Notícias

Programa “POT Volta às Aulas” da SME ganha prêmio do Tribunal de Contas de SP

Iniciativa contratou e qualificou mães da comunidade para contribuir com ações relacionadas à higiene e segurança dos estudantes na pandemia

Publicado em: 02/12/2021 16h55 | Atualizado em: 02/12/2021
Imagem mostra parte do corpo de duas pessoas. Uma está de camiseta cinza e segura em sua mão um termômetro apontado para o pulso da outra.

O programa “POT Volta às Aulas”, realizado pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (SMDET) foi um dos vencedores do prêmio TCESP-ODS, promovido pelo Observatório do Futuro, núcleo do Tribunal de Contas de SP. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (2).

O “POT Volta às Aulas” prevê a inserção social e produtiva de mães em situação de vulnerabilidade social por meio da realização de atividades voltadas à higiene e segurança dos alunos nas escolas na Rede Municipal de Ensino. As beneficiárias atuam no desenvolvimento de boas práticas de higienização e segurança, de aferição de temperaturas, higienização de equipamentos e ambientes de uso coletivo monitoramento e na sensibilização quanto à Covid-19 no ambiente escolar de EMEFs, ClEJAs, CEUs.

O concurso premiou boas práticas desenvolvidas para o enfrentamento da Covid-19 no âmbito da gestão pública. As ações foram avaliadas segundo critérios como obtenção dos resultados almejados e alcançados; aderência aos ODS; criatividade; economia; replicabilidade; impacto social; caráter inovador e participação popular.

Os projetos estavam relacionados a um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), metas definidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o crescimento econômico com inclusão social e proteção ao meio ambiente.

“Queremos estimular iniciativas que incorporem a Agenda 2030 da ONU e ainda facilitar o intercâmbio de boas ideias. Só unindo esforços poderemos superar esse vírus que já vitimou tantos brasileiros”, afirmou a coordenadora do Observatório, Manuela Prado Leitão.

Para o secretário municipal da Educação, Fernando Padula, o trabalho das mães teve um papel fundamental no retorno das crianças para a escola. “Por serem da própria comunidade, elas conseguiam ter a confiança das famílias de forma mais fácil e com isso o trabalho deu excelentes resultados”, disse o secretário da Educação, Fernando Padula.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Seminário de Práticas Corporais

Seminário de Práticas Corporais

Publicado em: 17/11/2015 5h19 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

DRE Guaianases realiza mesa redonda para dar mais consistência ao Programa “Mais Educação São Paulo”

DRE Guaianases realiza mesa redonda para dar mais consistência ao Programa “Mais Educação São Paulo”

Publicado em: 17/11/2015 2h07 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Projeto Pintura em Tela do CEU Três Pontes

Projeto Pintura em Tela do CEU Três Pontes

Publicado em: 17/11/2015 1h39 - em Diretoria Regional de Educação São Miguel

Escolas da DRE Capela do Socorro partilham experiências de robótica e educomunicação

Escolas da DRE Capela do Socorro partilham experiências de robótica e educomunicação

Publicado em: 16/11/2015 4h47 - em Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro

Educomunicação Socioambiental promove cooperação entre escolas

Educomunicação Socioambiental promove cooperação entre escolas

Publicado em: 16/11/2015 3h54 - em Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro

1 1.380 1.381 1.382 1.383 1.384 1.426