Notícias

Professor da Rede Municipal é finalista em prêmio internacional de Educação

Com o projeto "Aula Pública", Paulo Magalhães foi selecionado entre mais de 200 mil iniciativas inscritas pelo mundo

Publicado em: 20/10/2021 16h59 | Atualizado em: 20/10/2021
Professor Paulo veste blusa vermelha e caminha entre dois alunos sendo uma menina com blusa rosa e calça jeans à sua direita e um menino de camiseta e bermuda preta à esquerda. Eles andam em um corredor estreito do bairro da Liberdade olhando para os imóveis. Uma das casas tem paredes brancas e a outra colorida com a pintura de uma menina negra.

Mesmo durante a pandemia o professor continuou as aulas públicas com os estudantes que estavam frequentando as atividades presenciais (Foto: Arquivo Pessoal)

A expectativa pela chegada do dia 24 de outubro tem feito parte dos dias do professor de geografia Paulo Magalhães, da EMEF Duque de Caxias, que fica no bairro da Liberdade, no Centro da Capital. O motivo da espera é o evento de anúncio dos vencedores do Global Teacher Award, prêmio internacional em que o docente da rede municipal é finalista.

O projeto inscrito por ele, que foi selecionado entre mais de 200 mil inscrições em 110 países, é o “Aula Pública” em que ele leva os estudantes para conhecerem diferentes locais do bairro, suas histórias e aproximar a escola da comunidade. “A ideia nasceu a partir das questões sociais que eu percebia entre os alunos. Minhas aulas aconteciam dentro da sala, mas eu vi que as crianças tinham problemas em reconhecer os espaços comuns, por isso decidi sair com as turmas e contar mais sobre a história em lugares que faziam parte da rotina, mas a maioria pouco conhecia”, conta ele.

Em uma área vulnerável da cidade como a região do Glicério, o projeto tem sido uma forma de fazer com que as crianças e adolescentes desenvolvam o pertencimento pelo lugar onde vivem. Desde que iniciou a ação, o professor tem percebido uma mudança de comportamento dos estudantes. “Conseguimos aproximar a escola do bairro, inclusive os alunos que eram mais arredios, por isso é tão importante ter o reconhecimento desse projeto”, comentou o professor.

Imagem mostra professor e alunos em uma escadaria durante aula aberta. Ao fundo, um muro grafitado com palavras e cores

Com o projeto “Aula Pública”, Paulo Magalhães foi selecionado entre mais de 200 mil iniciativas inscritas pelo mundo (Foto tirada antes da pandemia/Thiago Reivax)

Premiação será transmitida ao vivo
Com 10 anos de existência, o Global Teacher Award tem como objetivo identificar professores em todo o mundo que tenham práticas que contribuem para o desenvolvimento dos alunos e suas comunidades dentro e fora da sala de aula. O evento que vai revelar o nome do vencedor acontece online neste domingo (24), às 16h, na página da AKS Education Awards no Facebook e no canal do YouTube.

Outros prêmios
Com a iniciativa, o professor Paulo também já foi reconhecido outras vezes. Ele foi o vencedor do prêmio de Direitos Humanos da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo em 2018, além de primeiro lugar na categoria Comunidade de Aprendizagem do Instituto Natura, onde ganhou uma bolsa de estudo pela Universidade de Barcelona.

Imagem mostra professor com um mapa nas mãos explicando conteúdo para os alunos. Grupo está em um local aberto e há uma parece amarela com desenhos ao fundo

Professor leva os estudantes para as ruas do bairro da Liberdade, no Centro, para ensinar sobre geografia (Foto tirada antes da pandemia/Thiago Reivax)

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.450