas fora da sala de aula proporcionam diversos benefícios que foram refletidos dentro do ambiente escolar. A gestão da escola percebeu que essas turmas participantes do projeto tiveram um amadurecimento significativo.  

“A proposta é utilizar o parque como extensão da sala de aula, como ele fica próximo a nossa escola temos essa oportunidade e privilégio. Essas aulas trouxeram benefícios em diversos aspectos, demos a eles uma noção de responsabilidade, possibilitou melhor convivência e mostramos que confiamos neles”, finalizou o CP.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem com fundo azul e no canto superior esquerdo os dizeres

CEU Perus promove castração gratuita de cães e gatos

Publicado em: 14/05/2024 5h03 - em Secretaria Municipal de Educação

Figura com a lateral esquerda branca onde se lê Olimpíada Internacional Mathématiques 2024. Na lateral direita o fundo de lousa com várias contas matemáticas.

Estão abertas as inscrições para a Olimpíada Matemática Sem Fronteiras 

Publicado em: 14/05/2024 4h23 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo amarelo e roxo onde se lê 13ª Semana de Estudo e Leitura 2024 - Lei Municipal 14.999/09. Há também as figuras de duas pessoas segurando um livro aberto.
Bebeteca do CEU São Miguel

Secretaria Municipal de Educação entrega Bebeteca do CEU São Miguel 

Publicado em: 10/05/2024 6h04 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra construção de novo Centro Educacional Unificado (CEU).

Novas unidades educacionais em Parelheiros vão garantir mais 1,3 mil vagas na região

Publicado em: 10/05/2024 4h42 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.448