Notícias

Prefeitura de SP garante refeições a estudantes da Rede Municipal durante recesso escolar no mês de julho

Neste ano, pela primeira vez serviço será estendido para todo o período de férias; expectativa é atender 13 mil estudantes diariamente

Publicado em: 01/07/2022 12h35 | Atualizado em: 13/07/2022
Merendeira servindo refeição para estudante

Para garantir a segurança alimentar dos estudantes, a Prefeitura de São Paulo vai oferecer refeições diárias aos estudantes da Rede Municipal durante o período de recesso escolar entre os dias 11 a 22 de julho. Elas serão servidas em 52 polos distribuídos pela capital onde ocorre o Recreio nas Férias.

O Recreio nas Férias é um programa que está em sua 40ª edição e oferece atividades recreativas para crianças e adolescente de 4 a 14 anos. Ele será realizado entre os dias 11 a 15 de julho em duas EMEFs, três CECIs, duas associações e 45 CEUs.

Todos os participantes, que inclui estudantes da Rede Municipal e comunidade em geral, terão acesso a três refeições diárias, sendo café da manhã, almoço e lanche da tarde. A expectativa é atender 13 mil estudantes todos os dias.

No café da manhã e no lanche serão servidos pães com proteína, como queijo e carne, sucos e frutas. Para o almoço, o cardápio vai incluir itens como carne bovina, carne suína, peixe, frango, ovos, legumes e verduras.

Neste ano, pela primeira vez mesmo após o término do Recreio nas Férias, as refeições vão continuar sendo servidas entre os dias 18 a 22 de julho nos mesmos polos em que foi realizado o programa. Crianças e adolescentes que participaram das atividades podem voltar a esses polos para almoçar, e em seguida levar um kit de frutas para casa.

No dia 25 de julho, as aulas regulares serão retomadas na Rede Municipal, junto com o fornecimento da merenda escolar.

Distribuição de 400 mil cestas básicas

Outra ação da Prefeitura é a distribuição de 407.444 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade de estudantes da Rede Municipal. A ação ocorre por meio de uma parceira entre Secretaria de Educação (SME), Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) e a São Paulo Turismo (SPTuris).

Serão beneficiados 322.048 estudantes classificados na faixa de extrema pobreza e outros 85.503 na condição de pobreza. Todos as famílias estão com o cadastro ativo no CadÚnico. A distribuição será feita por meio de 3.800 escolas da Rede Municipal.

As cestas básicas são compostas por dois pacotes de leite em pó; um pacote de arroz tipo 1; um pacote de feijão; um pacote de farinha de mandioca; um pacote de açúcar; um óleo de soja; um pacote de sal; um pacote de macarrão; uma caixa de polpa/purê de tomate; e duas latas de sardinha em óleo.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia da fachada da escola com a imagem de uma mulher negra grafitada na parede

Arte, memória e representatividade são estampados nos muros da escola

Publicado em: 03/10/2022 5h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de um palco com cortinas vermelhas e um telão com a imagem de Paulo Freire onde se lê

Semana Paulo Freire discute práticas para a Educação de Jovens e Adultos

Publicado em: 03/10/2022 4h41 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

Fotografia mostra 5 estudantes que estão sentados à frente de notebooks. Na mesa vemos mouses, fios e headset.
Naapa
Fotografia de crianças em um ambiente escuro brincando com luzes, lanternas e objetos luminosos

CEI Parque Fernanda cria espaço na unidade para crianças terem Experiências com Luzes

Publicado em: 29/09/2022 3h25 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.285