Notícias

Prefeitura de SP distribui 7 milhões de livros para programas Minha Biblioteca e Acervos para Salas e Espaços de Leitura

Entre os itens adquiridos, há clássicos como ‘Torto Arado’, além de obras infantis de Emicida e Bell Hooks

Publicado em: 29/04/2022 12h21 | Atualizado em: 02/05/2022
Fotografia de vários livros empilhados sobre caixas com pessoas ao fundo usando aventais vermelhos.

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o secretário municipal de Educação, Fernando Padula, anunciaram nesta sexta-feira (29) a distribuição de 7 milhões de livros literários para as escolas da Rede Municipal de São Paulo. O evento foi realizado no CEU Capão Redondo.

Os títulos foram adquiridos para os programas Minha Biblioteca e Acervos para Salas e Espaços de Leitura que beneficiam 1 milhão de estudantes de todas as etapas do ensino. A distribuição termina no início do mês de maio.

Os livros estão acomodados em um galpão em Guarulhos, de onde parte a logística de distribuição. Cerca de 300 pessoas trabalham na separação e empacotamento dos títulos que chegarão até as unidades educacionais de toda a capital.

Dos 7 milhões de títulos adquiridos pela SME, o número recorde de 5 milhões será destinado ao programa Salas e Espaços de Leitura que completa 50 anos agora em 2022. Essa quantidade é três vezes maior do que a adquirida no ano anterior. Os títulos vão compor e renovar os acervos das escolas.

Os outros 2 milhões serão distribuídos por meio do programa Minha Biblioteca, que prevê que cada estudante, de todos os anos, leve para casa dois livros para compor sua biblioteca pessoal. Neste ano, pela primeira vez, o Ensino Médio e EJA serão contemplados.

As obras foram escolhidas por uma comissão formada por 136 pessoas, entre professores, gestores e sociedade civil, que fizeram a seleção a partir de um montante de 4.500 títulos. Entre os critérios estabelecidos em edital, há a possibilidade de ampliação cultural do estudante e a prevalência da intenção literária sobre a pedagógica.

Entre os títulos adquiridos, estão 741.333 exemplares de 178 livros diferentes que tratam temáticas étnico-raciais dirigidas a diferentes faixas etárias. Para crianças há, por exemplo, obras como “Meu Crespo é de Rainha”, de Bell Hooks, “E foi assim que eu e a escuridão ficamos amigas”, de Emicida, e “O Pequeno Príncipe Preto”, de Rodrigo França. Destinados aos alunos do ensino fundamental e médio, há obras como “Torto Arado”, romance premiado de Itamar Vieira Junior, “Miss Davis”, que conta a história da ativista Angela Davis, entre outros.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Grupo de homens idosos em uma quadra poliesportiva

CEUs se classificam para etapa regional do Jogos Estaduais da Melhor Idade

Publicado em: 17/05/2022 11h38 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma sala de aula onde os estudantes estão em grupo ao redor de suas mesas e fazem atividades com materiais reciclados como garrafas pet, tampinhas, papeis, entre outros.

Estudantes transformam recicláveis em brinquedos e aprendem sobre sustentabilidade 

Publicado em: 17/05/2022 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem aérea da Horta Ceu Heliópolis

CEU Heliópolis promove Festa do Plantio com construção de horta pedagógica

Publicado em: 16/05/2022 6h10 - em Secretaria Municipal de Educação

Capa da exposição. Está escrito

Estudantes repensam Semana da Arte e questionam história em exposição no Municipal

Publicado em: 16/05/2022 5h21 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de mãe amamentando seu bebê. Ela está sentada em uma almofada vermelha e amarela

SME abre inscrições para campanha CEI Amigo do Peito 2022

Publicado em: 16/05/2022 8h34 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.237