Notícias

AELs que queiram participar de homenagem a Conceição Evaristo devem se inscrever até quinta-feira (11)

Evento que acontece em agosto celebrará vida e obra da escritora

Publicado em: 03/05/2023 14h05 | Atualizado em: 04/05/2023

Fotografia com diversos estudantes fantasiados. O menino que está no meio segura um estandarte onde está bordado o rosto de Conceição Evaristo e o texto "AEL Conceição Evaristo - EMEF Professora Ana Maria Alves Benetti".
As Academias Estudantis de Letras (AELs) que queiram participar da homenagem à escritora Conceição Evaristo que ocorre em agosto, devem se inscrever até 11 de maio. 

O objetivo do “Hoje é dia de Conceição Evaristo”,  promovido anualmente pela AEL, é homenagear autoras e autores de nossa literatura ainda em vida. Em outros anos, já houve homenagem a Lygia Fagundes Telles, Walcyr Carrasco, Jô Soares, Ziraldo e Marina Colasanti.

“Além do valor literário de sua obra, Conceição Evaristo trouxe visibilidade à mulher negra no âmbito literário”, afirma Guilherme Cunha de Carvalho, coordenador do projeto AEL em SME.

A homenagem a Conceição Evaristo vem um momento no qual a rede lança, de forma impressa, o Currículo da Cidade: educação antirracista: orientações pedagógicas: povos afro-brasileiros.

Clique aqui e acesse as inscrições

Quem é Conceição Evaristo?

Maria da Conceição Evaristo de Brito nasceu em Belo Horizonte, em 1946. De origem humilde, migrou para o Rio de Janeiro na década de 1970.

Participante ativa dos movimentos de valorização da cultura negra em nosso país, estreou na literatura em 1990, quando passou a publicar seus contos e poemas na série Cadernos Negros. Em 2003, publicou o romance Ponciá

Vicêncio, pela Editora Mazza, de Belo Horizonte. O livro Olhos D’Água, lançado em 2014, foi finalista do Prêmio Jabuti na categoria “Contos e Crônicas”.

Para nomear seu procedimento narrativo, a autora criou o termo “escrevivências”, que mistura invenção e fato. “Escreviver” é contar, a partir de uma realidade particular, uma história que aponta para uma coletividade. Segundo ela, “o sujeito da literatura negra tem a sua existência marcada por sua relação e por sua cumplicidade com outros sujeitos. Temos um sujeito que, ao falar de si, fala dos outros e, ao falar dos outros, fala de si” (Conceição Evaristo em entrevista ao Brasil de Fato, 20/11/18).

Serviço:

Hoje é Dia de Conceição Evaristo

Data: 22/08/2023.

Horário: 14 horas.

Local: CEU Alvarenga (Estr. do Alvarenga, 3752 – Balneário São Francisco, São Paulo).

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de jovens em frente ao computador.

CEU São Mateus vai receber campeonatos de Free Fire e EA Sports FC 24

Publicado em: 21/02/2024 10h39 - em Secretaria Municipal de Educação

CEU Casa Blanca recebe o Festival Skate&Cores

CEU Casa Blanca recebe o Festival Skate&Cores

Publicado em: 21/02/2024 9h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de uma roda de contação de história com a professora e os estudantes em ambiente escolar.
Foto de um homem negro sorrindo de braços cruzados na frente de uma lousa com equações matemáticas.

SME divulga resultado da escolha de vagas feitas em formato informatizado

Publicado em: 20/02/2024 4h58 - em Secretaria Municipal de Educação

Mulher negra mexendo nos lápis e canetas com livros na mesa

Polos da UniCEU estão com inscrições abertas para curso de Pedagogia

Publicado em: 20/02/2024 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.425