Notícias

Secretaria Municipal de Educação realiza avaliação da Educação Infantil

Aplicação ocorrerá entre os dias 16 e 25 de outubro em 65 EMEIs

Publicado em: 15/10/2019 15h37 | Atualizado em: 06/08/2021
Imagem de crianças sentadas brincando com brinquedos de montar nas cores azul, amarelo, verde e vermelho

 

A Prefeitura de São Paulo e a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV) irão avaliar a qualidade da Educação Infantil que é oferecida na Rede Municipal de Ensino da Cidade de São Paulo (RMESP) para crianças de 4 a 5 anos matriculadas nas Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs). O método a ser utilizado é o do instrumento de Observação de Aspectos Essenciais dos Ambientes de Aprendizagens (Measure of Early Learning Environments – MELE).

O cronograma de aplicação obedece ao seguinte calendário: início em 16 de outubro e término no dia 25 do mesmo mês, em 65 EMEIs, sendo escolhidas entre 4 e 7 de cada Diretoria Regional de Educação (DRE), levando em consideração os seguintes critérios de seleção que expressem a realidade da RMESP, como por exemplo, unidades centrais e periféricas, número de crianças atendidas, crianças com deficiência e número de escolas em cada DRE. Em cada UE serão avaliadas uma turma de Infantil I (crianças de 4 anos) e uma turma de Infantil II (crianças de 5 anos), sorteadas previamente.

O instrumento avaliativo será aplicado por um agente externo à unidade educacional, que coletará informações observando o cotidiano de uma turma de pré-escola e não se propõe a fazer ranqueamento, nem mesmo avaliar a competência dos professores mensurando as aprendizagens ou o desenvolvimento das crianças, entre outros.

Parceria com a Fundação MCSV

A parceria começa com o Plano Municipal pela Primeira Infância e, em seguida, com um acordo firmado pelo Decreto n° 58.514 de 14 de novembro de 2018, visa “garantir as condições para a articulação intersetorial dos programas, projetos e ações para o atendimento integral na primeira infância”, entre as Secretarias Municipais de Educação, da Saúde e de Assistência e Desenvolvimento Social.

Por se tratar de Acordo de Cooperação Técnica a parceria não envolve a transferência de recursos financeiros entre as partes, nem a celebração de comodato, doação de bens ou qualquer outra forma de compartilhamento de recurso patrimonial.

A próxima etapa prevê a aplicação da mesma metodologia, considerando as especificidades das crianças bem pequenas, aos Centros de Educação Infantil (CEIs), que atendem crianças de 0 a 3 anos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra parte do corpo de duas pessoas. Uma está de camiseta cinza e segura em sua mão um termômetro apontado para o pulso da outra.

Programa “POT Volta às Aulas” da SME ganha prêmio do Tribunal de Contas de SP

Publicado em: 02/12/2021 4h55 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com mapa da cidade e meninas e meninos segurando equipamentos de comunicação como câmeras fotográficas, celulares e microfones.

Evento celebra 20 anos de Educomunicação na Rede Municipal de São Paulo

Publicado em: 02/12/2021 4h08 - em Secretaria Municipal de Educação

banner da Virada Esportiva 2021 - Movimente a vida

CEUs terão programação gratuita na Virada Esportiva

Publicado em: 01/12/2021 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

bebês sentados em uma mesa de refeição

CEI Jardim Santa Tereza resgata história de funcionários e promove almoços culturais temáticos

Publicado em: 30/11/2021 12h25 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.211