Notícias

Prefeitura de SP garante refeições a estudantes da Rede Municipal durante recesso escolar no mês de julho

Neste ano, pela primeira vez serviço será estendido para todo o período de férias; expectativa é atender 13 mil estudantes diariamente

Publicado em: 01/07/2022 12h35 | Atualizado em: 13/07/2022
Merendeira servindo refeição para estudante

Para garantir a segurança alimentar dos estudantes, a Prefeitura de São Paulo vai oferecer refeições diárias aos estudantes da Rede Municipal durante o período de recesso escolar entre os dias 11 a 22 de julho. Elas serão servidas em 52 polos distribuídos pela capital onde ocorre o Recreio nas Férias.

O Recreio nas Férias é um programa que está em sua 40ª edição e oferece atividades recreativas para crianças e adolescente de 4 a 14 anos. Ele será realizado entre os dias 11 a 15 de julho em duas EMEFs, três CECIs, duas associações e 45 CEUs.

Todos os participantes, que inclui estudantes da Rede Municipal e comunidade em geral, terão acesso a três refeições diárias, sendo café da manhã, almoço e lanche da tarde. A expectativa é atender 13 mil estudantes todos os dias.

No café da manhã e no lanche serão servidos pães com proteína, como queijo e carne, sucos e frutas. Para o almoço, o cardápio vai incluir itens como carne bovina, carne suína, peixe, frango, ovos, legumes e verduras.

Neste ano, pela primeira vez mesmo após o término do Recreio nas Férias, as refeições vão continuar sendo servidas entre os dias 18 a 22 de julho nos mesmos polos em que foi realizado o programa. Crianças e adolescentes que participaram das atividades podem voltar a esses polos para almoçar, e em seguida levar um kit de frutas para casa.

No dia 25 de julho, as aulas regulares serão retomadas na Rede Municipal, junto com o fornecimento da merenda escolar.

Distribuição de 400 mil cestas básicas

Outra ação da Prefeitura é a distribuição de 407.444 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade de estudantes da Rede Municipal. A ação ocorre por meio de uma parceira entre Secretaria de Educação (SME), Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS), Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) e a São Paulo Turismo (SPTuris).

Serão beneficiados 322.048 estudantes classificados na faixa de extrema pobreza e outros 85.503 na condição de pobreza. Todos as famílias estão com o cadastro ativo no CadÚnico. A distribuição será feita por meio de 3.800 escolas da Rede Municipal.

As cestas básicas são compostas por dois pacotes de leite em pó; um pacote de arroz tipo 1; um pacote de feijão; um pacote de farinha de mandioca; um pacote de açúcar; um óleo de soja; um pacote de sal; um pacote de macarrão; uma caixa de polpa/purê de tomate; e duas latas de sardinha em óleo.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Ilustração de uma jovem negra que é personagem da Revista Jovenilda e sua turma
fotos dos itens que compõe o uniforme das escolas da prefeitura de São Paulo
Fachada de uma Escola Tecnica Estadual - Etec

Aluno da EMEF Coelho Neto conquista primeiro lugar em curso da ETEC São Mateus

Publicado em: 27/01/2023 11h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de crianças da Emebs Lucie Bray fazendo pintura em plástico transparente. Uma professora os auxilia
fotografia de auditório com aReunião De Planejamento

SME promove Organização Pedagógica de 2023

Publicado em: 24/01/2023 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.311