Notícias

Plateia SME e Plateia SME Convida – edição de 11 de maio

Confira os contemplados

Publicado em: 12/05/2016 18h55 | Atualizado em: 04/12/2020

Hoje, edição do Plateia SME e Plateinha, com os espetáculos: “Gilberto Gil, Aquele Abraço – O Musical”, “Sala dos Professores”, “Musical Mamonas” e “Fora do Mundo”, “Com Amor, Brigitte”, “Chapeuzinho vermelho” “O Semeador”, “A Galinha Pintadinha em Ovo De Novo”, “Contrações”, “Vamos Fazer Juntos Um Mundo Melhor”, “Rapunzel”, “Os Realistas”, “Um Bonde Chamado Desejo”, “Jogo Aberto” e “O Canto da Minha Terra – Ballet Stagium”.
Além da edição do Plateia SME e Plateinha, com diversos espetáculos, o Plateia SME Convida para o “Concerto Didático” no Theatro Municipal de São Paulo”.

Confira os contemplados da edição de 11 de maio do Plateia SME e Plateinha

Confira os contemplados da edição de 11 de maio do Plateia SME Convida

Confira os contemplados na peça “Vamos Fazer Juntos um Mundo Melhor”

Plateia SME CONVIDA!

CONCERTO DIDÁTICO – Theatro Municipal de São Paulo

Os concertos didáticos têm por objetivo a introdução, aproximação e apreciação de jovens com a música de concerto, que pode estar mais presente em nosso dia-a-dia do que imaginamos. Seja em uma trilha sonora de filmes, em desenhos animados, ou em clássicos que embalam nossos pés por um salão de dança! Essa temporada será realizada pela Orquestra Experimental de Repertório, que em sua trajetória possui uma programação criativa, além de proporcionar a possibilidade de profissionalização de jovens instrumentistas, pois tem papel fundamental no projeto de integração que nasce na Escola Municipal de Música, passando pelas orquestras Infanto-Juvenil e Jovem Municipal de São Paulo, e que tem como objetivo preparar músicos de excelência para as grandes orquestras profissionais, como a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo. Com regência do Maestro e Educador Carlos Moreno e com a participação de Dr. Zinho – Wellington Nogueira fundador do Doutores da Alegria – serão apresentadas obras de Johan Strauss, reconhecido, dentre tantos trabalhos, por suas valsas e operetas, e Mozart, grande gênio revelado ainda na infância.

Programa:
Johann Strauss – UNTER DONNER UND BLITZ, OP. 324 (Sob trovões e raios)
W.A. Mozart – Sinfonia nº40 (Minueto)
Johann Strauss – da ópera Wiener Blut: (Sangue Vienense)
Johann Strauss – da ópera Der Zigeunerbaron: (O Barão Cigano) – ABERTURA
Johann Strauss – Élien a Magyar – POLKA SCHNELL, OP. 33245

Classificação: Livre
Gênero: Concerto
Duração: 45 minutos
Data: 16 de maio, segunda-feira, às 19h30 

Visita Monitorada no Theatro Municipal: Para os servidores interessados em conhecer o Theatro, a partir das 17h a equipe da Ação Educativa do Theatro Municipal de São Paulo irá recepcionar os servidores e, a cada meia hora, pequenos grupos serão montados entre eles para fazerem uma visita educativa. Por ser um dia de semana, os professores podem ir chegando conforme saem das escolas. Durante a visita a equipe de Ação Educativa abordará os aspectos artísticos, históricos e arquitetônicos do Theatro, com apontamentos e aspectos que possam ajudar a abordagem e introdução desses conteúdos em sala de aula, visando proporcionar aos alunos uma experiência mais aprofundada e proveitosa da atividade que estará por vir. E em seguida, às 19h30, iniciar-se-á o concerto.

Local: Theatro Municipal de São Paulo
Endereço: Praça Ramos de Azevedo, s/n – República, São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Fundação Theatro Municipal de São Paulo
03 ingressos por inscrito

Obs.: Os servidores inscritos no Plateia SME Convida, poderão se inscrever em outro evento para esta e para a próxima semana, simultaneamente.


Plateia SME

GILBERTO GIL, AQUELE ABRAÇO – O MUSICAL

O espetáculo que homenageia os 50 anos de carreira do cantor e compositor Gilberto Gil. A tríade “O poeta, a canção e o tempo” conduz um musical que abraça uma carreira de sucesso. Sem pretensões biográficas, uma grande homenagem a um dos maiores ícones da música brasileira é feita através de sua própria obra, ora falada, ora cantada por oito atores músicos multi-instrumentistas. “Gilberto Gil, Aquele Abraço – O Musical” lança um olhar contemporâneo às canções do artista, que refletem sobre seu tempo, a história da música nacional e do próprio país. Ao todo, 55 músicas são cantadas total ou parcialmente pelos atores/músicos, que tocam 41 diferentes tipos de instrumentos em cena, enquanto outras 30 aparecem total ou parcialmente em forma de texto. Projeções em vídeo trazem o lado multimídia para o palco, ajudando a ambientar os momentos retratados. O resultado é uma montanha russa de emoções que podem ser sentidas pelo público durante toda a apresentação, em um musical único e imperdível. Direção: Gustavo Gasparani.

Classificação: 12 anos (nudez velada)
Genero: Musical
Duração: 1h50 minutos

Data: 12 de maio, quinta, às 21h00 
Data: 13 de maio, sexta, às 21h00 
Data: 14 de maio, sábado, às 21h30 
Data 15 de maio, domingo, às 18h

Local: Teatro Procópio Ferreira
Endereço: Rua Augusta, 2823 – Jardins – São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Chaim XYZ Produções
02 ingressos por inscrito

O MUSICAL MAMOMAS ASSASSINAS

Há 20 anos cinco garotos de Guarulhos viravam a música brasileira de ponta cabeça. Em uma carreira meteórica os Mamonas Assassinas fizeram história por sua irreverência, conquistando o país através de um escrachado rock’n roll combinado com diversos ritmos e letras bem humoradas.
Os mesmos jovens que encantaram, também comoveram pela maneira abrupta que tiveram suas carreiras interrompidas. Agora imagine se os Mamonas pudessem contar sua própria história?
Com direção do premiado José Possi Neto, o musical apresenta a mesma irreverência e o mesmo escracho que Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio demonstravam dentro e fora dos palcos, representados pelos atores Ruy Brissac, Adriano Tunes, Yudi Tamashiro, Elcio Bonazzi e Arthur Ienzura, todos escolhidos em audições.
O Musical Mamonas é em primeiro lugar, uma grande brincadeira com o gênero musical biográfico. Convocados pelo anjo Gabriel para uma importante missão, dar um jeito na caretice que tomou conta da vida dos brasileiros, Bento, Dinho, Júlio, Samuel e Sergio resolvem contar em um musical como conseguiram passar pelo estreito funil do show business: na base da persistência e da corajosa aceitação de suas personalidades um tanto quanto divertidas.
O musical traz também músicas de bandas que fizeram a cabeça dos cinco rapazes e marcaram a década de noventa, como Titãs, Legião Urbana, Engenheiros do Hawaii, Guns’n Roses, Rush e ainda reserva espaço para paródias e músicas originais compostas para o espetáculo O Musical Mamonas.

Classificação: 12 anos
Gênero: comédia musical
Duração: 120 min.

Data: 12 de maio, quinta-feira, às 21h30 

Local: TEATRO DA FECOMÉRCIO – SALA RAUL CORTEZ
Endereço: Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 2 andar – Bela Vista.
Realização: Miniatura 9
02 ingressos por inscrito


COM AMOR, BRIGITTE

A atriz francesa Brigitte Bardot veio ao Brasil nos anos 60 e sua visita à Búzios ficou internacionalmente conhecida. O que pouca gente sabe é que antes de chegar ao balneário, a atriz teve de ficar quatro dias reclusa em um apartamento no Rio de Janeiro para fugir do intenso assédio da imprensa e dos fãs, que a aguardavam já na pista do aeroporto do Galeão. Nos anos 60, Brigitte Bardot era considerada um ícone da beleza, da sensualidade e da moda. Ditava, junto com outros artistas, o comportamento daquela época. No entanto, ela não conseguiu carregar o peso dessa alcunha e se retirou do show business, muito em função da obsessiva ação da mídia que devassava sua vida pessoal.
No texto de Franz Keppler, encomendado por Bruna e Fabio, o episódio foi transportado para o apartamento de um camareiro de hotel para onde ela foge depois de uma conturbada passagem pelo Copacabana Palace. O encontro inusitado entre dois mundos completamente diferentes – e ao mesmo tempo tão iguais – é o mote da narrativa. O personagem masculino da peça também tem como função questionar Brigitte sobre o endeusamento de artistas e celebridades, criando assim um panorama para que pensemos: “Por que você é mais do que eu?” Como valorar uma pessoa e considerá-la mais importante do que outras?

Recomendação: 16 anos
Gênero: comédia dramática

Data: 13 de maio, sexta, às 21h 
Data: 15 de maio domingo, às 19h 

Local: Teatro do MASP – Pequeno Auditório
Endereço: Avenida Paulista, 1578
Realização: Morente Forte
Obs.: 02 ingressos por inscrito


SALA DOS PROFESSORES

No cenário que dá título à tragicomédia, professores de um colégio particular se refugiam da turba estudantil nos horários de intervalo e trocam impressões sobre suas conturbadas vidas pessoais e sobre os massacrantes desafios impostos na rotina escolar. A revolta contra a falta de reconhecimento e as imposições da Sociedade Mantenedora que administra o colégio são os pretextos para que um jogo de revelações seja deflagrado com desdobramentos trágicos.

Classificação: Livre
Gênero: Tragicomédia

Data: 15 de maio, domingo, às 18 h 

Local: Espaço elevador
Endereço: Rua Treze de Maio, 222 – Bela Vista,
Realização: Cia Elevador de Teatro Panorâmico
Obs.: 02 ingressos por inscrito

UM BONDE CHAMADO DESEJO

A encenação de uma peça como Um Bonde Chamado Desejo, em uma metrópole culturalmente pulsante como São Paulo, mais de doze anos após a última montagem, é fato que por si só justifica sua importância cultural.
A história criada por Tennessee Williams narra a decadência de Blanche Dubois, que se abriga na casa da irmã Stella para fugir do passado e se depara com seu vulgar cunhado Stanley. Marlon Brando e Jessica Tandy interpretaram, em 1947, na Broadway, dirigidos por Elia Kazan, os protagonistas que aqui serão representados por Maria Luisa Mendonça e Eduardo Moscovis. O texto ganharia notoriedade mundial no cinema, quatro anos depois, quando o mesmo Kazan dirigiu a adaptação cinematográfica com Brando e Vivian Leigh nos papéis principais.
Na trama, a sonhadora e atormentada Blanche DuBois muda-se para a casa da irmã, Stella, no estado norte americano de New Orleans, para logo entrar em violento embate com a brutalidade de seu cunhado, Stanley. Na tensão entre a carnalidade bestial de Stanley e o espírito etéreo de Blanche, ergue-se a mais pungente e bela metáfora do duelo entre o sonho e a realidade, entre a alma e o corpo, que o teatro já produziu.
Com direção de Rafael Gomes, completam o elenco Donizeti Mazonas (no papel de Harold Mitchell) e Virgínia Buckowski (no papel de Stella Kowalski), além dos atores Fabrício Licursi, Fernanda Castello Branco e Matheus Martins.

Duração: 110 minutos
Classificação: 14 ANOS
Gênero: Drama

Data: 13 de maio, sexta, às 21h
Data: 14 de maio, sábado, às 21h 
Data: 15 de maio, domingo, às 18h

Local: TEATRO TUCARENA
Endereço: Rua Monte Alegre, 1024 (entrada pela Rua Bartira) – Perdizes
Empresa Parceira: Morente Forte
Obs.: 02 ingressos por inscrito

FORA DO MUNDO

Espetáculo baseado na verídica história de D. Sebastiana de Mello Freire, carinhosamente tratada por D. Yayá, que nasceu em 1887 e morreu em 1961 aos 74 anos, dos quais 42, ela viveu no casarão da Rua Major Diogo, confinada pelos parentes, interditada judicialmente e dada como louca. Possuía um patrimônio, avaliado à época em cerca de US$4 milhões.
A peça acontece em dois planos: o da realidade que mostra o último dia da vida de D. Yayá e o da memória onde ela revive sua vida e suas angústias. Ficha técnica Texto e Direção – Analy Alvarez, Direção de Produção – Mario Sergio Loschiavo, Elenco: Miriam Mehler, Mara Faustino, Vinicius Calamari, Mariana Blanski, Cibele Troyano, Vivi Gonçalves, Fernanda Oliveira, Wagner Vaz, Antônio Natal.

Recomendação: 16 anos
Gênero: drama
Duração: 70 min.

Data: 13 de maio, sexta-feira, às 21h 

Local: Teatro Top
Endereço: Rua Rui Barbosa, 201 – Bela Vista – 2309-4102
Realização: MS39 Produções Ltda
Obs.: 02 ingressos por inscrito

O SEMEADOR

Este texto traz, de maneira intensa, uma alegoria da realidade vivida por cada um de nós. Na busca por um tema verossímil, que levasse o público a uma reflexão do atual momento em que vive a humanidade no que diz respeito à educação, valores sociais, choque de gerações, abandono e dissolução familiar, Gabriel Chalita apresenta a peça O Semeador, que traz as visões de dois professores de gerações diferentes sobre como encarar a vida e suas dificuldades.
Chalita afirma ser grato por ter abraçado o ofício de professor. “Esta peça nasceu do desejo de partilhar o que aprendi com os meus professores e com a minha profissão nas salas de aula em que tenho a oportunidade de estar. Uma homenagem aos professores. Uma homenagem à prosa dos que se permitem prosear, ao enlaçar das mãos, ao caminhar juntos”, conclui o autor.
Com esta peça, o diretor Hudson Glauber tem a intenção de resgatar valores do ser-humano, que se perderam ou estão se perdendo ao longo do tempo por conta do mundo em que vivemos. “A peça aborda a solidão e como ela pode ser superada, trazendo um sopro de esperança jornada adentro.” Com os atores Flavio Galvão e Antonio Motta.

Classificação: 12 anos
Gênero: Drama
Duração: 70 min.

Data: 13 de maio, sexta às 21h30 
Data: 14 de maio, sábado às 21h30 
Data: 15 de maio, domingo às 18h

Local: Teatro MuBE Nova Cultural
Endereço: Rua Alemanha, 221 – Jardim Europa
Empresa Parceira: Desembuxa Entretenimento
Obs.: 02 ingressos por inscrito

CONTRAÇÕES

Contrações é uma comédia inglesa de humor ácido de um dos mais aclamados autores da atualidade – Mike Bartlett. A peça é uma obra cruelmente engraçada, que parte de uma situação totalmente plausível na realidade para demonstrar sua faceta mais absurda. A ação se passa em um único espaço: o escritório de uma grande corporação. A gerente (Yara de Novaes) convoca e solicita a Emma (Débora Falabella), sua funcionária, que leia em voz alta uma cláusula do contrato que proíbe aos funcionários qualquer relação sentimental ou sexual com outro empregado da empresa. Nos encontros seguintes, a gerente, amparada pelo poder que tem, libera suas diferentes facetas para manipular Emma. Para manter seu emprego, a funcionária acaba por se render e danifica sua vida privada. Contrações volta para a cidade onde estreou, depois de passar por Brasília, Curitiba, BH, Vitória e Rio de Janeiro, onde foi considerada uma das 10 melhores do ano pelo Jornal O Globo. Em São Paulo, as atrizes abarcaram o APCA por suas interpretações, prêmio raro de ser dividido por duas atrizes do mesmo espetáculo. Elas também levaram o Prêmio APTR de melhor atriz no Rio de Janeiro, o Prêmio Aplauso Brasil também para as duas atrizes e o prêmio Questão de Crítica para Yara de Novaes. Direção: Grace Passô. Tradução: Silvia Gomez. Elenco: Débora Falabella e Yara de Novaes. Cenário e Figurinos: André Cortez. Luz: Alessandra Domingues. Trilha Sonora: Morris Picciotto. Direção de Produção: Gabriel Paiva.

Classificação: 14 anos
Gênero: Comédia
Duração: 80 minutos

Data: 13 de maio, sexta, às 21h
Data: 14 de maio, sábado, às 21h
Data: 15 de maio, domingo, às 19h

Local: Teatro Frei Caneca
Endereço: Rua Frei Caneca, 569 – Consolação.
Empresa Parceira: Grupo 3 de Teatro
Obs.: 02 ingressos por inscrito

JOGO ABERTO

Três casais se reúnem para mais um jantar entre amigos e a noite garante muitas surpresas, segredos e emoções nesta comédia de Jeff Gould, traduzida e dirigida por Isser Korik A versão brasileira da comédia “Jogo Aberto” (It’s Just Sex) tem no elenco os atores Ricardo Tozzi, Natallia Rodrigues, Tania Khalill, Alex Gruli, Pedro Henrique Moutinho e Guta Ruiz. Na trama, o que começa como um simples encontro entre amigos, logo se transforma num perigoso jogo de sedução, em que os personagens confessam intimidades e acabam vivendo experiências que vão afetar a ‘estabilidade’ dos casais. Num “Jogo da Verdade Alcoólico”, eles confessam desejos e sentimentos íntimos e acabam discutindo sobre valores como honestidade e monogamia. O resultado tem efeito cômico, romântico e ao mesmo tempo provocativo.

Classificação: 14 anos
Gênero: Comédia
Duração: 90 min.

Data: 13 de maio, sexta, às 21h30 
Data: 14 de maio, sábado, às 20h 
Data: 14 de maio, sábado, às 22h 
Data: 15 de maio domingo, às 20h 

Local: Teatro Folha – Pequeno Auditório
Endereço: Avenida Higienópolis, 618, Shopping Pátio Higienópolis – Piso 2 – Higienópolis
Realização: Conteúdo Teatral
Obs.: 02 ingressos por inscrito

OS REALISTAS

Em cena, dois casais de vizinhos se encontram e descobrem ter mais em comum do que as casas idênticas e sobrenomes iguais. Com este ponto de partida, a pec¸a flagra a convivêcia do quarteto e os relacionamentos que começam a se entrelaçar. Em um hábil jogo de cena, o autor mostra também que nem tudo e´ o que parece ser, fazendo ainda que as situações reflitam sobre os diferentes esta´gios do casamento. Idealizada a partir do texto de Will Eno na Broadway e dirigida por Guilherme Weber, “Os Realistas” marca o retorno de Debora Bloch aos palcos, em um encontro inédito com Emílio de Mello, Fernando Eiras e Mariana Lima.

Classificação: 14 anos
Gênero: Drama
Duração: 1h40 minutos

Data: 13 de maio, sexta, às 21h 
Data: 14 de maio, sábado, às 21h 
Data: 15 de maio, domingo, às 19h

Local: Teatro Porto Seguro
Endereço: Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Teatro Porto Seguro
Obs.: 02 ingressos por inscrito

BALLET STAGIUM – O CANTO DA MINHA TERRA

Fundado em 1971, o Ballet Stagium é uma das mais antigas companhias da capital. A montagem gira em torno da obra do compositor Ary Barroso (1903-1964). Na trilha sonora, aparecem faixas como Aquarela do Brasil e No Rancho Fundo, que servem como fio condutor para cenas de passos contemporâneos. As cantoras convidadas Célia e Celma Mazzei, cujo pai era amigo de Barroso, abrilhantam a apresentação. Coreografia de Décio Otero e direção de Marika Gidali.

Classificação: Livre
Gênero: Dança
Duração: 1h

Data: 13 de maio, sexta às 21h 
Data: 14 de maio, sábado às 21h
Data: 15 de maio, domingo às 18h 

Local: Teatro Sérgio Cardoso
Endereço: Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo – SP. Fone: 3288-0136.
Obs.: 03 ingressos por inscrito

VAMOS FAZER JUNTOS UM MUNDO MELHOR

O espetáculo infantil “Vamos fazer juntos um mundo melhor”, chega no teatro, e apresenta espetáculos de conteúdo educativo com temas sobre educação, esporte, saúde, meio ambiente, tolerância e respeito à diversidade e cultura. São três histórias tradicionais encenadas com o objetivo de abrir diálogo sobre valores essenciais para a nossa coexistência na terra.
As histórias são direcionadas para o Ensino Fundamental – Ciclo 1 e 2 – e tem apresentações com tradução em Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.

A MENINA DO CHAPÉU
Essa história é baseada em o Chapeuzinho Vermelho contada por Charles Perrault, no entanto, quando a Menina do Chapéu se desvia do caminho sendo influenciada pelo Lobo, ela encontra vários animais que a ajudam a olhar o mundo com novos olhos. Quando ela chega na casa de sua avó e se depara novamente com o Lobo, vestido de vovó, há uma surpresa, trazida por essa transformação.

FESTA NO CÉU
Conto tradicional brasileiro que narra a história de uma festa que acontecerá no céu, na qual apenas os bichos que voam serão convidados. O sapo, indignado com a situação, anuncia que ele irá. Torna-se motivo de piada na floresta, mas, no final, usa da sua inteligência para ir e aproveitar muito a festa. A sua estratégia acaba por dar uma lição na ave que mais o havia esnobado.

O PEQUENO PAPAGAIO VALENTE
Conto tradicional Budista que narra a história de um pequeno papagaio que carrega água em seu bico para apagar o incêndio na floresta. Os outros animais o desdenham, mas ele persiste no seu ato de salvação. Com isso acaba influenciando bichos maiores que juntam-se a ele.

Classificação: Livre
Gênero: Infantil
Duração: 50 minutos

Data: 13 de maio, sexta, às 17H00 
Data: 14 de maio, sábado, às 11H00 

Local: Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 – Parque Industrial Tomas Edson, São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Manhas & Manias Produções Culturais
Obs.: 03 ingressos por inscrito.


CHAPEUZINHO VERMELHO

A peça conta as aventuras de Chapeuzinho Vermelho, uma menina ingênua e curiosa que é enganada por um lobo encantador, interessado em fazer dela seu jantar. André Abujamra perfuma a peça, com trilha sonora especialmente composta para a montagem. Nessa versão de “Chapeuzinho Vermelho”, a música funciona como uma ambientação e conta a história como um texto implícito, criando climas de leveza ou de tensão, por exemplo. Já a interpretação dos atores é concebida de maneira inovadora, com riqueza de gestos e ausência de falas. “Percebo a necessidade de comunicar de maneira mais sintética. As crianças falam muitas coisas com menos palavras e têm uma reação muito rápida à música. Por isso nessa peça a fala não é necessária. A criança entende a história com os climas que a música gera” explica o diretor Eduardo Leão.

Classificação: 03 ANOS
Gênero: Infantil
Duração: 40 min.

Data: 14 de maio, sábado, às 16h 
Data: 15 de maio, domingo, às 16h 
Local: TEATRO FOLHA – Shopping Higienópolis
Endereço: Av. Higienópolis, 618 – Terraço – Tel. 3823-2323
Produção: Conteúdo Teatral
Empresa Parceira: CONTEÚDO TEATRAL
Obs.: 03 ingressos por inscrito

A GALINHA PINTADINHA EM: “OVO DE NOVO”

A Galinha Pintadinha, em Ovo de Novo é um dos maiores sucessos infantis do momento. o público infantil tem encontro marcado com a Galinha Pintadinha e seus companheiros inseparáveis: O Galo Carijó, Pintinho Amarelinho, Baratinha, os Naftalinas (Baratazul e Baratotal), Borboletinha, Sr. Gavião, Dr. Peru, Enfermeira Ururubu, Galinho Quiriquiqui, boneco Pimpom, e a divertida família de Carlos Henrique, um menino muito imaginativo que gosta de contar histórias e de usar palavras difíceis. Aborrecido com a notícia do nascimento da irmã, Carlos Henrique faz uma retrospectiva de sua vida para tentar entender seus sentimentos. Com a ajuda da “mais sinistra… mais cascuda… mais antenada… a Barata”, que canta as 15 canções que compõem o repertório musical do espetáculo, a vida de Carlos Henrique e de sua família é revista em flashbacks. Como seus pais se conheceram, seu nascimento, a carinhosa relação com a sua avó. Numa brincadeira divertida o público também assiste a história da família da Galinha Pintadinha, Galo Carijó e do Pintinho Amarelinho que também está triste com os mimos para o Ovo Novo
A Galinha Pintadinha, em Ovo de Novo reúne circo, teatro, dança, música e conta com uma requintada cenografia que utiliza projeções de desenhos animados em telão de LED de 24m² que ocupa toda a área do fundo do palco, criando ambientes variados que enchem a cena de cor e magia, compondo um espetáculo lúdico e divertido, para o público infantil da primeira infância (de 0 a 5 anos). Roteiro: Marcos Luporini e Juliano Prado. Dramaturgia e texto final: Keli Freitas. Direção: Ernesto Piccolo. Coreografias: Marcia Rubin. Criações Circenses: Claudio Baltar. Cenários, Bonecos, Figurinos: Clívia Cohen. Iluminação: Maneco Quinderé. Preparação Vocal e Canto: Adriana Piccolo. Assistente de direção: João Maia. Assistente de coreografia: Maíra Maneschy.

Classificação: Livre
Gênero: Musical
Duração: 90 minutos

Data: 14 de maio, sábado, às 17h 
Data: 15 de maio, domingo, às 15h 

Local: Theatro NET São Paulo
Endereço: Rua Olimpíadas, 360.- Shopping Vila Olímpia, 5º andar – Vila Olímpia
Empresa Parceira: Radar Cultural – Selene Marinho
Obs.: 03 ingressos por inscrito

RAPUNZEL

Seguindo a proposta de adaptar clássicos da literatura infantil para o teatro, a premiada Cia. Le Plat du Jour, de Alexandra Golik e Carla Candiotto, marca registrada de alta qualidade em teatro para crianças, estreia sua nova criação. Depois de Chapeuzinho Vermelho, Os Três Porquinhos, João e Maria, Peter Pan & Wendy, Pinóquio e Alice no País das Maravilhas (2009), o novo espetáculo traz no elenco Adriana Telg e Natália Presser (Rapunzel) e Ziza Brisola e Veridiana Toledo (Príncipe, Bruxa Malvada).
O cantor e compositor Toquinho criou temas musicais para três personagens – a Mãe, Rapunzel e o Príncipe (esta será ouvida na voz de seu autor). Tem cenário e figurino de Marco Lima, iluminação de Wagner Freire e coreografia das próprias atrizes. A peça é uma adaptação do clássico homônimo dos irmãos Grimm, e foi montado no estilo que consagrou a companhia: a mescla entre teatro e brincadeira que só a Le Plat du Jour sabe fazer. Rapunzel, da Cia Le Plat du Jour, acontece em uma casinha de fundo de quintal, sobre uma árvore. Direção, texto e adaptação: Alexandra Golik e Carla Candiotto.

Classificação: Livre
Gênero: Infantil
Duração: 55 minutos

Data: 14 de maio, sábado, às 16h
Data: 15 de maio, domingo, às 16h 

Local: Teatro J. Safra
Endereço: Rua Josef Kryss, 318 – Parque Industrial Tomas Edson, São Paulo – SP.
Empresa Parceira: Manhas & Manias Produções Culturais
Obs.: 03 ingressos por inscrito.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem com colunas coloridas e a sigla
Imagem mostra parte do corpo de duas pessoas. Uma está de camiseta cinza e segura em sua mão um termômetro apontado para o pulso da outra.

Programa “POT Volta às Aulas” da SME ganha prêmio do Tribunal de Contas de SP

Publicado em: 02/12/2021 4h55 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com mapa da cidade e meninas e meninos segurando equipamentos de comunicação como câmeras fotográficas, celulares e microfones.

Evento celebra 20 anos de Educomunicação na Rede Municipal de São Paulo

Publicado em: 02/12/2021 4h08 - em Secretaria Municipal de Educação

banner da Virada Esportiva 2021 - Movimente a vida

CEUs terão programação gratuita na Virada Esportiva

Publicado em: 01/12/2021 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

bebês sentados em uma mesa de refeição

CEI Jardim Santa Tereza resgata história de funcionários e promove almoços culturais temáticos

Publicado em: 30/11/2021 12h25 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.211