Notícias

Secretaria Municipal de Educação marca presença na Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, na Itália

Prática de Educação Infantil e a política de compra e distribuição de livros foram apresentadas em evento internacional

Publicado em: 25/04/2024 13h04 | Atualizado em: 25/04/2024

foto de mulheres sentadas, explicando o conteúdo projetado em duas telas ao fundoNeste mês, uma professora que atua na Educação Infantil e formadores que compõem a equipe da Coordenadoria Pedagógica (COPED) representaram a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME-SP) na Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, na Itália. O evento é a maior feira literária do mundo dedicada ao segmento infanto-juvenil e reúne editores, agentes literários, bibliotecários, autores e ilustradores de todo o mundo.

Uma das mesas do evento, a BCFC São Paulo Connection, foi composta, majoritariamente, por profissionais da SME e reforçou a parceria com o evento. Karla Queiroz, representante do Núcleo de Leitura e Literatura da COPED, apresentou os projetos de leitura e a política de compra e distribuição de livros realizados pela SME-SP. 

Já a Ana Barbara dos Santos, representou a Divisão de Educação Infantil, e falou sobre as formações de educadores e a escrita do documento de Leitura Literária na Educação Infantil que será lançado, além de apresentar a revista Infâncias e Territórios, periódico da pasta, que reúne artigos de professoras da rede, de outras cidades e pesquisadoras da área. 

Já a presença da professora Caroline Gusmão Figueira Santesso, da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Professora Eudóxia de Barros, foi possível com a conquista do primeiro lugar no Prêmio “Leitura literária para a infância” promovido pela SME. A educadora desenvolveu o projeto “A leitura literária cotidiana e os artistas por trás das obras como forma de aproximação do livro” e apresentou sua experiência pedagógica para o público da Feira. 

“Essa experiência me faz ter ainda mais certeza de que pensar e pesquisar a autoralidade nos deixa ainda mais próximos do objeto livro. Ao percorrer a Feira, conheci uma grande amostra da produção editorial para crianças do mundo todo e pude perceber as diferentes visões de infância. Entrei em contato com outra língua, outra cultura e carrego comigo como professora e pessoa (se é possível separar os papéis) uma nova e linda bagagem, que de forma direta e indireta, alcançará as crianças”, disse a professora Carolina, que mostrará seu projeto em um minidocumentário e terá artigo publicado na Revista Infâncias e Territórios.

Na Feira de Bologna as profissionais também estiveram imersas na literatura infantil e puderam fazer visitas aos ateliês do Centro de Estudos Loris Malaguzzi, e ainda ter contato com artistas e profissionais do livro, seus processos de criação e referências. “A experiência amplia nosso olhar para os processos formativos, bem como aprofunda os critérios de escolha e seleção dos livros para as nossas unidades”, enfatiza Ana Bárbara dos Santos.

Além de representar o trabalho da SME na feira, as profissionais da COPED articularam a publicação de um artigo escrito pela pedagogista do Centro de Estudos Loris Malaguzzi na revista Infâncias e Territórios.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.460