Notícias

Rede Municipal de Ensino é referência na Educação para Surdos

Mais de 1.200 alunos são atendidos na rede municipal, que conta com profissionais capacitados para atender este público

Publicado em: 24/04/2019 12h23 | Atualizado em: 04/05/2021

Dia do Surdo_740x430.jpg

Esta semana é uma data importante para a educação e a inclusão de pessoas com deficiência. Comemora-se o Dia Nacional da Língua Brasileira de Sinais – Libras. Ainda em 1952, a Secretaria Municipal de Educação iniciou a formação educacional especificamente para este público, criando o primeiro Núcleo Educacional para Crianças Surdas, atualmente denominada Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) Helen Keller, no centro da capital.

Para se ter uma ideia, a rede municipal de educação paulistana atende 1.277 alunos surdos, dos quais 641 estão matriculados nas EMEBS, 126 nas Unidades Polo e 510 incluídos em classes comuns.

A política de atendimento da Rede Municipal de Ensino (RME) reconhece o direito dos surdos a uma Educação Bilíngue de qualidade, que respeita sua identidade e cultura. Entende a Libras como sua primeira Língua e, portanto, língua de instrução e de comunicação, e a Língua Portuguesa como segunda língua, sendo objeto de ensino da escola na modalidade escrita.

As EMEBS e Polos Bilíngues destinam-se às crianças, adolescentes, jovens e adultos com surdez, com surdez associada a outras deficiências, limitações, condições ou disfunções e surdocegueira. As unidades oferecem atendimento educacional à população nas seguintes modalidades da Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O atendimento é realizado por Professores Bilíngues com base na Pedagogia Visual, que faz uso de materiais visuais, da língua de sinais, da imagem, do letramento ou leitura visual.

As unidades educacionais contam com Instrutores de Libras que atuam como modelo linguístico e Interpretes e Guia-Intérpretes de Libras e Língua Portuguesa que proporcionam acessibilidade linguística aos alunos. Os estudantes surdos cujos pais optam por matricular seus filhos em escolas comuns são auxiliados por Intérpretes de Libras e atendidos no contra turno nas Salas de Recursos Multifuncionais por Professores de Atendimento Educacional Especializado – PAEE e Instrutores de Libras.


Educação de Surdos

Comemorando a data, a Secretaria Municipal de Educação realizou um ciclo de palestras na EMEBS Helen Keller para discutir assuntos relacionados ao tema. As palestras foram ministradas por profissionais surdos e professores que atuam na RME ou também surdos que participaram da elaboração do Currículo de Libras e Língua Portuguesa para Surdos.

Para falar sobre ensinar e aprender a Libras da Educação Infantil esteve o Luís Maurício, que é instrutor de Libras da EMEBS Madre Lucie Bray e já trabalhou também em outras unidades de educação bilíngue da RME. Ana Claudia dos Santos Camargo, da Divisão de Educação Especial da SME, falou sobre o atendimento dos surdos no ensino fundamental em escola polo bilíngue. O professor de Matemática Neivaldo Zovico falou sobre o Ensino Médio bilíngue para surdos e sua experiência com ex-aluno da EMEBS Helen Keller. A instrutora de Libras Cristiane Esteves falou sobre a elaboração do currículo de Libras para surdos da RME.

Confira a galeria de imagens clicando neste link. 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem com fundo de lego com o texto

1º Prêmio Braille Bricks Brasil da Fundação Dorina Nowill recebe inscrições de educadores 

Publicado em: 30/05/2023 5h34 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Fotografia de três mães amamentando seus bebês. Elas estão sentadas no chão com as pernas cruzadas e tomando sol com eles.

CODAE lança formulário para conceder o Selo CEI Amigo do Peito 2023

Publicado em: 29/05/2023 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de estudantes sentados em suas carteiras fazendo prova.

Rede UniCEU abre processo seletivo para coordenador de polo

Publicado em: 26/05/2023 6h10 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de fundo cinza com a marca dágua do brasão da Cidade de São Paulo - Educação em branco

Nota à Folha de S.Paulo

Publicado em: 26/05/2023 6h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto do corredor da EMEF Laerte Ramos de Carvalho, com exposição de trabalhos sobre causas sociais

EMEF Laerte Ramos de Carvalho promove exposição de trabalhos sobre causas sociais

Publicado em: 26/05/2023 4h00 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

1 2 3 4 5 1.349