Notícias

Prefeitura de SP está com matrículas abertas para a EJA – 2024

Cadastros podem ser feitos nas escolas durante o ano todo

Publicado em: 31/01/2024 15h32 | Atualizado em: 31/01/2024
Foto de 4 estudantes jovens e adultos

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação – SME, está com matrículas abertas para aqueles que estejam interessados em retomar os estudos no Ensino Fundamental. Durante todo o ano letivo é possível realizar a matrícula para frequentar uma das modalidades da EJA, basta comparecer à secretaria da unidade educacional mais próxima.

A Educação de Jovens e Adultos – EJA é uma modalidade da Educação Básica destinada aos jovens, adultos e idosos, com 15 anos completos ou mais, que não tiveram acesso ou não concluíram o Ensino Fundamental (1° ao 9° anos) e, atualmente, disponibiliza 5 formas de atendimento, em diversos horários:

  • EJA Regular: oferecida nas escolas da Rede Municipal de Ensino, durante o período noturno, das 19h00 às 23h00 (período de 4 horas).
  • Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos – CIEJA: funciona nos períodos da manhã, tarde e noite, com um horário obrigatório de aulas presenciais de 2 horas e 15 minutos por dia.
  • EJA Modular: oferecida à noite, com aulas presenciais obrigatórias de 2 horas e 15 minutos por dia.
  • Movimento de Alfabetização de São Paulo – MOVA-SP: oferecido em unidades conveniadas, com turmas de alfabetização, em espaços não escolares. As aulas ocorrem nos períodos da manhã, tarde e noite, de segunda a quinta-feira, com a duração de 2 horas e 15 minutos.
  • Centro Municipal de Capacitação e Treinamento – CMCT: oferece cursos profissionalizantes de curta duração, em duas unidades em São Miguel Paulista, Zona Leste de São Paulo.

Para ser feita a matrícula, o(a) estudante deve ter em mãos o RG (original e cópia), CPF, comprovante de endereço (original e cópia), comprovante de escolaridade (histórico escolar ou declaração de transferência emitida pela escola de origem, se houver).

As matrículas podem ser realizadas nas próprias Unidades Educacionais, durante o ano todo, a todos que queiram iniciar, dar continuidade ou concluir o Ensino Fundamental.

Caso o(a) interessado(a) não possua os documentos no ato da matrícula, ele pode levá-los à secretaria da escola após o momento da inscrição.

A Rede Municipal de Ensino de São Paulo também atende o Programa Transcidadania, em parceria com as Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania – SMDHC, com o objetivo de promover a reintegração social e o resgate da cidadania para travestis, mulheres transexuais e homens trans em situação de vulnerabilidade. O programa conta, hoje, com 810 vagas, pagamento de auxílio mensal de R$ 1.482,00 por até dois anos, com a obrigatoriedade de se matricular nos ensinos fundamental e médio, além da possibilidade de frequentar cursos de qualificação profissional e participar de atividades diversas, como palestras e seminários.

Acesse aqui e conheça mais sobre a EJA

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 4 1.440