Notícias

EMEF Almirante Tamandaré promove festa junina para a comunidade

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem “Rádio Calafrio”, da EMEF Almirante Tamandaré

Publicado em: 04/07/2017 16h22 | Atualizado em: 30/11/2020

EMEF_Almirante_Tamandare_promove_festa_junina_comunidade_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem “Rádio Calafrio”, da EMEF Almirante Tamandaré

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Almirante Tamandaré, localizada no bairro da Vila Maria Alta, abriu as portas à comunidade para mais um grande encontro. A festa junina ocorreu no sábado, dia 24 de junho, das 10h às 17h, e contou com muitas comidas típicas, doces de dar água na boca, brincadeiras que fizeram a alegria da criançada (e de muito marmanjo), bingo com prêmios especiais, mercadinho com preços imbatíveis e, claro, muitas danças com as tradicionais quadrilhas.

Para a professora de Educação Física, Regina Nascimento, responsável pelas danças dos terceiros e quartos anos, “a festa foi maravilhosa, veio muita gente, os alunos dançaram muito bem, estavam bem animados e o pessoal gostou bastante!”.

Apesar do trabalho, a festança valeu a pena. “A festa junina já fazia parte da nossa proposta político-pedagógica e foi uma organização bem pautada nos princípios da escola, a divisão do trabalho, as propostas, os objetivos e o que cada um iria fazer. Foi uma organização que estava programada e, ao mesmo tempo, foi super prazerosa, um momento a mais de integração entre escola e comunidade”, explicou Simone Silva, coordenadora pedagógica da escola.

O correio elegante e a cadeia do amor divertiram ainda mais o público. A cada instante, um coraçãozinho era entregue ou alguém procurava pelo xerife para libertar o prisioneiro da cadeia. Outro aspecto importante é o destino da renda arrecadada que, segundo a diretora da escola, Vanessa Mesquita Machado, pode ser convertida para o Dia das Crianças, no mês de outubro e uma outra parte para a decoração da festa de formatura dos alunos do nono ano em 2018. Quem decidirá será o Conselho de Escola e a Associação de Pais e Mestres (APM).

Apresentaram-se também os alunos do Projeto de Percussão Alternativa. “Fizemos duas apresentações: uma com a música “Menina Moleca”, com o maracatu, e outra com a dança dos cocos com os segundos anos”, comentou Daniella Pires, professora responsável pelo Projeto.

A Imprensa Jovem Rádio Calafrio marcou presença com sua equipe realizando a cobertura jornalística com muita música desde o sol raiar! “A gente enfeitou todo o palco durante dois dias com muita alegria, mas não esperávamos que ia lotar tanto”, comentou Guilherme Eduardo dos Santos Lima, aluno do quinto ano e responsável pela mesa de som.

A comunidade também fez sua parte. No refeitório e quadra, praticamente lotados, não sobrou um docinho para contar a história. Eram camisas xadrez, chapéus de palha e vestidinhos caipiras para todos os lados. Em um ambiente alegre e acolhedor, as famílias também se reuniram no pátio e, claro, comendo as delícias do “arraiá”. “Eu gostei muito das danças e de ver as famílias sentadas conversando”, diz Marília de Cássia, assistente de direção.

Mas como tudo na vida, acabou-se o que era doce. Assim como o poema de Carlos Drummond de Andrade que diz: “E agora, José? A festa acabou. A luz apagou. O povo sumiu. A noite esfriou”, a festa do Tamandaré também chegou ao final, mas com um gostinho de quero mais.

Clique aqui e veja a galeria de fotos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

banner do II Seminário Memórias Arquivadas, as possibilidades dos arquivos para a pesquisa em História de Educação

II Seminário Memórias Arquivadas vai abordar pesquisas em História da Educação

Publicado em: 21/06/2022 5h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Whatsapp Image 2022 06 21 At 15.07.20

Estudantes da Rede Municipal passam por triagem oftalmológica pelo programa ‘Ver na Escola’

Publicado em: 21/06/2022 3h18 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de um rapaz, dos olhos para baixo. Ele está escrevendo em uma agenda. Ao fundo há um computador portátil e uma planta desfocados.

IFSP recebe inscrições para especialização em Educação Profissional e Tecnológica

Publicado em: 21/06/2022 2h18 - em Secretaria Municipal de Educação

Junho Migrante - diversos retratos de crianças com a imagem de um mapa do mundo

SME promove o Junho Migrante com rodas de conversa sobre migração

Publicado em: 21/06/2022 12h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia fragmentada mostra 3 pares de pés, todos com o pé esquerdo no chão e o direito pouco levantado. No tornozelo direito da pessoa que está no meio há uma tornozeleira para dança de origem indígena, as pessoas que estão nas extremidades têm uma tornozeleira feita de material reciclável.

SME reúne relatos de práticas pedagógicas sobre histórias e culturas indígenas

Publicado em: 20/06/2022 4h12 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.249