Notícias

Sonhar e ler: assim nascem as estrelas

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem da EMEF Prof.º Roberto Mange

Publicado em: 14/08/2018 17h12 | Atualizado em: 30/11/2020

sonhar_e_ler_imp_jov_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela equipe de Imprensa Jovem da EMEF Prof.º Roberto Mange

No dia 9 de agosto de 2018, nós, da Imprensa Jovem da EMEF Profº Roberto Mange, tivemos a oportunidade de participar da 25ª Bienal Internacional do Livro, no Anhembi, em São Paulo.

Entre tantas atrações apresentadas nesse universo que é a Bienal do Livro, viajamos com o escritor João Paulo Guerra Barrera e com a escritora e youtuber Fernanda de Oliveira. Ele, o escritor mais jovem do mundo a receber um Prêmio de Literatura pela NASA (National Aeronautics and Space Administration – Administração Nacional da Aeronáutica e Espaço), agência do Governo Federal dos Estados Unidos responsável pela pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial. Já ela começou sua carreira com a idade do João Paulo, com apenas oito anos de idade, e hoje também atua como youtuber.

Ao assistirmos às palestras dadas pelos dois, começamos a entender melhor todo aquele universo da Bienal, um mundo que parece grande, complicado e distante de nós. Passamos a entender que um escritor pode nascer de forma simples e que ele é uma pessoa como a gente.

Quando nasce um escritor

O que nos impressionou na longa história de João Paulo Guerra Barrera é que ele é a pessoa mais jovem do mundo a ganhar esse prêmio. Um pequeno escritor e programador, uma criança de oito anos de idade, que já escreveu dois livros: “No Mundo da Lua e Dos Planetas – In The World Of The Moon And The Planets” e “Morando no Espaço”.

Conversamos com o João Paulo para saber por que ele decidiu escrever um livro. A resposta dele é aquela que parece tão simples e fácil, que faz a gente acreditar que também podemos. De acordo com João Paulo, a ideia para fazer o livro “saiu de sua cabeça”. “Eu falei para os meus pais: ‘papai, mamãe, quero fazer um filme’. Aí, minha mãe disse: ‘filho, primeiro você precisa escrever um livro, antes de fazer um filme’. Então, eu fiz um livro. Aliás, dois. Um fala de um foguete que vai para o espaço com material reciclado. O outro tem três personagens crianças que vão para o espaço morar numa estação espacial”, contou João Paulo.

Sobre como foi ganhar o concurso da NASA, sua resposta também é simples. “Ah, foi uma surpresa, eu não sabia que isso ia acontecer, eu também gostei muito, foi ótimo!”, exclamou o jovem escritor.

Esse menino de apenas oito anos, mesmo sendo considerada uma criança prodígio pela maioria das pessoas, é uma criança como todas as outras. Ele é de fato muito inteligente, entretanto, fala, brinca e sorri como qualquer criança com a mesma idade. Em meio a toda essa simplicidade, ele também tem preocupações maiores, como melhorar as escolas, por exemplo. Em sua página do Facebook tem uma petição com o objetivo de melhorar a educação das escolas públicas do Brasil e, de acordo com João Paulo, deve ser entregue ao presidente em breve.

Um encontro de gerações

Onde se encontra a história de Fernanda de Oliveira, mais conhecida como Fê Liz, pelo seu canal no Youtube, com a de João Paulo Guerra Barrera?

Ela é autora de vários livros voltados para o público infantojuvenil e escreveu o seu primeiro livro aos oito anos de idade, a partir de um livro de poesias recebido como presente. Desde então, nunca mais parou. Hoje, adulta, seus livros são sobre o meio-ambiente, mas ela continua com aquela simplicidade e curiosidade da época de criança.

Ela é a criadora de um personagem engraçado, chamado “Zoic”. Disse-nos que a ideia de criar o Zoic veio do seu amor pela natureza e pela arte. “Eu amo a natureza e sempre quis protegê-la. Mas eu não poderia ser uma veterinária, porque não gosto de sangue. Então pensei: quer saber, vou fazer uma história sobre natureza. E surgiu o Zoic”, explicou Fernanda.

Ela tem a expectativa de que as crianças que acessem seu canal, o “Fê Liz”, saiam mais felizes, querendo ler mais e estudar mais. Pois, para ela, “a cidadania se constrói com perseverança, sonhos e crianças viajando com os livros e cuidando mais do mundo”.

O João Paulo também sonha com o mundo no ano dez mil. De acordo com ele, haverá muita tecnologia, matemática e livros para a construção de naves e outros objetos com materiais recicláveis para cuidar da natureza e proteger o espaço sideral.

Para Ricardo Barrera, engenheiro civil, pai de João Paulo, ser pai do menino é um orgulho para ele e para a esposa, mas o orgulho maior é saber que ele inspira outras crianças. Para ele, todas as crianças precisam ser incentivadas e apoiadas em seus sonhos. “Essa é a tarefa dos pais, dos professores, afinal, a leitura e a pesquisa te levam a caminhos que você não pode nem imaginar”, observou Ricardo.

Aprendemos em nossa pequena, grande viagem nessa matéria que qualquer um de nós pode ser um escritor, um cientista, um youtuber, um super-herói e salvar o planeta reciclando o lixo e ainda viajar ou morar no espaço com muita poesia, imaginação e música. O importante é sonhar e ser feliz. Todos nós somos prodígios quando sonhamos e podemos nos tornar grandes inteligências da história, quando os adultos apoiam nosso sonhar. Boa leitura!

Por Yan Carlos Andrade Estevam, Natále Soares de Andrade, Felipe Silva Souza, Erick de Jesus Santos, Miguel da Silva, Pedro Henrique Melo, Vilma Nardes.

EMEF Profº Roberto Mange – DRE Butantã

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Formação continuada com professores de Arte e gestores da EJA

Formação continuada com professores de Arte e gestores da EJA

Publicado em: 11/11/2015 9h35 - em Diretoria Regional de Educação São Mateus

Primeira Mostra de Educação DRE Jaçanã/Tremembé

Primeira Mostra de Educação DRE Jaçanã/Tremembé

Publicado em: 10/11/2015 9h43 - em Diretoria Regional de Educação Jaçanã/Tremembé

Diálogos com a Rede acontece na DRE Ipiranga

Diálogos com a Rede acontece na DRE Ipiranga

Publicado em: 09/11/2015 5h05 - em CEU e COCEU

Curso Avaliação funcional da visão

Curso Avaliação funcional da visão

Publicado em: 09/11/2015 4h19 - em Secretaria Municipal de Educação

Curso Currículo Emancipatório da EJA

Curso Currículo Emancipatório da EJA

Publicado em: 09/11/2015 3h35 - em Secretaria Municipal de Educação

1 1.207 1.208 1.209 1.210 1.211 1.248