Notícias

Sexto Festival de Gastronomia Orgânica de São Paulo

Oficinas e roda de conversa com o DAE fizeram parte do festival

Publicado em: 16/11/2015 13h27 | Atualizado em: 30/11/2020

Gastronomia Organica 740 X430.jpg

Nos dias 16, 17 e 18 de Outubro no Parque da Água Branca aconteceu o VI Festival de Gastronomia Orgânica. O evento foi divido em diferentes espaços e contou com oficinas de culinária e bem estar, feira de produtos e de gastronomia, roda de negócios, bate-papos e palestras.

No espaço Food Revolution, no dia 16, a professora Maria de Lourdes das Neves Duarte (à esquerda na foto), do CEU EMEF Alto Alegre e vencedora do 3º lugar do Prêmio Educação Além do Prato, ministrou ao lado de Ana Cristina, também professora, a oficina “Experiências e Receitas do Prêmio Educação Além do Prato”. Ao longo do evento, destacou a trajetória percorrida pela escola para mobilização dos alunos e da comunidade escolar, e também preparou a receita, para que o público pudesse experimentá-la e aprender como fazer.

“Confeccionamos cartazes, colocamos no blog da escola informações sobre alimentação e notícias do andamento do projeto. Todos participaram da escolha da receita e ainda compuseram uma letra para a música que representou o Projeto na escola”, comentou a professora. Já no reconhecimento do território, visitaram uma horta da comunidade local, um sítio da região com produção orgânica, quitandas e mercados e um aterro sanitário (ECOURBIS), onde puderam observar a quantidade de lixo depositada diariamente e os trabalhos desenvolvidos para a preservação da região.

A atração da oficina foi o “Patê segredo da nona”, que chama atenção pelos ingredientes e sua história. Maria de Lourdes acrescentou “secretamente” ingredientes como chuchu, cenoura e abobrinha, pois seu marido não comia verduras e legumes, porém, sem saber o que havia na receita, ele adorou o patê. Após saber sobre o concurso ela incentivou todos a participarem e sua receita foi a escolhida pela escola.

Fechando o dia, ocorreu a roda de conversa sobre o guia alimentar e a lei sobre alimentação orgânica nas escolas, com a participação da diretora do DAE, Erika Fischer, Rita Helena Bueno Pinheiro da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, Ivanda Heck secretária municipal de educação de Missal e Jaciara Luciano Garcia, nutricionista da Prefeitura de Marechal Candido Rondon.

Com olhares diferentes, cada um compartilhou suas experiências. Rita relacionou a introdução de alimentos orgânicos com as diretrizes do Novo Guia Alimentar e os impactos para a saúde. Já a secretária, Ivanda, e a nutricionista, Jaciara, compartilharam a experiência da alimentação escolar dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu no Paraná.

As conversas destacaram os desafios e conquistas da introdução de alimentos orgânicos na alimentação escolar. “No município de São Paulo a introdução dos orgânicos está sendo construída com a participação popular o que torna essa política mais efetiva e sustentável”, ressaltou Erika Fischer.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.212