Programa Jogos de Tabuleiro

Escrito Jogos De Tabuleiro e logotipos do Mancala, Jogo da Onça e Xadrez

O Programa Jogos de Tabuleiro – PJT foi oficializado na Rede Municipal de Ensino – RME com a Portaria nº 7.240 , de 21/10/2016, que instituía diversas ações pedagógicas com os quatro jogos mais representativos dos grandes continentes: Mancala Awelé (África), Go (Ásia), Jogo da Onça (América) e Xadrez (Europa).

Mas, na prática, o trabalho com Jogos de Tabuleiro na RME foi iniciado muito antes. Mais precisamente em 1994, com o Projeto Xadrez Movimento Educativo, que ofereceu formações e atividades para um grupo limitado de Unidade Educacionais – UE. Ano após ano, o projeto foi crescendo, implementando inovações e atingindo um número cada vez maior de educadores e estudantes. Em 2010, foram iniciadas as “formações para formadores”, onde muitos educadores, após curso com o Mestre Internacional – MI Jefferson Pelikian na Secretaria Municipal de Educação – SME, tornaram-se multiplicadores em suas Diretorias Regionais de Educação – DREs. E a partir dali, a disseminação do PJT na RME alcançou patamares elevadíssimos, culminando no aumento de estudantes enxadristas e na realização no maior torneio estudantil de Xadrez da América Latina, com cerca de 30 mil participações nas 28 etapas ocorridas em 2019.

Com a chegada dos outros três jogos, em 2016, a estrutura de sucesso do Xadrez foi mantida: formação para formadores na SME; formações regionais ministradas pelos educadores; festivais regionais e municipais para os estudantes. E alcançamos números impressionantes em tão pouco tempo:

  • Estudantes envolvidos nas ações do PJT – cerca de 40 mil
  • Unidades Educacionais com ações do PJT – cerca de 350
  • Professores Formadores do PJT – 218
  • Festivais Regionais e Municipais do PJT – 43
  • Vagas oferecidas nas Formações do PJT – 3 mil

ano base: 2019

Dentre inúmeros benefícios que a utilização dos Jogos de Tabuleiro nas aulas e/ou projetos trazem aos estudantes, podemos citar o desenvolvimento/aprendizagem/melhora nos seguintes:

  • Respeito às diferentes culturas;
  • Organização da linha de pensamento;
  • Concentração;
  • Raciocínio Lógico;
  • Paciência;
  • Planejamento estratégico;
  • Cálculo;
  • Interação social;
  • Coordenação motora;
  • Reconhecimento de números/formas/agrupamentos/cores;
  • Questões históricas e geográficas;
  • Contagem numérica e diversos conceitos matemáticos;
  • Comunicação;
  • Espírito cooperativo;
  • Entendimento de questões competitivas (ganhar/perder; respeito ao oponente; aprendizagem com o “outro”);
  • Além, é claro, da questão lúdica e prazerosa que o jogo oferece!

Conheça ao lado os quatro jogos que compõem o PJT e fique atualizado das ações que ocorrerão no ano de 2021.

Estudantes em Festival de Xadrez de 2019
Estudantes em Festival de Xadrez de 2019

II FESTIVAL ONLINE DE XADREZ

INSCRIÇÕES: de 15 de março a 21 de abril de 2021

Inscreva-se aqui para o II Festival Online de Xadrez

INÍCIO DO FESTIVAL: 22 de abril de 2021

LOCAL: PLATAFORMA CHESS.COM

CATEGORIAS: Serão 4 categorias:

  1. Estudantes 1º ao 6º ano;
  2. Estudantes 7º ao 9º ano;
  3. Professores / Gestores / Quadro de Apoio / Servidores RME
  4. Ex-Alunos / Comunidade

PREMIAÇÃO: medalhas aos 10 primeiros(as) colocados(as) em cada categoria

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Festival será organizado pela SME, utilizando a plataforma chess.com, o que faz com que adotemos e aceitemos todas as regras do portal, como obrigatoriedade de cadastro, critérios de desempate e política de fair play;
  2. Não haverá categorias com distinção de gênero, ou seja, mulheres e homens jogarão e serão premiados(as) juntamente;
  3. O limite de participantes é de 250 enxadristas por categoria. Caso o número de inscritos supere esse quantitativo, participarão os(as) 250 que primeiro aceitarem o convite na plataforma dos jogos;
  4. O torneio será disputado em grupos de até 5 enxadristas, que jogarão entre si em duas partidas (uma com cada cor). Classificam-se à próxima fase os(as) 2 primeiros(as) colocados(as) de cada grupo;
  5. O tempo de jogo será de 24 horas por lance para cada enxadrista. Ou seja, será necessário no mínimo 1 lance por dia em cada partida. Caso o(a) jogador(a) não realize seu lance nesse período, perderá a partida;
  6. A classificação geral será divulgada pela plataforma e as premiações serão encaminhadas às UEs após o término do festival.

II CIRCUITO DE XADREZ ONLINE da SME

INSCRIÇÕES: a partir de 15 de março de 2021

Inscreva-se aqui para o II Circuito de Xadrez online da SME             

DATAS DO FESTIVAL: 5 etapas, sendo as quatro primeiras na última 6ª feira de cada mês:

  1. 30 de abril de 2021
  2. 14 de maio de 2021
  3. 28 de maio de 2021
  4. 25 de junho de 2021
  5. FINAL: 02 de julho de 2021

HORÁRIOS: a definir

LOCAL: PLATAFORMA CHESS.COM

CATEGORIAS: Serão 10 categorias:

  1. Estudantes 1º ao 5º ano FEMININO;
  2. Estudantes 1º ao 5º ano ABSOLUTO;
  3. Estudantes 6º e 7º ano FEMININO;
  4. Estudantes 6º e 7º ano ABSOLUTO;
  5. Estudantes 8º e 9º ano FEMININO;
  6. Estudantes 8º e 9º ano ABSOLUTO;
  7. Professores / Servidores RME FEMININO;
  8. Professores / Servidores RME ABSOLUTO;
  9. Ex-Alunos / Comunidade FEMININO.
  10. Ex-Alunos / Comunidade ABSOLUTO.

PREMIAÇÃO: medalhas aos(às) 3 primeiros(as) colocados(as) em cada uma das 4 primeiras etapas de cada categoria + 5 primeiros(as) colocados(as) de cada categoria na 5ª etapa (FINAL).

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Festival será organizado pela SME, utilizando a plataforma chess.com, o que faz com que adotemos e aceitemos todas as regras do portal, como obrigatoriedade de cadastro, critérios de desempate e política de fair play;
  2. As categorias FEMININO e ABSOLUTO jogarão juntos, mas serão separados para fim de premiação;
  3. Para que uma etapa possa ocorrer, a plataforma exige o mínimo de 4 participantes. Caso alguma categoria, em alguma etapa, não tenha a quantidade mínima, a etapa será considerada NULA. Não há limite máximo de participantes;
  4. O torneio será disputado no sistema suíço de emparceiramento, em um período de até 1h30 de duração;
  5. O tempo de jogo será de 5 minutos para cada enxadrista;
  6. Não nos responsabilizamos por problemas de Internet, falta de energia elétrica, atrasos ou dificuldade técnica dos participantes;
  7. A classificação geral será divulgada pela plataforma e as premiações serão encaminhadas às UEs após o término da 5ª Etapa;
  8. Na etapa final, só poderão participar os(as) 16 enxadristas que acumularem mais pontos nas 4 etapas iniciais. A pontuação acumulada dos(as) jogadores(as) poderá ser conferida através do seguinte link: http://bit.ly/ClassificaçãoIICircuitoXadrez
  9. Caso detectemos participantes que não fazem parte da categoria, serão excluídos(as) na classificação final;
  10. Caso um(a) jogador(a) não participe de uma ou mais etapas, ele(a) deixa de acumular pontuação somente nas etapas em que não disputou, continuando sua somatória de pontos nas demais. Apenas a etapa Final (5º) é exclusiva aos(às) classificados(as) (conforme regra 8);
  11. Qualquer situação que extrapole o regulamento acima será analisada pela equipe organizadora da SME.

II CIRCUITO ONLINE DE GO DA SME

INSCRIÇÕES: a partir de 15 de março de 2021

Inscreva-se aqui para o II Circuito online de Go da SME               

DATAS DO FESTIVAL: 5 etapas, sendo as 4 primeiras na última 4ª feira de cada mês:

  1. 28 de abril de 2021
  2. 12 de maio de 2021
  3. 26 de maio de 2021
  4. 30 de junho de 2021
  5. FINAL: 07 de julho de 2021

HORÁRIO: sempre às 19h00

LOCAL: PLATAFORMA OGS 

CATEGORIAS: Serão 6 categorias:

  1. Estudantes FEMININO;
  2. Estudantes ABSOLUTO;
  3. Professores / Servidores RME FEMININO;
  4. Professores / Servidores RME ABSOLUTO;
  5. Ex-Alunos / Comunidade FEMININO;
  6. Ex-Alunos / Comunidade ABSOLUTO.

PREMIAÇÃO: medalhas aos(às) 3 primeiros(as) colocados(as) em cada uma das 4 primeiras etapas de cada categoria + 5 primeiros(as) colocados(as) de cada categoria na 5ª etapa (FINAL).

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Festival será organizado pela SME, utilizando a plataforma da OGS, o que faz com que adotemos e aceitemos todas as regras do portal, como obrigatoriedade de cadastro, critérios de desempate e política de fair play;
  2. Todas categorias jogarão juntas, mas serão separadas para fins de premiação;
  3. Para que uma etapa possa ocorrer, a plataforma exige o mínimo de 4 participantes. Caso em alguma etapa não tenhamos a quantidade mínima, ela será considerada NULA. Não há limite máximo de participantes;
  4. O torneio será disputado no sistema suíço de emparceiramento, em um período de até 1h30 de duração;
  5. Formatação do Torneio;
    • Velocidade de Jogo: Blitz;
    • Controle de Tempo: Absoluto;
    • Tempo Total: 5 minutos por jogador;
    • Tipo de Torneio: Suiço;
    • Método de emparceiramento: Força;
    • Regras: Japonesas;
    • Tamanho do Tabuleiro: 9×9;
  6. Não nos responsabilizamos por problemas de Internet, falta de energia elétrica, atrasos ou dificuldade técnica dos(as) participantes;
  7. A classificação geral será divulgada pela plataforma e as premiações serão encaminhadas às UEs após o término da 5ª Etapa;
  8. Na etapa final, só poderão participar os(as) 16 jogadores(as) que acumularem mais pontos nas 4 etapas iniciais. A pontuação acumulada dos(as) jogadores(as) poderá ser conferida AQUI.
  9. Caso um(a) jogador(a) não participe de uma ou mais etapas, ele(a) deixa de acumular pontuação somente nas etapas em que não disputou, continuando sua somatória de pontos nas demais. Apenas a etapa Final (5º) é exclusiva aos(às) classificados(as) (conforme regra h);
  10. Qualquer situação que extrapole o regulamento acima será analisada pela equipe organizadora da SME.

II CONCURSO DO JOGO DA ONÇA

PERÍODO: de 03 a 28 de maio de 2021

DATA DE DIVULGAÇÃO DOS PREMIADOS: 11 de junho de 2021

PLATAFORMAS UTILIZADAS: Facebook e Instagram

CATEGORIAS: Serão 4 categorias:

  1. FOTO – Estudantes;
  2. FOTO – Professores / Servidores / Ex Alunos;
  3. VÍDEO ENSINAÍ – Estudantes;
  4. VÍDEO ENSINAÍ – Professores / Servidores / Ex-alunos.

PREMIAÇÃO: medalhas aos 10 trabalhos selecionados das categorias de Estudantes, e 3 trabalhos selecionados das categorias de Professores / Servidores / Ex-alunos.

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Concurso do Jogo da Onça visa estimular estudantes e professores a confeccionarem seus próprios tabuleiros e peças do jogo, assim como ensinar aqueles que não sabem;
  2. Na categoria FOTO, os(as) participantes devem confeccionar TABULEIRO e PEÇAS com materiais diversos, registrar com fotos e postá-la nas Redes Sociais, marcando um hashtag (#) da SME – será divulgado em breve – e colocando NOME COMPLETO, ESCOLA e SÉRIE do(a) autor(a) do trabalho;
  3. Na categoria VÍDEO ENSINAÍ, os(as) participantes devem gravar vídeos de no máximo 1 minuto de duração, ensinando as regras do Jogo da Onça. Esse vídeo deve ser postado nas Redes Sociais, marcando um # da SME – será divulgado em breve – e colocando NOME COMPLETO, ESCOLA e SÉRIE do(a) autor(a) do trabalho;
  4. Serão selecionados os 10 melhores trabalhos dos(as) ESTUDANTES e os 3 melhores trabalhos dos(as) PROFESSORES(AS)/SERVIDORES/EX-ALUNOS(AS) em cada categoria, que receberão as medalhas após o término do Concurso;
  5. O resultado será divulgado nas Redes Sociais da SME na data informada;
  6. Qualquer situação que extrapole esse regulamento será decidido pela equipe organizadora.

CONCURSO DE MANCALA AWELÉ

PERÍODO: de 01 a 28 de junho de 2021

DATA DE DIVULGAÇÃO DOS PREMIADOS: 02 de julho de 2021

PLATAFORMAS UTILIZADAS: Facebook e Instagram

CATEGORIAS: Serão 4 categorias:

  1. TABULEIRO e PEÇAS – Estudantes;
  2. TABULEIRO e PEÇAS – Professores / Servidores / Ex Alunos;
  3. MANTO – Estudantes;
  4. MANTO – Professores / Servidores / Ex-alunos.

PREMIAÇÃO: medalhas aos 10 trabalhos selecionados das categorias de Estudantes, e 3 trabalhos selecionados das categorias de Professores / Servidores / Ex-alunos.

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Concurso de Mancala Awelé visa estimular estudantes e professores a confeccionarem seus próprios tabuleiros, peças e manto do jogo;
  2. Na categoria TABULEIRO e PEÇAS, os(as) participantes devem confeccionar os itens do jogo com materiais diversos, registrar com fotos e postá-la nas Redes Sociais, marcando um hashtag (#) da SME – será divulgado em breve – e colocando NOME COMPLETO, ESCOLA e SÉRIE do(a) autor(a) do trabalho;
  3. Na categoria MANTO, os(as) participantes devem confeccionar o item com materiais diversos, preferencialmente algum tecido, registrar com fotos e postá-la nas Redes Sociais, marcando um hashtag (#) da SME – será divulgado em breve – e colocando NOME COMPLETO, ESCOLA e SÉRIE do(a) autor(a) do trabalho;
  4. Serão selecionados os 10 melhores trabalhos dos(as) ESTUDANTES e os 3 melhores trabalhos dos(as) PROFESSORES(AS)/SERVIDORES/EX-ALUNOS(AS) em cada categoria, que receberão as medalhas após o término do Concurso;
  5. O resultado será divulgado nas Redes Sociais da SME na data informada;
  6. Qualquer situação que extrapole esse regulamento será decidido pela equipe organizadora.

OLIMPÍADA DO TABULEIRO

INSCRIÇÕES: serão feitas no momento da participação

DATAS DA OLIMPÍADA: 9 etapas:

  1. 5 com datas fixas:
    1. 02 a 08 de agosto de 2021
    2. 09 a 15 de agosto de 2021
    3. 16 a 22 de agosto de 2021
    4. 23 a 29 de agosto de 2021
    5. 30 e 31 de agosto de 2021
  2. 4 com datas a serem divulgadas em breve (dentro do mês de agosto):
    1. Etapa Surpresa
    2. Etapa Extra 1
    3. Etapa Extra 2
    4. Etapa Extra 3

PLATAFORMA DOS JOGOS: diversas, conforme será divulgado em breve.

CATEGORIAS: Serão 3 categorias:

  1. Estudantes;
  2. Professores / Servidores;
  3. Unidades Educacionais.

PREMIAÇÃO: medalhas aos 10 maiores pontuadores entre estudantes e 5 entre educadores/servidores em cada uma das 5 etapas fixas e da Etapa Surpresa. Nas etapas Extras, medalhas aos 10 maiores pontuadores entre estudantes e 3 entre educadores/servidores. Ao final das 9 etapas, medalhas às 10 Unidades Educacionais melhores colocadas no “Quadro de Medalhas”.

REGULAMENTO GERAL:

  1. A Olimpíada do Tabuleiro será um evento em referência aos Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorrerá nesse ano, utilizando os Jogos de Tabuleiro, assim como todos os saberes envoltos, para estimular a pesquisa, aprendizagem e prática do Xadrez, Mancala Awelé, Go e Jogo da Onça;
  2. As 5 etapas com datas fixas serão compostas por questionários sobre conhecimentos dos jogos de tabuleiro atrelados a aspectos educacionais, culturais, esportivos, matemáticos, históricos e de conhecimentos gerais. Os(as) participantes terão uma semana (verificar datas) para realizar a participação, escolhendo dia e horário que melhor lhe convir;
  3. A etapa Surpresa, como o próprio nome diz, será informada apenas no dia de sua realização. Participará dela estudantes e educadores que mantiverem como rotina no mês de agosto a verificação diária da página do Programa Jogos de Tabuleiro do Facebook. Será nesse canal que publicaremos a etapa;
  4. As Etapas Extras serão divulgadas dentro de alguma etapa fixa, valendo premiação separadamente;
  5. Para a composição do Quadro de Medalhas, em cada Etapa serão atribuídas duas medalhas de Ouro (1º/1ª colocado(a) entre estudantes e entre professores(as)), duas medalhas de Prata (2º/2ª colocado(a) entre estudantes e entre professores(as)) e duas medalhas de Bronze (3º/3ª colocado(a) entre estudantes e entre professores(as)). Ocasionalmente, em etapas que permitirem, podem ocorrer empate em uma dessas colocações. Nesse caso, poderão ser atribuídas outras medalhas de Ouro, Prata e/ou Bronze. Fora tais medalhas, outras serão entregues, seguindo o quantitativo exposto no item PREMIAÇÃO;
  6. O Quadro de Medalhas adotará os critérios do Comitê Olímpico Internacional: 1º Medalhas de Ouro; 2º medalhas de Prata; 3º medalhas de Bronze. Como critério extra de desempate, adotaremos: 1º) Quantidade TOTAL de medalhas de 1º a 10º colocados, 2º) Maior número de 4os colocados; 3º) maior número de 5os colocados; e assim por diante, até o maior número de 10º colocados. Persistindo a igualdade, consideraremos a quantidade de participantes da UE em toda Olimpíada do Tabuleiro, sendo que a vantagem será para a UE que obtiver o maior número;
  7. O Quadro de Medalhas poderá ser acompanhado por AQUI
  8. A entrega das medalhas ocorrerá em setembro de 2021;
  9. Qualquer situação que extrapole o regulamento acima será analisada pela equipe organizadora da SME.

III CIRCUITO DE XADREZ ONLINE da SME

INSCRIÇÕES: a partir de 02 de agosto de 2021                                          

Inscreva-se aqui para p II Circuito de Xadrez online da SME               

DATAS DO FESTIVAL: 5 etapas, sendo as 4 primeiras na última 6ª feira de cada mês:

  1. 27 de agosto de 2021
  2. 24 de setembro de 2021
  3. 29 de outubro de 2021
  4. 26 de novembro de 2021
  5. FINAL: 03 de dezembro de 2021

HORÁRIOS: a definir

LOCAL: PLATAFORMA CHESS.COM

CATEGORIAS: Serão 10 categorias:

  1. Estudantes 1º ao 5º ano FEMININO;
  2. Estudantes 1º ao 5º ano ABSOLUTO;
  3. Estudantes 6º e 7º ano FEMININO;
  4. Estudantes 6º e 7º ano ABSOLUTO;
  5. Estudantes 8º e 9º ano FEMININO;
  6. Estudantes 8º e 9º ano ABSOLUTO;
  7. Professores / Servidores RME FEMININO;
  8. Professores / Servidores RME ABSOLUTO;
  9. Ex-Alunos / Comunidade FEMININO.
  10. Ex-Alunos / Comunidade ABSOLUTO.

PREMIAÇÃO: medalhas aos(às) 3 primeiros(as) colocados(as) em cada uma das 4 primeiras etapas de cada categoria + 5 primeiros(as) colocados(as) de cada categoria na 5ª etapa (FINAL).

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Festival será organizado pela SME, utilizando a plataforma chess.com, o que faz com que adotemos e aceitemos todas as regras do portal, como obrigatoriedade de cadastro, critérios de desempate e política de fair play;
  2. As categorias FEMININO e ABSOLUTO jogarão juntos, mas serão separados para fim de premiação;
  3. Para que uma etapa possa ocorrer, a plataforma exige o mínimo de 4 participantes. Caso alguma categoria, em alguma etapa, não tenha a quantidade mínima, a etapa será considerada NULA. Não há limite máximo de participantes;
  4. O torneio será disputado no sistema suíço de emparceiramento, em um período de até 1h30 de duração;
  5. O tempo de jogo será de 5 minutos para cada enxadrista;
  6. Não nos responsabilizamos por problemas de Internet, falta de energia elétrica, atrasos ou dificuldade técnica dos(as) participantes;
  7. A classificação geral será divulgada pela plataforma e as premiações serão encaminhadas às UEs após o término da 5ª Etapa;
  8. Na etapa final, só poderão participar os(as) 16 enxadristas que acumularem mais pontos nas 4 etapas iniciais. A pontuação acumulada dos(as) jogadores(as) poderá ser conferida AQUI
  9. Caso detectemos participantes que não fazem parte da categoria, serão excluídos(as) na classificação final;
  10. Caso um(a) jogador(a) não participe de uma ou mais etapas, ele(a) deixa de acumular pontuação somente nas etapas em que não disputou, continuando sua somatória de pontos nas demais. Apenas a etapa Final (5º) é exclusiva aos classificados (conforme regra h);
  11. Qualquer situação que extrapole o regulamento acima será analisada pela equipe organizadora da SME.

III CIRCUITO ONLINE DE GO DA SME

INSCRIÇÕES: a partir de 02 de agosto de 2021

Inscreva-se aqui para o II Circuito online de Go da SME               

DATAS DO FESTIVAL: 5 etapas, sendo as 4 primeiras na última 4ª feira de cada mês:

  1. 25 de agosto de 2021
  2. 29 de setembro de 2021
  3. 27 de outubro de 2021
  4. 24 de novembro de 2021
  5. FINAL: 01 de dezembro de 2021

HORÁRIO: sempre às 19h00

LOCAL: PLATAFORMA OGS

CATEGORIAS: Serão 6 categorias:

  1. Estudantes FEMININO;
  2. Estudantes ABSOLUTO;
  3. Professores / Servidores RME FEMININO;
  4. Professores / Servidores RME ABSOLUTO;
  5. Ex-Alunos / Comunidade FEMININO;
  6. Ex-Alunos / Comunidade ABSOLUTO.

PREMIAÇÃO: medalhas aos(às) 3 primeiros(as) colocados(as) em cada uma das 4 primeiras etapas de cada categoria + 5 primeiros(as) colocados(as) de cada categoria na 5ª etapa (FINAL).

REGULAMENTO GERAL:

  1. O Festival será organizado pela SME, utilizando a plataforma da OGS, o que faz com que adotemos e aceitemos todas as regras do portal, como obrigatoriedade de cadastro, critérios de desempate e política de fair play;
  2. Todas categorias jogarão juntas, mas serão separadas para fins de premiação;
  3. Para que uma etapa possa ocorrer, a plataforma exige o mínimo de 4 participantes. Caso em alguma etapa não tenhamos a quantidade mínima, ela será considerada NULA. Não há limite máximo de participantes;
  4. O torneio será disputado no sistema suíço de emparceiramento, em um período de até 1h30 de duração;
  5. Formatação do Torneio;
    1. Velocidade de Jogo: Blitz;
    2. Controle de Tempo: Absoluto;
    3. Tempo Total: 5 minutos por jogador;
    4. Tipo de Torneio: Suiço;
    5. Método de emparceiramento: Força;
    6. Regras: Japonesas;
    7. Tamanho do Tabuleiro: 9×9;
  6. Não nos responsabilizamos por problemas de Internet, falta de energia elétrica, atrasos ou dificuldade técnica dos(as) participantes;
  7. A classificação geral será divulgada pela plataforma e as premiações serão encaminhadas às UEs após o término da 5ª Etapa;
  8. Na etapa final, só poderão participar os(as) 16 jogadores(as) que acumularem mais pontos nas 4 etapas iniciais. A pontuação acumulada dos(as) jogadores(as) poderá ser conferida AQUI 
  9. Caso um(a) jogador(a) não participe de uma ou mais etapas, ele(a) deixa de acumular pontuação somente nas etapas em que não disputou, continuando sua somatória de pontos nas demais. Apenas a etapa Final (5º) é exclusiva aos(às) classificados(as) (conforme regra h);
  10. Qualquer situação que extrapole o regulamento acima será analisada pela equipe organizadora da SME.

 

 

Associação Brasileira De Go Formação Jogos De Tabuleiro 13 04 19 Fotos Roberto Tersi (22)

O Go é um jogo de estratégia de origem Oriental. Os primeiros indícios de sua existência são por volta do ano 2.000 a.C., na China. Acredita-se que em sua origem, o Go estava ligado à arte chinesa de adivinhação. O Universo era representado pelo tabuleiro de Go, enquanto que as pedras – pretas e brancas – eram a representação das forças positivas e negativas. A data em que o Go tornou-se um jogo ainda é incerta e rodeada por vários mitos.

Até onde conhecemos, suas regras simples mudaram relativamente pouco ao longo dos milênios. O cerne do conjunto de regras atual foi consolidado por volta de 1.450 d.C., época na qual o jogo ganhou a atenção dos lordes feudais do Japão. Acreditando que poderiam aprender sobre a Arte da Guerra, começaram a patrocinar os primeiros jogadores profissionais de Go. O status do jogo era tanto que acabou tornando-se um modo de vida para muitos sábios. No Japão, o jogo passou a ser considerado uma Arte Marcial e na China, tornou-se uma das principais escolas de arte, juntamente com a caligrafia, poesia e Guquin. Atualmente a China é a grande potência do jogo Go, seguido pela Coréia do Sul e Japão.

BAIXE AQUI o livro do Jogo de Go, lançado em dezembro de 2020 pela Secretaria Municipal de Educação. Nele, você aprenderá todas as regras e táticas, além de se aprofundar em aspectos da cultura oriental!

 

CURIOSIDADE SOBRE O JOGO

O Jogo é disputado entre dois jogadores sobre um tabuleiro. Um jogador fica com 181 pedras pretas e o outro com 180 pedras brancas. O jogador com as pedras pretas inicia a partida. O objetivo do jogo é a conquista de território. O território é composto pelas intersecções, que devem ser cercadas pelos jogadores de forma que não seja possível nenhuma invasão do oponente. Ao final do jogo os territórios são contados e o jogador com maior espaço vence a partida.

Jogo Da Onça

BREVE HISTÓRIA DO JOGO DA ONÇA

O Jogo da Onça, ou Adugo, é um jogo de tabuleiro de origem brasileira. Nas aldeias indígenas, o Jogo da Onça é feito com sementes e riscado no chão. É praticado pelos povos indígenas Bororos, no Mato Grosso, Manchineris e Kaxinawá, ambos do Acre, e entre os Guaranis, do litoral de São Paulo.

De acordo com os pesquisadores A.G.O. Sardinha, M.T.J. Gaspar e M.C. Molina, as raízes desse jogo nos remetem a uma das práticas indígenas, que é a caça. No desenvolvimento do jogo, a Onça é a presa dos cachorros. Uma simbologia de força e ataque. Muito parecido com o “Jogo do Puma”, o qual foi encontrado vestígios em murais na cidade de Cuzco, no Peru, datados de período antes de Cristo.

CURIOSIDADES SOBRE O JOGO

É um jogo de estratégia, praticado entre dois jogadores, sobre um tabuleiro que é composto de um triângulo – conhecido como Toca – ligado a um quadrado principal. Um jogador fica com a onça e o outro com 14 cachorros. O lance inicial cabe ao jogador que estiver com a Onça.

OBJETIVO DO JOGO

O jogador com a onça vencerá a partida quando conseguir capturar 5 cachorros. O jogador com os cachorros, em contrapartida, vence quando conseguir imobilizar a onça, deixando-a sem possibilidade de movimentação no tabuleiro.

Para conhecer as regras mais detalhadamente, acesse AQUI o Livro do Jogo da Onça, lançado em dezembro de 2020 pela Secretaria Municipal de Educação. Nele, você pode conferir também aspectos culturais e relatos de experiência de professores que o aplicam em suas aulas e projetos.

Se preferir, aprenda a jogar o Jogo da Onça assistindo AQUI a aula ministrada pelo responsável pelo Programa Jogos de Tabuleiro, transmitida nos canais da SME.

PARA JOGAR

Se você gostou do Jogo da Onça e quer praticar, monte seu próprio tabuleiro e peças. Além de se divertir, poderá participar do II CONCURSO DO JOGO DA ONÇA, que ocorrerá em maio de 2021. Todo o regulamento está na aba FESTIVAIS, nessa mesma página.

Outra opção é através do aplicativo JOGO DA ONÇA, que foi criado por um professor da Rede Municipal de Ensino, Adalberto Santos. Você pode baixá-lo em seu smartphone gratuitamente clicando AQUI.

Conheça também o site criado pelo professor Adalberto, estudioso do Jogo da Onça, clicando AQUI.

 

Crianças praticando o jogo mancala awelé
Festival de Mancala Awelé, 2019

MANCALA é um termo usado pelos antropólogos para designar uma série de jogos de semeadura cultivados na África. A palavra “Mancala” vem do árabe – naqaala, e seu significado é “mover”.

Sua origem é o Egito, e acredita-se que tenha surgido há mais de 7 mil anos. De acordo com o pesquisador H.J.R. Murray, é praticado em todo o continente africano e tem mais de 200 variações. O Awelé é uma das variações da família Mancala, e é muito praticado na Costa do Marfim.

CURIOSIDADE SOBRE O JOGO

O Mancala é um jogo de estratégia, disputado entre dois jogadores, sobre um tabuleiro constituído de 12 cavidades, dividido em duas fileiras, com duas cavidades maiores, chamadas de armazéns, e 48 sementes, que são usadas como peças.

Cada fileira contém 6 cavidades e são representadas pelo jogador Sul e pelo jogador Norte. Para iniciar a partida, são distribuídas 4 sementes em cada uma das 12 cavidades. A jogada inicial cabe ao jogador Sul.

Vence a partida o jogador que colher 25 sementes em seu armazém.

Para conhecer todas as regras do jogo, baixe AQUI o Livro de Mancala Awelé, publicado em dezembro de 2020, pela Secretaria Municipal de Educação. O livro, além das regras, traz importantes conceitos e debates sobre a cultura africana, assim como relatos de experiência de professores da Rede Municipal de Ensino que utilizam o jogo em suas aulas e projetos.

Assista AQUI a aula de Mancala Awelé ministrada pelo responsável pelo Programa Jogos de Tabuleiro, transmitida nos canais da SME.

 

Imagem com um tabuleiro de Xadrez e um fundo cinza.

A origem do jogo de Xadrez não é conhecida com precisão e existem várias teorias e mais de 40 lendas sobre o assunto. É por volta do ano 570 d.C., no noroeste da Índia, que se encontram as primeiras fontes arqueológicas de um antigo jogo chamado Chaturanga – palavra que vem do sânscrito e significa “jogo dos quatro membros”. É considerado o ancestral do Xadrez. Participavam do jogo quatro jogadores, e o movimento das peças era definido pelo dado.

A forma atual como conhecemos o jogo de Xadrez surgiu na Persa, por volta do século VI, com um jogo chamado Chatrang, uma versão modificada do Chaturanga.

SOBRE O JOGO DE XADREZ

É um jogo de estratégia, disputado entre dois jogadores sobre um tabuleiro de 64 casas. Um jogador fica com 16 peças claras e o outro com 16 peças escuras. O jogador de peças claras inicia a partida. O objetivo maior do jogo é aplicar um Xeque-Mate no rei adversário. Xeque-mate é uma palavra de origem Persa que significa “o Rei está morto”. O jogador que alcançar esse objetivo vence a partida.

Conheça as peças, histórias e todas as regras baixando AQUI o Livro do Jogo de Xadrez, publicado pela Secretaria Municipal de Educação, em dezembro de 2020.

Se preferir, assista AQUI à aula de Xadrez ministrada pelo responsável pelo Programa Jogos de Tabuleiro, transmitida nos canais da SME.

Contatos

Coordenadora – COCEU: Maria de Fátima de Brum Cavalheiro
Diretora da Divisão: Lilian Tavares Dias
Responsável pelo PJT: Marcos Renato Cezar
Endereço: Rua Dr. Diogo de Faria, 1247 – sala 207 – Térreo – Vila Clementino – CEP: 04037-004
Telefone: (11) 3396-0493
E-mail: smecoceu@sme.prefeitura.sp.gov.br