Notícias

Série Mulheres na Educação

Diferentes personagens femininas e suas histórias na Educação Municipal

Publicado em: 08/03/2021 12h28 | Atualizado em: 29/03/2021
imagem com a frase Serie Mulheres Na Educação

Durante o mês de março, a Secretaria Municipal de Educação (SME) de São Paulo exibe em seus canais de comunicação a série dedicada às mulheres. São matérias com diferentes personagens femininas que estão em nossas escolas e que contam um pouco da sua trajetória na Rede paulistana.

Quem são essas mulheres? Como são suas jornadas na Educação? Acompanhe as histórias de professoras, estudantes, profissionais da equipe gestora, auxiliar de vida escolar, entre outras.

Foto da psicopedagoga da SME, Marileide

História 1 

“Com o nosso trabalho de atendimento e mediação, sempre mostramos ao aluno que estamos aqui para acolhê-lo, acompanhá-lo, ajudá-lo e protegê-lo, e afirmar que apesar das adversidades é possível garantir sua aprendizagem”.

[Conheça a Psicopedagoga da SME que dá suporte aos estudantes, famílias e docentes durante a pandemia]

 


História 2fotografia de mulher em uma mesa de escritório - faz parte da Serie Mulheres Na Educação

“Eu escolhi ser professora e fui muito feliz com essa escolha. Agora tento trazer para minha gestão, a experiência que tive como aluna e professora para criar um ambiente acolhedor, que faça a diferença na vida dos profissionais e alunos”.

[ Mulheres na Educação: Conheça Michelly Francini, formadora de professores e coordenadores da rede ]

 


fotografia de uma garota negra com cabelos encaracolados - texto Série Mulheres na educaçãoHistória 3

“Procuro sempre entender as coisas. Se não entendo, pergunto. Depois, tento perceber se consigo explicar o que aprendi. Assim, posso ensinar para quem precisar”.

[Mulheres na Educação: conheça a história da Emilly Rodrigues, estudante do 7º ano, jovem repórter que adora ciências e sonha viajar o mundo]

 


Serie Mulheres Angelica SiteHistória 4 

“A escola pública permite uma participação maior, os profissionais têm voz na construção do projeto pedagógico. É uma gestão mais horizontalizada, que me agrada. Há foco no desenvolvimento integral e não apenas na competitividade”.

[Mulheres na Educação: a menina que sabia o que ia ser quando crescer]

 


Fotografia de mulher de pele clara e cabelos escuros. Texto em destaque Mulheres na Educação 5História 5

“As situações de vulnerabilidade dos estudantes refletem diariamente na escola, isso altera comportamentos e torna o interesse pela aprendizagem mais difícil. É preciso ter uma postura de educador, que busca entender e se colocar, com empatia, na realidade do estudante, de modo que a aula seja significativa e dê bases de reflexão sobre a vida, o mundo, a sociedade, do mesmo modo que ele possa esperançar mudanças para si”.

[Mulheres na Educação: Veja como o teatro pode se tornar uma potência de educação]

 


Fotografia de mulher de pele morena e cabelos lisos e escuros, usa óculos. Texto em destaque. Mulheres na Educação 6História 6

Durante a pandemia a diretora moveu esforços para que parceiros pudessem doar celulares para os estudantes que necessitavam dos aparelhos.

“Nossa campanha apareceu na TV e conseguimos cerca de 200 celulares”.

Mês das mulheres: Conheça a diretora que não mediu esforços para manter estudantes nas aulas remotas

 


História 7

Professora Cida Mulheres História 7

“Eu sou apaixonada pelo magistério, eu nasci para isso e eu realmente acredito que é a educação que transforma a vida das pessoas. A escola não pode ser um espaço de só adquirir conhecimentos, ela tem que ser um espaço de transformação, de alegria, de ter prazer e de conhecer outras pessoas.”

[Mulheres na Educação: a Educação como gerador de valor para vida]

 


História 8

Imagem da Auxiliar de Vida Escolar, Leda; no canto superior esquerdo o texto: Série Mulheres na Educação

“A inclusão dentro da escola é fundamental para o desenvolvimento de cada criança, independente de ser Autismo, Síndrome de Down, Paralisia Cerebral. Todas as crianças precisam do nosso amor, precisam dessa inclusão dentro da sala de aula. Através do acolhimento que elas têm na escola é que vão se desenvolver para o resto da vida.”

[Mulheres na Educação: Conheça a história de Leda Oliveira de Souza, Auxiliar de Vida Escolar]


banner com texto Série Mulheres na educação [nossas estudantes]
Neste mês março, nossas estudantes escreveram poesias sobre o que é ser mulher. Clique na imagem e assista.
  • Aísha de Souza Melo |EMEF Eliza Rachel M. de Souza
  • Anyssa Moraes da Silva | CEU EMEF Três Pontes
  • Azarela Jazmin Gonzalez | EMEF Leonor M.de Barros
  • Isabela A. dos Santos | EMEF Frei F. de Mont’Alverne
  • Isabela Gesteira |EMEF Joaquim Duque Estrada
  • Valentina A. Penna | EMEF Frei Francisco de Mont’Alverne

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283