Notícias

Série “Mídia Criança” – Clic! A fotografia sob o olhar da criança

Iniciativa promove contato das crianças com a produção analógica e digital de fotos

Publicado em: 28/08/2017 16h33 | Atualizado em: 30/11/2020

Clic_fotografia_sob_olhar_crianca_740_x_430.jpg

No último dia 8 de julho, o trabalho fotográfico realizado pelas crianças da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Rubens Nascimento da Silva “Mexicano”, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Campo Limpo, por meio de um projeto desenvolvido pela professora Aline Grenfell da Silva, compôs a Mostra Cultural promovida na unidade, na mesma data da reunião de pais. Além das fotos produzidas pelos alunos, integraram a mostra um álbum de fotografia da turma e trabalhos artísticos feitos em fotografias, tudo produzido pelas crianças.

“Nossa sala recebeu iluminação avermelhada para parecer um estúdio de revelação analógica e além da nossa turma e familiares, os demais alunos da escola, suas famílias e os funcionários puderam apreciar as produções das crianças”, relata Aline.

Tudo começou após o período de adaptação e acolhimento das crianças, quando Aline passou a fotografar as atividades de rotina das crianças do Infantil IIA e notou que elas ficavam muito felizes ao serem retratadas. A professora conta que elas faziam poses e pediam para ver como as fotos ficavam. “Após essa reflexão, elaborei o projeto com base em pesquisas realizadas na internet, pensando na criança como protagonista do ato de fotografar, apreciar e avaliar a foto”, diz Aline.

Após levantamentos de hipóteses sobre o que era fotografia, filtro, foco, flash, montagem de foto, efeitos em foto e negativos, as crianças colocaram “a mão na máquina” e saíram pela escola fotografando o que, quem e onde quisessem. 

Diariamente, os dois ajudantes do dia eram os fotógrafos e, munidos de uma máquina digital, retratavam com seus olhares a escola, os colegas, os funcionários, os brinquedos, os espaços e as atividades. No final do dia, apreciavam as fotografias no computador e escolhiam as nove que mais gostavam para que fossem reveladas, com o objetivo de montar um álbum de fotografia da turma.

Cada criança construiu uma página do álbum com sua biografia, contando o motivo das escolhas das fotos e as imagens favoritas. No decorrer do projeto, as fotos que não eram escolhidas pelas crianças foram utilizadas para explicar e fazer outros trabalhos, como montagem de foto utilizando canetinha, efeitos em foto com mosaico de papel picado e pintura com guache e filtro de cor com giz de cera.

As crianças também conheceram algumas máquinas antigas e o espanto foi grande. “Não dá “pra” ver se a foto ficou boa?”, perguntou Gabrielly. “Essa máquina não faz vídeos? ” questionou Arthur Gomes.

De acordo com Aline, nenhuma das crianças havia manipulado uma máquina analógica. Foi comprado um filme com 36 poses e cada criança pôde tirar uma foto, sabendo que poderia dar certo ou não. “Após reveladas as imagens, elas se deliciaram com os negativos observados pela claridade da janela da sala de aula e avaliaram os resultados das fotos”, relata a professora.

Foi solicitada, ainda, a participação das famílias, permitindo que, usando o aparelho celular de algum familiar, a criança fizesse uma foto no final de semana e a levasse para a escola, a fim de contar o local da foto e a razão de tê-la tirado.

“As famílias se engajaram no projeto e demonstraram muita satisfação com os novos aprendizados das crianças”, diz Aline. “Maria Fernanda adora tirar foto, ela gosta muito e vive fazendo pose. Achei muito interessante esse projeto e espero que aconteça mais vezes”, conta Lindalva, mãe da Maria Fernanda. “Achei interessante e diferente, meu filho curtiu muito porque ele gosta de mexer com o celular e tirar fotos, mas ele não estava acostumado a vê-las. Ele achou muito engraçado poder passar as fotos do celular e do computador para o papel”, observa a mãe do João Vitor. “Gostei muito do projeto, despertou o interesse no Pedro Henrique pela câmera fotográfica. Ele se sentiu muito importante no dia que foi escolhido para fotografar. Fez com que ele aprendesse sobre o cuidado com as coisas dos outros, observação de imagens e decidir o que quer fotografar. Contou em casa com alegria sobre tudo que aprendeu”, analisa a mãe Vanda.

Galeria de fotos – Veja mais imagens das atividades clicando aqui.

Leia também

Série “Mídia Criança” – “Blog para Educação Infantil, uma construção colaborativa”

Série “Mídia Criança” – Mídias Sociais na Educação Infantil – EMEI Nelson Mandela

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.197