Notícias

Vacinação contra a gripe Influenza 2019

Em São Paulo, o período de vacinação acontece de 10/4 a 31/5.

Publicado em: 10/04/2019 12h33 | Atualizado em: 30/11/2020

vacinacao_740x430.jpg

Em abril, terá início a Campanha de Vacinação contra a gripe Influenza 2019.

A 21ª Campanha Nacional e 22ª Municipal de Vacinação contra a gripe Influenza ocorrerá, no Município de São Paulo, no período de 10/04 a 31/05/2019, sendo o Dia “D” de mobilização nacional no dia 04/05/2019, sábado.

A Vacinação acontecerá por etapas:

10 a 19 de abril – Serão vacinadas as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes e puérperas para vacinação contra Influenza e atualização da Carteira de Vacinação;

22 de abril até 31 de maio – Inclusão de todos os outros grupos prioritários, permanecendo, também, o atendimento aos grupos indicados no período anterior.

Grupos prioritários:

  • Indivíduos com 60 anos ou mais de idade;
  • Crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias);
  • Gestantes;
  • Puérperas (até 45 dias após o parto);
  • Trabalhadores da saúde;
  • Professores de escolas públicas e privadas;
  • Povos indígenas;
  • Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;
  • Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;
  • População privada de liberdade;
  • Funcionários do sistema prisional.

Influenza – Também conhecida como “gripe”, é uma infecção viral respiratória aguda e altamente contagiosa, sendo mais grave do que um resfriado comum, podendo levar a sérias complicações médicas.

Ocorre com mais frequência no outono e no inverno, quando as temperaturas caem. Pessoas idosas, crianças, gestantes e com alguma comorbidade (doença crônica), possuem maior risco de desenvolver complicações devido à influenza.

A doença pode afetar qualquer pessoa em qualquer idade, sendo facilmente transmitida através da tosse, espirro e contato próximo com uma pessoa ou superfície contaminada. Algumas pessoas podem se infectar entrando em contato, por meio das mãos, com objetos contaminados com o vírus da influenza e, em seguida, tocando a boca, nariz ou olhos.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a ocorrência de casos da influenza pode variar de leve a grave, e até levar a óbito. A hospitalização e o óbito podem ocorrer principalmente entre os grupos de alto risco – crianças menores de 5 anos, gestantes, portadores de doenças crônicas e idosos. Em todo o mundo, estima-se que epidemias anuais resultem em cerca de 3 a 5 milhões de casos de doenças graves e cerca de 290 mil a 650 mil óbitos.

A melhor maneira de se prevenir contra a influenza é vacinar-se, uma vez ao ano. A vacina contra o vírus Influenza é aplicada anualmente em campanhas, nos meses que antecedem o inverno, período de maior transmissão da doença.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Centros Educacionais Unificados (CEU)

Centros Educacionais Unificados (CEU)

Publicado em: 21/03/2016 3h13 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Centros de Educação Infantil (CEI)

Centros de Educação Infantil (CEI)

Publicado em: 21/03/2016 3h03 - em Diretoria Regional de Educação Penha

EMEF Joel Fernandes de Souza publica 3ª edição da revista “Fala Professor”

EMEF Joel Fernandes de Souza publica 3ª edição da revista “Fala Professor”

Publicado em: 21/03/2016 10h26 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Fafá de Belém se apresenta no CEU Butantã

Fafá de Belém se apresenta no CEU Butantã

Publicado em: 21/03/2016 10h01 - em CEU e COCEU

“A Menina da Cabeça de Bola” é encenada no CEU Inácio Monteiro
1 1.309 1.310 1.311 1.312 1.313 1.460