Notícias

AEL Walcyr Carrasco recebe rapper Cocão Avoz 

Artista se apresentou junto com estudantes na EMEF Danylo José Fernandes

Publicado em: 25/03/2022 16h43 | Atualizado em: 28/03/2022
estudantes da AEL se apresentam para rapper Cocão Avoz
O rapper Cocão registra a apresentação da AEL Wacyr Carrasco

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Danylo José Fernandes, situada no bairro Cidade Líder, receberam a visita dos poetas e rappers Cocão Avoz e Bighetti Big na última quarta-feira (23). Na ocasião os artistas apresentaram alguns dos seus poemas e assistiram uma apresentação da Academia Estudantil de Letras (AEL) Walcyr Carrasco, que existe na unidade.

Os estudantes da AEL apresentaram um seminário sobre a biografia e obra do poeta. O objetivo da apresentação foi incentivar o gosto pela literatura e mostrar como a poesia pode surgir de fatos cotidianos, seja falando sobre o próprio bairro, seja mostrando as dificuldades do dia a dia. 

Ao longo das aulas, a professora Gicélia Ferreira de Souza, coordenadora da AEL na unidade, mostrou poemas e músicas de Cocão. No dia da visita, os acadêmicos Thiago Nestor e Bryan Ramalho apresentaram para a escola um seminário sobre a biografia de Cocão. Ao final, os acadêmicos declamaram um dos seus poemas, “Diarista”. Segundo a professora, “o poema retrata a rotina difícil que se estende a todas as mulheres trabalhadoras, que buscam o sustento da família e querem uma vida melhor”. 

Cocão respondeu perguntas feitas por estudantes. Entre outros fatos, contou que sua vida mudou quando Mano Brown, de Racionais MC, se interessou por um de seus poemas. Ao contar sobre o que o motiva, apontou para os estudantes e disse: “é isso que me motiva, passar a minha experiência e mostrar o que nós da periferia podemos fazer”. O Rapper fechou a apresentação cantando “A Diarista”. Ele deixou uma mensagem final aos estudantes: “a meta é ser melhor que ontem, não melhor que ninguém”. 

O artista foi convidado pela Assistente de Direção Mara Gabriella Martin, que frequenta o coletivo Sarau Cooperifa, o qual reúne artistas da periferia e desenvolve atividades culturais”. Ela citou como é importante que os estudantes tenham em quem se espelhar, já que a EMEF fica em um bairro também periférico, Itaquera. 

A diretora Flávia Roberta Porto Teófilo fechou o evento agradecendo aos estudantes e aos poetas, deixando também uma mensagem: “quem sonha junto, realiza”, mostrando que os estudantes de periferia podem alcançar os seus sonhos, se todos estiverem unidos. 

Para a coordenadora da Academia na EMEF, “retomar as apresentações depois destes dois anos de atividades remotas não seria fácil, mas a AEL nos propõe estes desafios que nos deixam sempre orgulhosos com o resultado”, afirma a professora Gicélia. 

 Quem é Cocão 

O poeta e rapper Cocão Avoz atua há 17 anos no coletivo “Sarau da Cooperifa”. Em 2019, lançou seu primeiro livro “Pra Não Dizer Que Não Falei Das Ruas”, com prefácio do poeta Sérgio Vaz e posfácio de KL Jay, DJ do grupo Racionais MC’s. O livro reúne seus poemas e raps, que tratam das lutas e dificuldades daqueles que vivem nas periferias. 

 Quem é Bighetti Big 

Poeta e rapper, Bighetti Big é um artista radicado na periferia de São Paulo. Lançou já diversas músicas que movimentaram a cena hip-hop e é reconhecido como um dos melhores técnicos de som da cena atual.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283