Notícias

Projeto Convívio Musical na EMEF Geny Maria Pussinelli

Iniciativa tem o objetivo de fomentar o protagonismo estudantil e colocar os alunos em contato com instrumentos musicais

Publicado em: 12/04/2017 16h17 | Atualizado em: 30/11/2020

Convivio Musical_740x430.jpeg

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Geny Maria Pussinelli, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Capela do Socorro, desenvolve o projeto Convívio Musical com os alunos da Unidade Educacional. O objetivo da iniciativa é fomentar o protagonismo estudantil por meio do desenvolvimento intelectual, afetivo e social proporcionado pela educação musical e colocar os jovens em contato com alguns instrumentos musicais, como o violão e o pandeiro.

A ideia de trabalhar a música com os alunos surgiu em 2013, conta a Professora de Inglês e Sala de Leitura, Rosemeire Assunção. Segundo ela, o primeiro projeto que tinha essa intenção foi o do Coral. Esta iniciativa, no entanto, se limitava à voz e à realização de treinos e ensaios para apresentações em datas comemorativas. “Durante os encontros, percebemos a necessidade de introduzir alguns instrumentos para desenvolver a memória, coordenação motora, socialização, audição e disciplina dos alunos. Foi assim que surgiu, em 2016, o Convívio Musical”, conta Rosimeire. “Nossos encontros sempre começam com uma aula expositiva, que explica a importância da música. Em seguida, são apresentadas algumas canções aos alunos para exemplificar e sonorizar o que foi dito nesta primeira parte”, explica a Professora.

É nessa segunda parte também que a Professora entrega aos alunos os violões e os pandeiros para eles tentarem acompanhar a música que está tocando. Durante as reuniões são promovidos exercícios rítmicos, de acordes maiores e menores e de toques no pandeiro. “Também entregamos para eles folhas com cifras de violões para ensiná-los essa linguagem e utilizamos videoaulas sobre os instrumentos”, completa.

O Convívio Musical conta atualmente com a participação de aproximadamente 95 alunos do 1º ao 7º ano da Unidade e os atendimentos ocorrem ao longo da semana, nos períodos da manhã e da tarde. A Professora diz que, neste ano, aumentou a procura, por parte dos estudantes maiores, pelo aprendizado sobre a prática de algum dos instrumentos. “A ideia do convívio é para eles terem acesso à música. Alguns demonstram tanto interesse que até compram seu próprio violão. Outros gostam apenas de pegar os instrumentos e ouvir o som feito por eles”, explica.

De acordo com a Educadora, os alunos gostam do projeto e alguns já conseguem tocar alguns acordes. Em outros, a atividade está ajudando a elevar a autoestima e melhorar a concentração durante as aulas. “Não são só elas que gostam da iniciativa. O conselho da escola tem aprovado o projeto por reconhecer o seu valor. Alguns professores e outros funcionários, em momentos livres, sempre vão dar uma espiada e dizem querer aprender”, comemora Rosemeire.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

UFF prorroga prazo de inscrições para especializações oferecidas por meio da UAB

UFF prorroga prazo de inscrições para especializações oferecidas por meio da UAB

Publicado em: 14/08/2014 4h25 - em Secretaria Municipal de Educação

Aulas inaugurais da UAB

Aulas inaugurais da UAB

Publicado em: 14/08/2014 10h29 - em CEU e COCEU

1 1.210 1.211 1.212