Notícias

Covid – 19: Famílias de São Paulo recebem 2º depósito do auxílio alimentação da Prefeitura

Valores estarão disponíveis a partir da primeira semana de maio para mais de 350 mil estudantes em situação de vulnerabilidade social

Publicado em: 04/05/2020 14h19 | Atualizado em: 20/01/2021

Imagem mostra aproximadamente cinco estudantes sentados na mesma mesa, um ao lado da outro se alimentado, um deles, um menino, está posando para foto e comendo.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), libera a partir desta segunda-feira (04) a segunda parcela dos cartões alimentação entregues a 273 mil estudantes em situação de vulnerabilidade social e beneficiários do Bolsa Família. Outros 80 mil alunos que atendem os critérios do Programa e não o recebem, poderão utilizar a primeira parcela do benefício. O investimento será de R$ 24 milhões ao mês, enquanto durar a situação de pandemia de Covid – 19 (Coronavírus).

Os valores depositados variam de acordo com a etapa escolar do estudante. As crianças matriculadas em Centros de Educação Infantil (CEIs) receberão R$ 101,00. Os alunos das Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs) terão R$ 63,00 e os estudantes do Ensino Fundamental R$ 55,00.

A entrega dos cartões foi realizada via Correios, porém, a falta de atualização de alguns cadastros dificultou a entrega dos cartões. Assim, desde a semana passada as escolas em que as crianças estão matriculadas receberam os cartões remanescentes. A direção das unidades está entrando em contato com os pais para que a retirada seja feita em horário marcado, evitando aglomerações.

Acesse a Carta de Serviços da Cidade de São Paulo neste link.

Redirecionamento de Alimentos

Desde o início de abril, a SME está redirecionando os alimentos estocados nas unidades escolares com validade para abril e maio e seriam utilizados no preparo da merenda escolar. Até o momento, cerca de 151 toneladas de mantimentos (perecíveis e não perecíveis) foram enviados para o Banco de Alimentos da cidade de São Paulo, vinculado à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, e também para os 38 Centros de Acolhimento da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) que possuem cozinhas para o preparo das refeições.

Durante o período letivo são oferecidas diariamente cerca de 2,5 milhões de refeições para 1 milhão de estudantes matriculados nas Escolas da Rede Municipal de Ensino.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Curso Especialização Tecnologia da InformaçãoUfabc

Especialização em Tecnologias e Sistemas de Informação é oferecida em quatro polos da Rede UniCEU

Publicado em: 17/01/2023 12h59 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de crianças da Emebs Lucie Bray fazendo pintura em plástico transparente. Uma professora os auxilia

SME abre cadastro de professores para atuar nas EMEBS, de ensino para surdos

Publicado em: 17/01/2023 10h47 - em Secretaria Municipal de Educação

Estágio Butanta

DRE Butantã promove Mutirão do Estágio nesta segunda (16)

Publicado em: 13/01/2023 4h04 - em Secretaria Municipal de Educação

Mulher sentada à mesa de trabalho manuseando folhas. Sobre a mesa diversos materiais de escritório. Ao fundo, portas de armários e uma janela.

SME convoca mais ATEs aprovados em concurso

Publicado em: 13/01/2023 3h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Sustentabilidade E Meio Ambiente

SME oferece cursos sobre sustentabilidade em parceria com Instituto Akatu para profissionais da Rede

Publicado em: 11/01/2023 2h16 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.310