Notícias

Visita à tumba, foto com esfinge e desenhos nas paredes fazem parte de exposição “Egito antigo: Na Cidade do Sol”

Durante todo o mês de maio, 5.800 estudantes da rede municipal devem visitar mostra em Heliópolis; público em geral é recebido aos sábados

Publicado em: 19/05/2022 15h30 | Atualizado em: 19/05/2022
Fotografia de uma réplica de uma pirâmide, mostrando um cartaz e um quadro.

Na última quarta-feira (18) a turma do 4º ano da EMEF Campos Salles, do CEU Heliópolis, participou da exposição “Egito antigo: Na Cidade do Sol”, que está sendo exibida no Instituto Baccarelli e foi organizada pelo projeto Inspirar-te. A mostra recebe por dia cerca de 250 estudantes da rede municipal e vai até o dia 15 de junho. A previsão é receber 5.800 estudantes da rede durante o mês de maio. Todas as escolas da rede municipal de ensino podem agendar uma visita.

Para a visita, o Instituto recebe 80 crianças por horário e as divide em 3 grupos, que fazem rodízio pelas etapas da mostra com educadores especializados no tema. As etapas são desenhos simulando pinturas nas rochas, escavação e visita à tumba e múmia.

Lisa Costa, supervisora do educativo do Inspirar-te, reforçou a importância do fácil acesso à cultura. “É um dos objetivos do Inspirar-te  democratizar o acesso à cultura. E uma coisa que a gente percebe no trabalho, é que sempre teve um movimento periferia-centro […] a gente tá em Heliópolis e a crianças vêm a pé para uma exposição que é atendida por um grupo de educadores que já trabalhou no MIS (Museu da Imagem e do Som), no MASP (Museu de Arte de São Paulo), na Pinacoteca, que tem muita experiência”, comentou. 

Algumas das obras da exposição foram doadas por museus, outras foram feitas pelo curador  Pieter Tjabbes em parceria com a Art Unlimited. Além disso, o MASP, o MAE-USP e o Museu Egipicio de Turim, na Itália, permitiram que o projeto fotografasse algumas obras do acervo deles. As obras originais que foram  fotografadas do acervo do MASP nunca foram expostas. “É uma exposição muito completa porque ela teve essa parceria com muitas pessoas para fazer acontecer”, disse Leonardo  Lubatsch, o coordenador do Inspirar-te.

 

INTERAÇÃO DAS CRIANÇAS

Grupo de crianças sentadas no chão com uma das educadoras da exposição. Ao fundo vemos a figura da Esfinge com a placa "Egito Antigo: Na Cidade do Sol"

Os educadores e organizadores da exibição afirmam que as crianças que fazem as visitas interagem e fazem comparações com os dias atuais. “Quando a gente fala do Faraó, por exemplo, às vezes as crianças associam com uma figura presidencial. […] É interessante perceber como as crianças, a partir das nossas explicações, têm chegado às questões de hoje em dia”, disse Leonardo. Segundo ele, as próprias crianças observam esses aspectos e fazem essa proximidade, o que os ajuda na compreensão. 

Alguns estudantes associam até com os filmes que assistem. “A múmia, por exemplo, eles associam muito com o zumbi, a múmia de terror, e a gente tenta explicar em palavras que sejam compreensíveis para essa faixa etária”, comentou Lisa.

As explicações feitas nas visitas tem suas linguagens personalizadas de acordo com a faixa etária, para que todos os visitantes entendam o que é dito. O público-alvo são todos os estudantes do Ensino Fundamental, dos 4 aos 14 anos. 

“Para as crianças eu acredito que o concreto é muito importante, não adianta só a gente conversar com eles na escola sobre o Egito. Mas esse contato mesmo com o concreto, elas verem a múmia, verem a exposição, é de grande ajuda para o desenvolvimento da aprendizagem”, comentou a professora Aline Fagundes, que acompanhava um dos grupos.

 

ETAPAS DA EXPOSIÇÃO

  • Pintura na Lixa: essa é uma atividade lúdica, onde cada criança ganha uma lixa de parede para poder fazer desenhos que remetem ao Egito Antigo. O objetivo dessa atividade é simular as pinturas que eram feitas nas rochas pelos egípcios.
  • Visita à tumba: nessa etapa, é visitada a tumba da rainha Nefertari, pode-se observar hieróglifos egípcios e é explicado sobre a crença daquele povo. Ao lado, os estudantes observam as múmias e um sarcófago, onde eles podem se deitar.
  •  Escavação: aqui eles tiram fotos com esfinges, observam, escutam uma lenda egípcia as pirâmides e também podem brincar de escavar em um tanque de areia onde há monumentos egípcios para serem procurados.

Para o coordenador do projeto, a etapa mais divertida é a visita à tumba. Ao final da visita, cada um ganha um amuleto com um dos deuses egípcios e a educadora explica o dom de cada um deles.

Inicialmente, a exposição é aberta ao público espontâneo somente aos sábados, das 9h às 12h. Mas o interesse foi tanto que o atendimento durante a semana vai se expandir para melhor atender a comunidade. “Muitas pessoas, famílias aqui do bairro, que acabaram encontrando a gente estão querendo visitar e o sábado tá muito curtinho para atender todo mundo. Então agora durante a semana eles poderão vir também”, comentou o coordenador Leonardo Lubatsch. 

 

Serviço:

Exposição “Egito antigo: Na Cidade do Sol”

Local:  Instituto Baccarelli

Endereço: Estrada das Lágrimas, 2317 – Heliópolis, São Paulo – SP.

Horário: de segunda a sexta, das 9h às 15h, para escolas participantes; aos sábados, das 9h às 12h, para o público em geral

Valor: Entrada gratuita

Agendamento das escolas: e-mail: contato@inspirarte.com 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Parlamento Jovem

SME lança Programa de Gestão Documental em parceria com Secretaria de Gestão

Publicado em: 24/06/2022 4h58 - em Secretaria Municipal de Educação

Esquenta Ods

CEUs de São Paulo fazem esquenta para a Virada ODS

Publicado em: 24/06/2022 4h44 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra carreta do projeto USP Na comunidade com algumas pessoas em volta.

CEU Heliópolis recebe unidades móveis da USP com programação para idosos

Publicado em: 24/06/2022 4h40 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com fundo azul, figura de dois robôs, e o texto

Inscrições para a JAM Virtual 2022 tem prazo prorrogado até 30 de junho

Publicado em: 24/06/2022 11h55 - em Núcleo Técnico de Currículo

Mosaico com quatro fotografias dos cursos profissionalizantes dos Centros Municipais de Capacitação e Treinamento.

Inscrições abertas para os cursos profissionalizantes gratuitos nos CMCTs

Publicado em: 23/06/2022 4h10 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.248