Notícias

Poetas do Tietê realizam oficina no Tamandaré

Alunos participam de atividades de poesia

Publicado em: 18/09/2018 18h31 | Atualizado em: 30/11/2020

poetas_tiete_740_x_430.jpg

Por Imprensa Jovem Rádio Calafrio

O mês de setembro continua recheado de atividades poéticas na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Almirante Tamandaré, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Jaçanã/Tremembé! Após receberem os poetas do Slam da Norte, os alunos participaram no dia 11 de uma oficina de poesia com os Poetas do Tietê.

“O que te provoca?”, que tal começar uma oficina com uma pergunta tão simples, mas ao mesmo tempo tão intrigante? Foi assim que os Poetas do Tietê, grupo formado em 2008, que trabalha com Poesia na Faixa, além de vídeos poemas postados no Youtube, começaram a interagir com os pequenos poetas do sexto ao nono ano.

“Os poetas passavam de mesa em mesa na sala de leitura pra gente contar nossa história, algo que a gente viu na televisão e que nos deixou intrigados. Depois, cada um de nós escreveu uma ou duas palavras sobre esse acontecimento e escolhemos uma para fazer um poema”, comentou Letícia Vieira Cordeiro, do nono ano.

A oficina foi organizada pela professora Carolina Cortinove, da Sala de Leitura, que também está organizando a terceira edição do Campeonato de Poesia Slam da escola. “Acredito que a Educação tem a função de ensinar, mas também tem principalmente a função de levar as pessoas a refletir e a questionar. A poesia leva a pessoa à reflexão, a cada um ter seu próprio julgamento”, disse Paulo D’Áuria, um dos coordenadores do grupo Poetas do Tietê, sobre o papel da poesia na escola.

Mas, afinal, por que o nome “Poesia na Faixa”? Não fique admirado se no meio do trânsito caótico ao invés de buzinas você ouvir poesias! Isso porque todo mês os Poetas do Tietê declamam e distribuem gratuitamente poesia nas faixas de pedestres pelas ruas da cidade de São Paulo. “A poesia não foi feita para ficar na prateleira, a poesia é pra gente se expressar, discutir e conversar. Achei a turma super dinâmica, todos entraram na proposta, todos se propuseram a escrever e a participar da conversa”, observou a poeta Cissa Lourenço, do coletivo Poetas do Tietê.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.212