Notícias

Prefeitura aumenta raio de atendimento para transporte escolar e anuncia acréscimo de 75% de estudantes beneficiados

Bebês e crianças que moram a 1,5 km da escola passarão a ser atendidos, atualmente regra em vigor é de 2 km; medida é válida para 2023 após novo credenciamento dos veículos

Publicado em: 10/05/2022 11h41 | Atualizado em: 11/05/2022
Imagem de uma perua escolar com crianças e o motorista dentro. Na porta e lateral do veículo está escrito: "TEG - Escolar".

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, e o secretário de Educação, Fernando Padula, assinaram nesta segunda-feira (9) o decreto que aumenta o raio de distância de estudantes atendidos pelo Programa de Transporte Escolar Municipal Gratuito (TEG) a partir do ano letivo de 2023. O investimento será de R$ 4,9 milhões por mês.

Com a mudança, os alunos que moram a partir de um quilômetro e meio da escola em que estão matriculados, passarão a ter direito ao transporte. Hoje, pela legislação em vigor são atendidos os alunos cuja distância é de dois quilômetros. Ao ampliar o raio de atendimento em 500 metros, a Prefeitura passará a atender, a partir do ano que vem, mais 22 mil estudantes, saltando de 29 mil para 51 mil, um aumento de 75%.

No total, hoje são contemplados mais de 81 mil estudantes de 0 a 12 anos. Destes, 29 mil moram, no mínimo, a dois quilômetros da unidade educacional, respeitando a legislação em vigor. O restante são alunos com deficiência, doenças crônicas em que há indicação médica de necessidade de transporte para ir e voltar da escola, ou ainda, têm barreiras físicas no meio do trajeto.

Com a nova regra, a Prefeitura atenderá na totalidade 103 mil bebês e crianças de 0 a 12 anos. O transporte é feito tanto para as aulas regulares quanto para as atividades oferecidas no contraturno, garantindo acesso e permanência das crianças à educação.

A distância entre a casa e a escola do aluno é calculada automaticamente pelo sistema Escola Online (EOL). Por isso, a partir do ano que vem os estudantes que fizerem a rematrícula ou matrícula na Rede Municipal e estiverem dentro da regra do programa, serão acionados pela escola.

Para o secretário da Educação, Fernando Padula, a ampliação do programa é mais um fator para garantir que as crianças cheguem às escolas de forma segura. “A distância da casa entre a escola não pode ser impeditivo de acesso e permanência. Nosso trabalho é de garantir de todas as formas que essa criança vá para a escola e aprenda.”

Credenciamento de veículos

Para atender a nova demanda, a Prefeitura vai abrir o credenciamento de novos veículos. A expectativa é contratar aproximadamente até outros 1.000 novos veículos para fazer o transporte. Hoje a Prefeitura já possui 2.975 carros cadastrados no programa.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Menina olha para tabuleiro de xadrez e movimenta uma peça com sua mão direita.

Cerca de 2 mil estudantes participam da Final Municipal de Xadrez Individual

Publicado em: 27/09/2022 4h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra as mãos com um punhado de terra próximas de um broto de árvore que está no centro da imagem. Ao fundo, raios de sol sol e folhas verdes desfocados.

SME abre inscrições para curso sobre sustentabilidade e consumo consciente

Publicado em: 27/09/2022 3h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
1 2 3 1.283